4. O nome de Deus


O conhecimento Cabalista propaga que todo o nosso sistema, o Universo em que habitamos foi criado segundo o nome de Deus composto de 4 letras Jehovah יהוה – “Yod-He-Vô-He”. Ocorre que o hebraico tem uma certa aversão às vogais de modo que este nome teve que ser adaptado a outros povos, línguas, etc., gerando alterações diversas, mas mantendo a formula original na maioria dos casos.

O nome Jehovah é uma derivação deste nome inclusive alterando-se o sentido já que no hebraico as palavras são escritas da direita para esquerda. Então temos que este nome, quando retiramos suas vogais de modo a permanecerem as consoantes, fica JHVH e na posição original refere-se a HVHJ.

Contudo algumas escolas alteraram a forma original na própria língua de modo que HVHY (יהוה) tornou-se YHVH(הוהי) comumente conhecido por Javé, inclusive há bíblias em que o nome original vem escrito deste último modo. A chamada Bíblia de Jerusalém que segundo os estudiosos possui a melhor tradução do hebraico para o português possui este “vício”.

A princípio parece não fazer qualquer diferença, contudo, na cabala tudo é muito exato, lógico, matemático. Há um preceito esotérico que afirma: “O diabo é Deus ao contrário”. Nesse sentido percebemos que a árvore que sobe é positiva e a que desce é negativa. A que sobe expressa as virtudes a que desce os desequilíbrios, a degeneração das energias. Há mestres que afirmaram abertamente que Javé é uma entidade, uma força do mal. Outros dizem que evoluiu juntamente com seus adoradores.

Mas dando prosseguimento, cabalisticamente o nome de Deus é representado por uma única letra o “Yod” cujo hieróglifo hebreu é refere-se a um ponto “י”, a partícula original que deu origem a todas as outras. Este preceito é muito bem expresso no próprio alfabeto hebraico já que todas as demais letras são formadas pela junção de “Yods”. E, assim como todo o alfabeto foi formado por uma partícula, do mesmo modo sucedeu-se com o universo. Esta representação da criação universal está simbolizada por um ponto dentro de um círculo o que nos aduz ao número 10, que trata justamente desta décima letra. Se colocarmos a unidade dentro do círculo obteremos o mesmo símbolo que esconde o maior dos arcanos religiosos trata da figura que representa o instante da criação quando o falo encontra-se no útero.

Homem e mulher na Unidade, o Santo Tetragrammaton, Deus manifesto na forma humana eis o grande segredo que gera todas as felicidades e opressões, a maça decifrada que de tão simples não pode ser aceita. No decorrer dos arquétipos trataremos mais sobre o tema.

Ao fixarmos o compasso em um ponto qualquer ainda não há criação. Então a partir do segundo ponto iniciamos o traço de uma reta que corta o infinito e em algum ponto desta eternidade a reta se une formando o círculo. Então como resultado da criação o que temos? R.: Um ponto entornado por um círculo.

O nome de Deus é formado pelas letras יהוה – “Yod-He-Vô-He”, onde “Yod” é o ponto; “He” o segundo ponto que corta o infinito; “Vô” também conhecido como o Espirito Santo é representado por um gancho que denota união, de modo que esta letra representa a junção da linha que corta o infinito sobre si mesma sob o impulso da vontade inicial constante de “Yod” e por fim temos, a primeira forma, a figura do círculo que se refere ao fruto de todo este trabalho e é simbolizada pelo segundo “He”.

Já vimos que a sustentação central representa a Unidade, o ponto de onde partiu todo universo representado pelo círculo de modo que 10 representa a Deus e o Universo. Quando clamamos O! Senhor, fazemos alusão a esta simbologia (ponto no círculo) que parte do nada rumo a tudo.

Do mesmo modo ao mover um ponto em uma direção qualquer criamos uma reta. Em um segundo momento movemos o ponto a partir da reta anterior, onde terminou o movimento e teremos outra reta ligada a primeira. Em um terceiro movimento juntamos os dois pontos soltos resultantes dos movimentos anteriores e teremos originado um triangulo, surge então a primeira forma.

O nome de quatro letras Jehovah יהוה – “Yod-He-Vô-He” trata de tudo o que está manifesto em algum plano. Na terra trata dos pontos cardeais, das quatro estações, quatro elementos, etc. Os Arquétipos, as divindades celestes são invocadas ou evocadas pelo três, assim, os 72 Anjos ou Gênios tem seu nome composto por três letras acrescidos de uma potencialidade divina.

Acredita-se que a pronuncia verdadeira deste nome é capaz de maravilhas insondáveis, de grande poder, que os antigos sacerdotes o pronunciavam em determinadas épocas e que se perdeu. Ocorre que esta junção hieróglifa é impronunciável pois não se refere somente a uma pronuncia verbal, mas como já explicamos de um momento da criação, um estado que podemos chamar de “ser sendo” e que foi traduzido como “Sou o que sou”. Refere-se a um trabalho difícil de realizar é por isto acaba sendo expurgado mesmo por aqueles que sabem como fazê-lo. Moises era um sacerdote e conta a tradição que escondia o segredo sob suas vestes. Então devemos saber o que se encontrava sob suas vestes e o que significava realmente o sacerdócio.

A tradução da palavra Schemhammephorasch  שם הםףורש, que trada das 216 (2+1+6 = 10 = 1+0 = 1) letras do nome de Deus expresso por 72 inteligências, quer dizer segundo Lenain nome bem pronunciado e explicado. No ritos antigos da pronuncia do nome sagrado recomendava-se ao povo que fizesse muito barulho para que não ouvissem ou descobrissem o que ocorria na cerimônia. Cabe esclarecer que naquela época utilizavam-se tendas, de modo que não havia grande privacidade. A pronuncia equivocada (feito pelo leigo), isto é, o trabalho mal feito equivaleria a uma sentença de morte.

Do nome impronunciável derivam-se outros tantos, inicialmente formados a partir da primeira forma, o triangulo nominado tetragrama Jehovah יהוה – “Yod-He-Vô-He”, a primeira figura criada pela união de três retas. Assim inicialmente são formados os nomes “Yod” (“י” Deus vivo – Pai), “Yah’ (“יה” Deus verdadeiro – Filho) e “Yaho” (“יהו” Deus santo – Espírito Santo).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s