Notícias do MNBD 28-02-2011 – A marcha dos bacharéis


Prezados(as) Colegas MNBDistas:

Mensagem curta para iniciar semana.

Nesta 2ª feira, ultimo dia para os colegas que não obtiveram os 50 pontos necessários a passar para 2ª recorrerem administrativamente. Reitero que, para se buscar depois na Justiça correção do gabarito, é fundamental ter recorrido administrativamente.

O Colega Luiz Carlos enviou 25 questões que podem ser recorridas. Vejam quais podem aproveitar e façam o maior número possível de recursos. O esboço das questões está em anexo.

Após entrarem com o recurso, aguardem a decisão e a nova lista, apesar de sabermos que a OAB nem olha os recursos enviados e que já definiu as questões a serem anuladas quando manda a prova para o prelo, faz parte jogar com as cartas marcadas e sujas da OAB na questão do exame de ordem.

Quem não alcançar os 50 acertos, entre na Justiça. A peça esboço está em anexo. Não se esqueçam de preparar argumentação sobre o descumprimento do edital na questão perguntas sobre direitos humanos. Há material de sobra na Net.

Ainda não recebi a inicial da Ação Civil Pública que a Defensoria Pública do MT deu entrada na JF de Cuiabá. Recebendo estarei enviando aos colegas

Fiquei sem internet por dois dias por obra e graça da Telefônica – mexeram na caixa centralizadora de fibra ótica e desconectaram minha ligação – e aproveitei para escrever mais um artigo. Algo que há tempos não fazia por absoluta falta de tempo. Sem ter como responder emails e buscar informações, tive tempo a preencher.

Aliás, o mote do artigo foi justamente o papel fundamental que a Internet está tendo em nossa luta e um paralelo com as revoltas nos países árabes… Em anexo.


Quem fizer divulgação ou quiser identificar seus perfis eletrônicos, anexo (veja na barra lateral a direita – Blog) novamente nosso símbolo oficial.

Nesta semana que entra, estaremos acompanhando a movimentação no STF, temos colegas com visitas agendadas ao MPF de suas cidades em busca de ajuda com ACP para mudança no gabarito deste exame e seguimos com nosso trabalho de bastidores em Brasília.

Muitos colegas escrevem pedindo informações sobre possível posição dos Ministros do STF.  Esclareço mais uma vez que só divulgo o que está concretizado e a OAB não tem como atrapalhar. Fora isto não estou autorizado a divulgar nada para evitar que informações cheguem a nossos adversários.

Peço desculpas, pois a quantidade de emails que tenho respondido não me permite mais – por falta de tempo – passar corretor ortográfico do Word. Assim, depois que mando, vejo letras faltando ou trocadas.  Peço compreensão e renovo as desculpas. Tento atender todos os colegas – por email ou fone sempre da maneira mais completa possível.

Quem quiser receber mensagens diretamente de nós, peça material no email mnbd.brasil@gmail.com.

Estamos sempre a disposição dos colegas e lembrem-se: Somos a soma das ações de todos os colegas em todos os cantos do Brasil…

Saudações MNBDistas

Reynaldo

Links relacionados:

Esse post foi publicado em GERAL, Mensagem oficial do MNBD/OABB. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Notícias do MNBD 28-02-2011 – A marcha dos bacharéis

  1. Adailson Alves disse:

    Saudações MNBDistas, obrigado de coração ao colega Reynaldo por sua luta incasável e coragosa, vamos que vamos lutaremos pela democracia e seremos aclamados nas mas lídimas glorias da vitória, a OAB com seu famigerado exame de ordem não perde por esperar, ficaremos todos atentos a provocar a justiça para que seja justa e imparcial e faça justiça só assim a OAB será desmentida e desacreditada de que esse exame é legal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s