Os médicos carniceiros da Paraiba e a morte do médico de 72 anos em jogo de futebol


Alguns meses após mudarmos para o Estado da Paraíba, Eu e minha Esposa fomos procurar um gastro para nos consultar pela UNIMED.

Acabamos no consultório de um médico que diziam ser o mais renomado do Estado. O “bam bam bam” como dizem. Um jovem cheio de títulos que a princípio nos atendeu muito bem.

Nos mandou realizar uma bateria de exames e endoscopia indicando seu laboratório para faze-lo. Fomos lá para a feitura do exame e tudo foi muito bem até terminarmos.

Posteriormente voltamos ao seu consultório para marcar um retorno para saber o resultado dos exames e pegar a receita dos medicamentos.

Minha esposa estava passando mal.

O médico não quis atender mais e marcou nova consulta para depois de seis meses.

Indignado liguei para o consultório e mandei avisar que caso ele não nos atendesse iria entrar com uma petição por crime de omissão de socorro, que posteriormente iria processá-lo por danos morais, materiais e junto ao CRM (na verdade deveria ser CRMV). Disse que teria o prazo que Eu levaria para elaborar a petição e que não ligaria de volta.

Em poucos minutos a secretária ligou e marcou para tarde a consulta.

O médico nos recebeu com cara de indignação e de vítima. Viu os resultados laborais e passou a receita.

Posteriormente entramos no assunto e o mesmo se queixou que recebia pouco da Unimed, e deu a entender que seu atendimento era um ato de caridade, uma esmola que dava aos pacientes.

Disse ao médico que não sabia quanto ele estava ganhando, mas que nós pagávamos caro pelo plano, que ele não era obrigado a fazer parte da cooperativa, que seria mais proveitoso protestar saindo da mesma do que negar atendimento aos pacientes que o pagam, mesmo de forma indireta,  lesando-os. De outro modo as providências cabíveis seriam tomadas pela Unimed. Que o mesmo estava obstaculando a melhoria da instituição.

Ele fazia parte da Unimed, recebia o pagamento mas não queria prestar os serviços de forma adequada.

O médico disse que já havia sido processado e que ganhara as ações. Lhe respondi que só ganhou porque o advogado da vítima deve ter empurrado com a barriga o processo… Mas que se fosse comigo seria diferente já que nós mesmos redigimos a petição.

Na Paraíba temos observado a falta de caráter de muitos médicos que querem somente atender bem famílias tradicionais da região ou quem paga as consultas em dinheiro com boas perspectivas de ganho em futuras cirurgias.

Ouso a dizer que seriam capaz até de inventarem doenças para operar e tirar dinheiro de quem tem condições. São verdadeiros açougueiros de jaleco branco.

Grande parte dos médicos que tem alguma decência já estão em idade avançada. Uma boa prova disto é a reportagem abaixo que mostra um médico de 72 que foi para trabalhar em um jogo de futebol e morreu em campo.

Então fica a pergunta: Porque um médico de 72 anos foi convocado para prestação de socorro eventual em um jogo de futebol?

Veja ainda:

Médico ‘reserva’ passa mal em campo e morre em jogo do Paraibano 2014

Partida era entre Santa Cruz-PB e Auto Esporte. Médico escalado para o jogo não foi ao estádio e substituto teve embolia pulmonar três minutos depois da bola rolar

O que parecia mais uma cena inusitada do Campeonato Paraibano de Futebol terminou em tragédia. Na noite desta quarta-feira, no Estádio da Graça, em João Pessoa, a partida entre Santa Cruz-PB e Auto Esporte atrasou em mais de uma hora por falta de médico em campo (o escalado para o jogo alegou uma enxaqueca e não compareceu ao estádio). A solução do time mandante foi chamar às pressas o médico da equipe, Dorivaldo Pereira, para assumir o posto. Ele chegou no local com 1h20 de atraso e o jogo finalmente pôde começar. Mas por apenas três minutos. Dorivaldo, que era cardíaco, passou mal e teve uma embolia pulmonar que evoluiu para uma parada cardíaca. Ele foi atendido pela ambulância no centro do gramado da Graça e levado em estado grave para a Clínica Dom Rodrigo. Mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde.

A partida em questão estava programada para começar às 20h30 e reunia os dois últimos colocados da 2ª fase do Campeonato Paraibano. Inicialmente, seria o médico Anuar Mohammed que ficaria na beira do campo, mas ele não foi para o Estádio da Graça. E sem um profissional de medicina na praça esportiva, como manda o Estatuto do Torcedor, o árbitro Euneres Inácio não autorizou o início do jogo.

Dorivaldo Pereira, médico Santa Cruz-PB, na ambulância (Foto: Rammom Monte / GloboEsporte.com/pb)Dorivaldo Pereira é colocado em ambulância no centro do gramado do Estádio da Graça
(Foto: Rammom Monte / GloboEsporte.com/pb)

Começou então uma corrida contra o tempo por parte dos dirigentes do Santa Cruz. O árbitro deu um prazo de uma hora para que um novo médico chegasse ao local. E só quando faltava cinco minutos para o fim do prazo é que o diretor de futebol do clube, César Wellington, disse que um novo médico chegaria à Graça em 25 minutos. O árbitro resolveu esperar com o consenso dos dois clubes.

Médico passa mal no jogo Auto x Santa Cruz, pelo Campeonato Paraibano (Foto: Rammom Monte/GloboEsporte/pb)Antes de passar mal, médico foi aplaudido pela torcida, que comemorava a possibilidade da bola rolar (Foto: Rammom Monte/GloboEsporte/pb)

Dorivaldo Pereira, de 72 anos, chegou ao estádio às 21h50. Sorridente e sob aplausos da torcida, que chegou a festejar a sua chegada, já que só assim a bola poderia rolar. Já com bola rolando, ele chegou a sentar no banco de reservas do Auto Esporte, mas foi chamado para sentar no banco do time mandante.

Três minutos depois, contudo, ele começou a passar mal. Ficou pálido, teve dificuldades de respirar e suava muito. Foi imediatamente atendido pela ambulância, que “estacionou” no círculo central do campo, e logo em seguida levado à clínica. Sob protestos dos dirigentes do Santa, que sem saber da gravidade do caso queriam que o jogo tivesse continuidade, a arbitragem cancelou a partida.

A confirmação da morte do médico aconteceu menos de uma hora depois dele ter deixado o estádio. O filho do médico, Dorivaldo Júnior, informou que o velório de seu pai vai acontecer no município de Santa Rita, na casa dele. O corpo vai ser velado ao longo de toda a noite e vai ser enterrado nesta quinta-feira.

A família informou ainda que ele teve um problema parecido em fevereiro deste ano, mas que vinha se recuperado bem desde então.

Fachada Dom Rodrigo, Hospital, Dorivaldo Pereira (Foto: Rammom Monte / GloboEsporte.com/pb)Dorivaldo Pereira foi levado para a Clínica Dom Rodrigo, mas morreu pouco depois de ter dado entrada
(Foto: Rammom Monte / GloboEsporte.com/pb)
Publicado em Direito e justiça, Saúde | 4 Comentários

Contrario sensu: É melhor ser vice de alguma coisa do que Presidente de nada PSB-Rede-PPS-PPL


A ganância de Eduardo Campo pode inviabilizar uma terceira via na corrida Presidencial.

Embora o ex-governador encabece a chapa, as pesquisas demonstram que Marina seria mais bem sucedida  nas pesquisas feitas até o momento. Na última pesquisa Datafolha, de 5 de abril, Campos tinha 10% dos votos e aparecia em terceiro lugar. Quando seu nome era trocado pelo de Marina, a ex-senadora chegava a 27% dos votos, levando a disputa ao segundo turno com a atual presidenta Dilma Rousseff.

Mas não para por ai, mesmo com a inversão da chapa Marina Silva ainda teria que provar aos Brasileiros que não é somente uma ativista ambiental, mas que teria condições de administrar um pais com dimensões continental.

Com um pouquinho de bom senso, senso de responsabilidade, humildade, civismo, Eduardo Campos iria perceber que e melhor ser vice de alguma coisa do que Presidente de nada.

Quem ganha com isto são os partidos enlameados do PT, PSDB, DEM (antiga ARENA, PFL – Partido Fisiologista Liberal e Cia) e tantos outros mais que fica difícil elencar.

Como dizer que há uma democracia em um Pais que não tem candidatos mas dois ou três que serão os representantes, fantoches, das quadrilhas que estão por trás do poder.

Essa junção de partidos para uma eleição fere o processo democrático, já que retira a oportunidade de um maior leque de escolhas e consequentemente retira a própria oportunidade de escolher seus representantes.

Um partido político deveria representar uma ideologia, uma bandeira. No Brasil há dezenas de partidos e nenhuma bandeira. Fato é que se misturam e perdem a sua identidade na hora de ocupar o poder…

10169294_773886182623014_9179991387058850542_n[1]

Publicado em Notícias e política | 1 Comentário

Vídeo com mais denúncias graves sobre a corrupção na Petrobras – Empresário Caio Corentzvaig #FIMdaCORRUPÇÃO


Este vídeo, intitulado Lama na Petrobrás, esta sendo rodado no site Mãos limpas, Brazil No Corrupt (http://mnbdrj.ning.com/) em que Caio Corentzvaig, proprietário da petroquímica triunfo, sócio da Petrobras e dono de outras empresas,  trata de contratos fraudulentos, venda de patrimônio da Petrobras, venda de patrimônio público sem passar pelo processo de privatização.

São denúncias graves e princípios de denúncias que levam a uma teia de corrupção gigantesca que não dá para prever onde vai dar.

Apenas causou estranheza que este Senhor, bastante revoltado, não mostre seus olhos durante sua explanação.

Publicado em Fim da corrupção | Marcado com | 2 Comentários

Avaaz lança os desafios prioritários escolhidos a nível mundial: Fim da corrupção, educação para todos, imprensa livre. #FIMdaCORRUPÇÃO



avaazprioridades
Fonte: Avaaz encaminhada aos seus membros.

Publicado em Fim da corrupção | Marcado com | 2 Comentários

Jornalista dinamarquês se decepciona com Fortaleza e desiste de cobrir Copa. #naovaitercopa #FIMdaCORRUPÇÃO


Hayanne Narlla
Da Tribuna do Ceará

  • Mikkel Jensen desistiu da Copa do Mundo no Brasil

    Mikkel Jensen desistiu da Copa do Mundo no Brasil

Até aonde você iria por um sonho? O jornalista dinamarquês Mikkel Jensen desejava cobrir a Copa do Mundo no Brasil, o “país do futebol”. Preparou-se bem: estudou português, pesquisou sobre o país e veio para cá em setembro de 2013.

Em meio a uma onda de críticas e análises de fora sobre os problemas sociais do Brasil, Mikkel quis registrar a realidade daqui e divulgar depois. A missão era, além de mostrar o lado belo, conhecer o ruim do país que sediará a Copa do Mundo. Tendo em vista isso, entrevistou várias crianças que moram em comunidades ou nas ruas.

Em março de 2014, ele veio para Fortaleza, a cidade-sede mais violenta, com base em estatísticas da Organização das Nações Unidas (ONU). Ao conhecer a realidade local, o jornalista se decepcionou. “Eu descobri que todos os projetos e mudanças são por causa de pessoas como eu – um gringo – e também uma parte da imprensa internacional. Eu sou um cara usado para impressionar”.

Descobriu a corrupção, a remoção de pessoas, o fechamento de projetos sociais nas comunidades. E ainda fez acusações sérias. “Falei com algumas pessoas que me colocaram em contato com crianças da rua e fiquei sabendo que algumas estão desaparecidas. Muitas vezes, são mortas quando estão dormindo à noite em área com muitos turistas”.

Desistiu das belas praias e do sol o ano inteiro. Voltou para a Dinamarca na segunda-feira (14). O medo foi notícia em seu país, tendo grande repercussão. Acredita que somente com educação e respeito é que as coisas vão mudar. “Assim, talvez, em 20 anos [os ricos] não precisem colocar vidro à prova de balas nas janelas”. E para Fortaleza, ou para o Brasil, talvez não volte mais. Quem sabe?

Confira na íntegra o depoimento:

A Copa – uma grande ilusão preparada para os gringos

Quase dois anos e meio atrás eu estava sonhando em cobrir a Copa do Mundo no Brasil. O melhor esporte do mundo em um país maravilhoso. Eu fiz um plano e fui estudar no Brasil, aprendi português e estava preparado para voltar.

Voltei em setembro de 2013. O sonho seria cumprido. Mas hoje, dois meses antes da festa da Copa, eu decidi que não vou continuar aqui. O sonho se transformou em um pesadelo.

Durante cinco meses fiquei documentando as consequências da Copa. Existem várias: remoções, forças armadas e PMs nas comunidades, corrupção, projetos sociais fechando. Eu descobri que todos os projetos e mudanças são por causa de pessoas como eu – um gringo – e também uma parte da imprensa internacional. Eu sou um cara usado para impressionar.

Em março, eu estive em Fortaleza para conhecer a cidade mais violenta a receber um jogo de Copa do Mundo até hoje. Falei com algumas pessoas que me colocaram em contato com crianças da rua, e fiquei sabendo que algumas estão desaparecidas. Muitas vezes, são mortas quando estão dormindo à noite em área com muitos turistas. Por quê? Para deixar a cidade limpa para os gringos e a imprensa internacional? Por causa de mim?

Em Fortaleza eu encontrei com Allison, 13 anos, que vive nas ruas da cidade. Um cara com uma vida muito difícil. Ele não tinha nada – só um pacote de amendoins. Quando nos encontramos ele me ofereceu tudo o que tinha, ou seja, os amendoins. Esse cara, que não tem nada, ofereceu a única coisa de valor que tinha para um gringo que carregava equipamentos de filmagem no valor de R$ 10.000 e um Master Card no bolso. Inacreditável.

Mas a vida dele está em perigo por causa de pessoas como eu. Ele corre o risco de se tornar a próxima vítima da limpeza que acontece na cidade de Fortaleza.

Eu não posso cobrir esse evento depois de saber que o preço da Copa não só é o mais alto da história em reais – também é um preço que eu estou convencido incluindo vidas das crianças.

Hoje, vou voltar para Dinamarca e não voltarei para o Brasil. Minha presença só está contribuindo para um desagradável show do Brasil. Um show, que eu dois anos e meio atrás estava sonhando em participar, mas hoje eu vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para criticar e focar no preço real da Copa do Mundo do Brasil.

Alguém quer dois ingressos para França x Equador no dia 25 de junho?

Mikkel Jensen – Jornalista independente da Dinamarca

O Tribuna do Ceará entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para comentar acerca da possível “matança” comentada pelo jornalista dinamarquês, mas até a publicação desta matéria não foi enviada a resposta.

(*) A pedido de Mikkel, este artigo foi publicado com o jornalista já na Dinamarca.

Fonte: copadomundo.uol

Veja ainda:

Publicado em Notícias e política | Marcado com , | 2 Comentários

Advogado morreu quando mantinha relações sexuais com um travesti. #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB


OAB: O exame de ordem protege a sociedade dos maus advogados.

A vida pessoal de uma pessoa não tem nada a ver com a profissional; mas, é só para ilustrar do que se trata a elite, o “pedigree social” citado pelo Min. Marco Aurélio no RE 603.583-RS  e defendido pela OAB, que nivelou todos os Bacharéis ao status de cachorro vira-latas.

———————-

Um advogado morreu vítima de um infarto enquanto supostamente mantinha relações sexuais com um travesti. O caso aconteceu próximo a um posto de combustíveis.

Walker de Montemor Quagliarello, de 50 anos, deu entrada, por volta das 3 horas da manhã, em um Hospital Regional Público e faleceu pouco tempo depois.

O travesti, que faz programas sexuais no perímetro urbano de uma BR, mandou mensagens para amigos no momento do incidente. Veja abaixo alguns trechos do conteúdo da conversa do travesti:

23h56 – “Gente, caramba, um homem aqui apagou depois de go… Tô aki presa num carro e um monte de repórter fora… Q azar”.

00h04 – “Deu um branco aqui. O que pode ter sido? AVC, infarto silencioso, coma pós-droga (álcool, narcóticos, medicamento”.

00h05 – “Ele apagou… Mas de início tava com pulso forte e tenso… depois de muito tempo, foi ficando com pulso fraco… aí o Samu retirou do carro”, finalizou.

O advogado foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu.

Publicado em EXAME DE ORDEM | Marcado com , , | 7 Comentários

Dep. Bolsonaro fala da exploração OAB sobre os Bacharéis. #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB


O Deputado Jair Bolsonaro foi até o programa Agora é Tarde, da Band, apresentado por Rafinha e entre outros assuntos falou sobre a exploração da OAB efetuada contra os Bacharéis em Direito.

Vale apena assistir este vídeo que antes de tudo é muito hilário.

Me perdoem, mas esse cara merece ficar no congresso, com todos os defeitos e polêmicas ele pelo menos transmite honestidade e acredita no que diz e faz.

Sé há algum equivoco na forma de pensar, com argumentos há possibilidade de mudanças, mas contra o mau-caratismo não tem jeito.

Publicado em EXAME DE ORDEM | Marcado com , , | 5 Comentários

Exame da OAB: ANB denuncia Governo brasileiro na OIT por violação dos direitos humanos e do trabalho. #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB


O presidente da Associação Nacional dos Bacharéis (ANB), Carlos Otávio Schneider, protocolou na manhã de 26/3, denúncia no escritório de representação da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, contra o certame(Exame de Ordem) realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e sua aprovação como única condição, para bacharel em direito atuar como advogado.

Em sintonia com outros bacharéis em direito, o presidente da ANB, Carlos Schneider, disse “Com diploma de curso superior reconhecido pelo governo através do MEC – Ministério da Educação, o bacharel em direito não pode ser advogado, sem aprovação no exame de proficiência da OAB. Exigência dispensada em outras profissões, por exemplo: Engenharia Civil, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Odontologia etc”.

Confira a entrevista:

Pergunta: Por que  denunciar o Exame de Ordem na Organização Internacional do Trabalho (OIT)?

Carlos Scheneider: Ficamos indignados com a fala de representante do presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, na última Audiência Pública, presidida na Câmara dos Deputados pelo deputado e relator Celso Jacob (PMDB/RJ), para debater  o PL nº 5.277/13 de autoria do deputado Domingos Dutra – que altera o Estatuto da Advocacia, e condiciona entrega de diploma de curso superior à aprovação no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). O representante da OAB, disse que conhece um bacharel que participou de vários Exames de Ordem, e não passa na prova da OAB, e destacou que o bacharel é muito eficiente para fazer petições. Ou seja,  a existência do Exame da OAB,  é para beneficiar mão de obra barata.  Isso é “escravidão”.  Daí a ideia do ideia para regulamentar a profissão de paralegal (bacharel em direito que não tenha registro como Advogado).

A exigência do Exame da OAB é na verdade violação contra as garantias e direitos fundamentais, violação ao direito do trabalho e dignidade humana.  E relembro o seguinte:

I – “É Livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer”  Art. 5º Inciso XIII da Constituição Federal do Brasil;

II – “Toda pessoa tem o direito ao trabalho, à livre escolha do emprego, à justas e favoráveis condições de trabalho e à proteção contra o desemprego bens comuns da humanidade” Pacto de São José da Costa Rica.

Pergunta: Então, a Associação Nacional dos Bacharéis (ANB) encaminhou denúncia formal a OIT – denunciando omissão e falta de ação do  Estado Brasileiro?

Carlos Scheneider: Sim – O Estado brasileiro na pessoa da Presidência da República; o Ministério da Educação; a Câmara dos Deputados, Senado Federal, a Ordem dos Advogados do Brasil – outros, com pedido de sanções.

Pergunta: A denúncia a OIT espera abertura de trabalho, aos formandos do curso de direito, sem aprovação no Exame de Ordem?

Carlos Scheneider:  O direito ao trabalho é sagrado, direito natural que nenhum governo pode permitir em sentido contrário, tendo em vista, no caso do Exame de Ordem, primeiro oferece o doce(o curso – 5 anos), depois de oferecido e degustado(com a diplomação autorizada pelo MEC), tão logo diplomado é proibido de trabalhar.

Pergunta:  O exame de proficiência aplicado pela OAB, não seria um filtro de qualidade para atuação do profissional?

Carlos Scheneider: Se fosse pela qualidade dos profissionais, a OAB apoiaria a sugestão dos professores: Luiz Flávio Gomes e Dr. Rubens Teixeira, que em entrevista ao site Justiça em Foco defendem o exame de ordem periódico para todos os Advogados, como garantia de que os profissionais estariam atualizados. É questão de reserva de mercado, fonte inesgotável de arrecadação de receitas, e ponto final.

Pergunta: A Associação Nacional dos Bacharéis(ANB) – está tentando agendar uma audiência com a Presidenta Dilma Rousseff?

Carlos Scheneider:  Sim, embora a presidenta Dilma Rousseff, tenha conhecimento da nossa luta para o fim do Exame de Ordem.  Até hoje, a Presidência da República se recusa a rever o assunto ou assumir suas atribuições institucionais, constituindo-se em flagrante violação às Garantias e Direitos Fundamentais dos seus cidadãos, em especial os formados e diplomados, especialmente do Curso de Bacharel em Direito. Por que somente os Bacharéis em Direito são submetidos a esta perversidade? Por que o Diploma antes de 1994 valia e depois não vale mais?  Certamente foi a razão do veto do ex-presidente Fernando Collor com relação ao Exame da OAB, embora sancionado tempos depois por Itamar Franco.

Pergunta: Voltamos à questão da Organização Internacional do Trabalho (OIT) -  agência das Nações Unidas. O que a ANB espera da OIT?

Carlos Scheneider:  Ações punitivas e políticas – a fim de exigir do Estado Brasileiro medidas cautelares necessárias a fim de afastar a manutenção do Exame de Ordem que deveria ser de responsabilidade do Ministério da Educação legítimo destinatário para avaliar o ensino, e não a Ordem dos Advogados do Brasil, um órgão de classe privado que não pertencente à Administração Pública Direita e Indireta.

Fonte: Ascom/ANB apud bbcnews.com.br.

Publicado em EXAME DE ORDEM | Marcado com , , | 16 Comentários

AUDIÊNCIA PÚBLICA NO SENADO DIA 24 DE ABRIL #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB


A pedido do amigo Júlio Velho, presidente do Movimento Brasil (MBBAD), o Senador Paulo Paim requereu audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado, e a data foi marcada para o próximo dia 24.

Estão convidados Willyan Johnes presidente da OBB, Dr. Rubens Teixeira da Bção, Carlos Schneider da ANB e eu do MNBD.

O Colega Júlio Velho que trabalhou pela audiência não poderá estar presente por não ter conseguido ainda uma passagem aérea Porto Alegre/Brasília (se alguém puder mandar a passagem…) nem com a comissão e nem com o Senador Paim.

O Tema da audiência é “exame de ordem” e também estão convidados o presidente da OAB, o Ministro da Educação e o Presidente do Conselho Federal de Medicina.

Tendo mais informações, passarei aos colegas.

Parabéns pelo trabalho, amigo Júlio Velho !!!
abaixo, foto do colega presidente do MBBAD, Julio Velho..

Publicado em EXAME DE ORDEM | Marcado com , , | 10 Comentários

Valesca Popozuda é chamada de grande pensadora em prova de escola pública.


Até a Popozuda da para aceitar…
Talvez tenha sido só uma crítica a dogmática do ponto de vista do pensamento contemporâneo da juventude, da classe média e da useless high society!
Devo confessar que não sei a resposta da pergunta 11, está alem dos meus domínios cognitivos.
1458671_669808446389817_1820043345996301840_n[1]
———————————–
A avaliação foi aplicada a estudantes da CEM 3 de Taguatinga e causou polêmica na internet

Uma prova de filosofia aplicada a alunos do Centro de Ensino Médio 3 de Taguatinga trouxe uma questão polêmica, que chama a funkeira Valesca Popozuda de grande pensadora contemporânea. A diretoria da escola admitiu que o texto foi elaborado por um dos professores. A imagem da questão da prova foi reproduzida em páginas na internet e em redes sociais, onde foi duramente criticada.

“Tenho que admitir que, infelizmente, essa questão é de uma prova daqui. Estou boquiaberto”, disse José Bonfim, funcionário de apoio à direção do CEM 3 de Taguatinga. A princípio, ele havia dito que “era muito improvável” que essa questão de prova tivesse sido aplicada no colégio, mas, depois de conversar com colegas, confirmou a informação. José Bonfim preferiu não informar o nome do professor de filosofia que elaborou a prova. Segundo a Secretaria de Educação, o professor responsável pela questão é Antônio Kubitschek. O educador dá aulas para turmas de 2ª e 3ª séries do ensino médio durante o período da manhã e não estava no Centro de Ensino Médio na tarde desta segunda-feira.

Imagens da prova circularam pela internet (Reprodução/Internet)
Imagens da prova circularam pela internet

Grande parte dos internautas que comentou sobre a publicação considerou a questão inadequada. Em um dos comentários, um aluno que fez a prova disse acreditar que o professor elaborou a questão por brincadeira, mas afirmou não concordar que esse tipo de conteúdo deva fazer parte de uma avaliação escolar. No entanto, um grupo de estudantes que fez a prova saiu em defesa do docente. Muitos comentaram que foi uma forma de descontração e de tornar o clima de aplicação da prova menos tenso e que, além disso, todo o resto da avaliação estava de acordo com o assunto estudado em sala de aula e os alunos teriam sido orientados a estudar o conteúdo do livro didático antes de fazer a avaliação. “Quando a classificamos como grande pensadora contemporânea, a rotulamos como alguém que de fato tem pensamentos sistematizados dentro dos princípios filosóficos ou científicos. A Valesca pode ser, sim, uma contestadora, visto que canta funk, e o funk é uma música de contestação, mas daí a classificá-la como grande pensadora contemporânea é equivocado”, avalia a pedagoga e mestre em educação Francisca Paris, diretora de serviços educacionais da Saraiva. Informação errada A postagem de uma página no Facebook chegou a atribuir equivocadamente a questão a uma prova do Sistema de Avaliação da Educação do Estado do Rio de Janeiro (Saerj). A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), no entanto, esclareceu que a questão não está presente nem na prova do Saerj nem na do Saerjinho. Vários internautas, inclusive, postaram mensagens dizendo que haviam feito a prova e que não viram essa questão, por isso, levantaram dúvidas sobre a veracidade da informação. A maioria, porém, postou comentários depreciativos e questionamentos sobre o ensino público no país.

Publicado em Cultura | 3 Comentários