16. 2->9: HEKAMIAH


1.1              Elementos constitutivos ou relacionados

Coro 2 – Querubins  
Príncipe: Ratziel.
Mundo do coro: 1 – Atziluth, Mundo das Emanações, Arquétipo, espírito – elemento Fogo
Signo: Gêmeos.
Elemento zodiacal: Ar.
Relação/elementos: Agua do Fogo atuando sobre o Ar do Ar.
Relação/mundos: “He” do Mundo de Atziluth sobre o “Vô” do Mundo de Yetzirah.
Velas:  Amarela em cima e duas brancas em baixo.
Incenso: [Cravo, mirra, almíscar, estoraque, âmbar, louro, aloe vera] e [Cânfora, murta, louro, arruda, eucalipto, hortelã, alecrim, patchouli, citronela, absinto].
Letras: Heh – Qof – Mem – Yod – Heh
Gemátria: 5+100+40+10+5 = 160 = 1+6+0 = 7
Arco:  76º a 80º graus da esfera zodiacal.
Invocação por domicílio: de 15° a 20° de Gêmeos ou 7 a 11 de Junho.
Invocação por rotação: de 15 a 16 de Aries: “Yod” ou 5 de Abril;

de 27 a 28 de Gêmeos: “He” ou 19 de Junho;

de 9 a 10 de Virgem: “Vô” ou 2 de Setembro;

de 21 a 22 de Escorpião: 2º “He” ou 14 de Novembro;

de 3 a 4 de Aquário ou 24 de Janeiro: quintessência.

Invocação pelo ciclo diário:   05:00:00 às 05:20:00 a partir da saída do Sol.
Invocação por conjunção:  Quando o Urano se encontra em um dos graus da Lua, ou seja, entre 8º a 9º, de 18º a 19º e de 28º a 29º de qualquer signo.
Atributo: Deus que constrói o Universo.
Nome da essência: LEALDADE.
Nome da Força: Sabedoria vitoriosa.
Forças em ação: A força de Hochmah que manifesta seus fluxos mediante as pulsações de Yesod.
Sendero: Sub-sendeiro que une Hochmah a Yesod em sua trajetória de ida ou descenso pelas árvore e zodíaco.

1.2               Palavras chaves:

LEALDADE (aos Princípios), coroa MERITOCRACIA, grandes personagens, PALAVRA DADA, contra os inimigos, QUEDA DOS ILEGÍTIMOS.

(-) TRAIDORES, opressores, SEDIÇÕES POPULARES, ciladas.

1.3               Movimentação Sefirótica: Dois na nona posição

Anuncia que Hochmah, o Amor-sabedoria, está a atuar no centro produtor de imagens, onde expressará os impulsos mais sublimes, mais puros que darão origem as imagens santas. Sabendo-se que Yesod aporta suas projeções na 4º coordenada, cujo plano físico é uma extensão ocorrerá, pois, a visão da espiritualidade, da sabedoria inspirada já na vida cotidiana, seja por meio dos sonhos simbólicos ou da projeção do subconsciente onde quer que se faça mirar.

Astrologicamente corresponde a posição de Urano em Câncer.

1.4               Arcano – Mundo: Nove de copas no mundo de Atziluth.

Recebe o título de Senhor da dita material. Refere-se ao elemento Agua e astrologicamente corresponde a posição da Lua transitando pelo terceiro decanato de Peixes onde manifesta seus fluxos mediante as roupagens deste signo e sob as pulsações do regente deste decanato que é Júpiter.

Neste ponto o Amor-sabedoria de Hochmah expressa-se por intermédio de Yesod o centro produtor de imagens, que reflete tudo o que foi trabalhado pelos demais centros. No mais, o resultado desta alquimia se exteriorizara ainda pelo tom prismático de Hesed, o coordenador deste subciclo evolutivo.

Então temos aqui o domínio do mundo dos sentimentos regido por Hochmah, a influência de Júpiter sobre o pacto do casamento e a expressão deste amor em Yesod; não é por acaso que alguns entendimentos sobre esta carta estejam associados a gravidez já que aporta a exteriorização dos sentimentos e Yesod representa, ainda, as aguas uterinas, o tecido do universo.

De outro lado Yesod programa a exteriorização dos pensamentos do amor em forma de realização amorosa, de manifestação última destes sentimentos, uma beata felicidade vivida por um bom tempo.

No mundo das aguas os sentimentos são predominantes, empresas amorosas, as imagens são depositadas em Yesod para que um processamento cerebral articule as manifestações.

Quando esta carta atua no Mundo de Yetzirah, Hochmah pretende que as pulsações do Amor-sabedoria se manifestar como imagens concreta ao nível das emanações, em um ponto muito alto longe da realidade concreta.

1.5              Virtudes concedidas:

1º.- Proteção para os reis e altos signatários.

2º.- Solicitar o favor dos grandes personagens.

3º.- A lealdade de uma pessoa e de nos mesmo a palavra dada.

4º.- A vitória contra os inimigos.

5º.- Para salvaguardar nos contra as ciladas dos rebeldes, rebeldes e traidores.

1.6               Descrição Sefirótica:

HEKAMIAH é o oitavo da 2º ordem de anjos denominado como Coro dos Querubins, situa-se na morada filosofal de número 16, sub-sendeiro que une Hochmah a Yesod em sua trajetória de ida ou descenso pelas árvore e zodíaco. Trata das forças de Hochmah, o primeiro elemento concreto do universo, embora ainda imanifestado, o centro produtor de Amor-Sabedoria e, neste ponto, manifesta seus fluxos mediante as pulsações de Yesod por onde são aportadas as imagens rumo a cristalização, que neste ponto, se vê impelido a projetar as imagens abstratas do mudo de Hochmah e, concomitantemente, nesta primeira manifestação direta de Yesod, que provem do alto, aos planos inferiores desvela a coroa de Kether pelas vias do Amor-sabedoria; o “He” do Mundo de Atziluth sobre o “Vô” do Mundo de Yetzirah, Agua do Fogo atuando sobre o Ar do Ar. Nesta casa nos deparamos com a essência filosofal chamada LEALDADE, o conjunto de qualidades, propriedades e atributos que nos permite ser fieis aos princípios (lembrando que Kether é o que vem primeiro) e por lei de afinidade vibratória nos acerquemos de energias que vibrem neste mesmo diapasão, Trata-se de uma força de Sabedoria vitoriosa, em que a providência (Amor-sabedoria) privilegia estas primeira exteriorização de Kether refletida por Hochmah e destaca a coroação dos esforços de modo que as pulsações induzam a que os acontecimentos se concatenem de tal maneira que a Coroa legítima venha a sobressair-se, postada em seu trono, fazer-se notória, que conduza a vitória de modo surpreendente. O que nos impele ir mais além, construir algo novo, que dignifique os princípios, algo próprio da coroa – origem primeira de toda a criação. Daí vem o atributo, esta qualidade imbuída de poder denominada Deus que constrói o Universo.

Enquanto o Gênio anterior promove sua construção a nível mental, aqui é efetuada de modo universal, refletida.

A LEALDADE tratada aqui é aquela que nos permite ser fieis aos Princípios. Nos dias e horas de HEKAMIAH poderemos pedir e encontraremos a pessoa que nos seja leal. Destaquemos mais uma vez que a virtude da lealdade, como a fidelidade estão ligadas diretamente a Hochmah que, com a expressão de Yesod, faz com que seja eminente o quanto for possível desta energia de alta voltagem e como o faz por meio de vários “Vô” dará um rigor excepcional, basta analisar a relação do Cristo para com o Pai.

A fim de entrar em contato com esta energia procuremos exemplos de pessoas tidas como leais, inclusive nos textos de história e encontraremos personagens que preferiram morrer a cometer um ato de traição.

O personagem mais conhecido na história Fiel aos Princípios e as Leis, até a morte, da forma intrínseca, foi Sócrates que bebeu a cicuta entendendo que se não o fizesse estaria traindo tudo aquilo em que acreditava, em outro momento trataremos novamente deste personagem.

Cabe ressaltar que a lealdade é uma virtude que nos impulsiona para cima, aos Princípios, virtudes, e não para baixo, assim, não há que se tratar de lealdade a um bandido, a um traidor, a um chefe, político corrupto, a um juiz que vende sentenças, etc.

Somente as pessoas que emanam as virtudes é que podem inspirar a lealdade ou mesmo recebe-la já que o seu objeto é a própria integridade cósmica, seja a que nível for, e tudo o que a ela se associa.

1.7               Das virtudes concedidas:

1.7.1    Proteção para os reis e altos signatários, previne sedições.

Esse gênio domina as “cabeças coroadas e os altos oficiais”, fruto da meritocracia.

Estando Hochmah no topo da coluna da misericórdia, demonstra relação com Kether no topo da árvore e, nos mundos mais embaixo, nos deparamos com a energia difusora de Yesod de onde se conclui que uma das funções de HEKAMIAH consiste em instituir nos planos inferiores as realidades abstratas dos mundos de cima.

Dentre estas realidades abstratas reveladas pelas vias do amor temos a Coroa de Kether que aparecerá de algum modo aos influenciados por HEKAMIAH e lhe dará a realiza. Muito embora somente alguns em seus países, recantos, organizações, possam ostentar a Coroa, são muitos os que vivem em nosso meio que tem o merecimento de um Rei, portanto, espiritualmente são cabeças coroadas.

As pessoas influências por este oitavo raio de Hochmah gozarão de prestígio, poder, serão ilustres e ninguém conseguirá arrebatar a coroa posta sobre elas.

O trabalho psicológico consiste em eliminar os traidores, os opressores. No momento em que os traidores e opressores saem de sena aparecem em nós os grandes personagens com a cabeça coroada. Este ouro simbólico, a coroa, o halo de luz ou até coroa de espinhos que vemos nas imagens dos santos referem-se a luz que fizeram subir até o cálice sagrado, o alto da cabeça, por méritos próprios e que nada nem ninguém pode alterar.

Quando esta luz aparece em nossas cabeças, as tendências errantes de nosso interior se ajoelham para nos servir, nos tornamos senhores de nosso interior e consequentemente de nosso exterior. Com a autoridade conseguida poderemos realizar grandes coisas, pois o que vem da divindade, fonte inesgotável, é sempre grandes jorros de energia.

Deixar de ser escravo de nossas paixões é ter o poder sobre os reinos de cima e de baixo. A escravidão é antes de tudo um estado interior. Portanto, faz-se necessário sermos senhores de nós mesmos não importa a condição em que nos encontremos, o que importa é o interior, por onde tudo começa e termina, a Unidade com nosso Real Ser.

Quando as tendências se afastam do mundo de Atziluth, mundo das emanações, do fogo, da Vontade do Real Ser que deu vida a tudo e consequentemente encontra-se amalhado em um sem fim de desejos sem norte, sem objetivos, termina por buscar em desespero por algo em que se segurar, que lhe confira a identidade. Mas quando aparece uma cabeça coroada reconhece ali sua antiga pátria de luz e coloca aos seus serviços já tendo a consciência de que lhe conduzirá a realização de seus objetivos.

Nossa divindade interna lança constantemente impulsos que formam nosso povo interno de tendências. Os impulsos procedem do Real Ser, de sua Vontade e não devem ser confundidos com o que é proveniente do ego animal, dos desejos oriundos da parte física do Real Ser que habita no mundo tridimensional, mundo de Malkuth enquanto em estado dissociativo. Os impulsos, por serem energias, podem ser distorcidos pelos nossos desejos e se transformarem em tendências abismais.

Inicialmente lançados circulam pelo espaço a procura de quem obedecer, que de um destino a estas energias.

Para ser Reis, e dominar estas energias a vontade, é preciso ter passado pela prova dos três traidores, o demónio da mente (Caifas – precursor das falsas doutrinas), o demónio dos desejos (judas – que se vende pelos desejos) e o demónio da má vontade (Pilatos – que lava as mãos, preguiça mental, inercia) – os três traidores de Cristo já mencionados, já que estes fragmentam as energias ou a transformam em formas negativas e danosas.

Vencidas as provas recebe-se a Coroa espinhosa como ocorreu com Cristo, que com sua vontade inquebrantável tornou-se reis de suas tendências e todos os Reis de sua terra interna lhe lançaram suas coroas. A Coroa de espinhos torna-se a Coroa de Luz depois de ter sobressaltado a barreira da obscuridade, como ocorre com a aparição do arco-íris que aparece sobre as nuvens negras indicando que a luz atravessou as trevas e as venceu.

Outros gênios que tratam das sedições populares:

  1. 1->2 JELIEL: Fidelidade dos subordinados ao rei e aos governantes por unidade de desígnio;
  2. 2->9 HEKAMIAH: Lealdade as coroas, governantes, íntegros, legítimos.

Outros Gênios que trabalham em prol a Meritocracia em oposição ao nepotismo:

  1. 2->6 MEBAHEL: Restabelece a ordem interior, fazendo com que tudo caminhe normalmente;
  2. 2->9 HEKAMIAH: Lealdade as coroas, governantes, íntegros, legítimos;
  3. 3->2 CALIEL: Meritocracia Ketheriana e de acordo com a Lei;
  4. 7->2 VEHUEL: Promove o reconhecimento e a conversão em grandes personagens;
  5. 7->7 NITHAEL: Promove a estabilidade em razão da legitimidade e meritocracia;
  6. 7->9 POYEL: Meritocracia em virtude dos talentos exercidos, postos em movimento.

Um dos motivos pelos quais se tem escondido estes conhecimentos da humanidade, mantendo-se a círculos restritos, refere-se a que as mesmas forças que colocam o que é legítimo em seu lugar também derruba o que está em desacordo com a Ordem Cósmica; desfere, pois, um golpe fatal, da espada da Lei, sobre a cabeça dos usurpadores, rompendo a coroa e o seu crânio, quanto mais àqueles que se utilizam de forças mais acessíveis, que não observam o Regimento Universal. No ponto presente basta observar que Hochmah em sua atuação negativa o faz de modo desintegrador. Assim, todas as energias que trabalhamos devem ser analisadas sob o duplo aspecto: o positivo e o negativo; o que se apresenta e o seu contrário.

1.7.2      Solicitar o favor dos grandes personagens.

Hochmah está relacionado diretamente com os grandes personagens. Inicialmente porque, repetindo, sendo o primeiro da coluna da misericórdia tem relação direta com Kether, a Coroa Suprema; sendo o segundo de seu mundo tem relação com Hesed que tem também relação de poder e, é o segundo da coluna da misericórdia, cujo Pai é Hochmah. De outro lado a projeção por Yesod permite um contato direto dos mundos mais baixos com o mundo das emanações, reinado de Kether.

Podemos dizer ainda que a atuação de HEKAMIAH será interna, promovendo a simpatia e inclusive de forma circunstancial, atributo de Hochmah.

1.7.3      A lealdade de uma pessoa e de nos mesmo a palavra dada.

HEKAMIAH nos auxilia contra os traidores, para sairmos vitoriosos contra os inimigos e liberar-nos dos opressores. Já vimos que os opressores são aqueles que calam a nossa voz.

Os traidores internos quando não eliminados de nosso foro tomam vida no mundo material e daí surge o seu aparecimento. Eles sempre aparecem quando nos propomos a propósitos elevados, a realizar algo sublime. Nos envolvem em pequenos prazeres e, assim, estabelece-se em nós a luta entre duas personalidades, uma que opta em seguir o caminho comum, sem incomodar e a outra que pretende que tudo se transforme em nós, instituindo novos parâmetros (voltemos aqui ao exemplo de Fernão Capelo Gaivota). Esta contradição interior projeta no externo a aparição de pessoas que interponham a realização dos intentos superiores, suscitando em nosso interior reações inferiores.

Então neste momento de conflito convêm pedir ajuda a HEKAMIAH, seja por seus pontos astrológicos seja por intermédio de alguém que tenha nascido sob suas influências, então obteremos a vitória sobre os traidores internos e consequentemente aos manifestos no cotidiano também.

Ao nos depararmos com um traidor temos atribuído o mal a uma falta constante no outro, como o caráter duvidoso, honradez, ética, mas em momento algum buscamos estes traidores em nós mesmos pois se o fizermos encontraremos nosso reflexo cristalizado no outro. O que ocorre é que dificilmente dedicamos um tempo ao nosso Real Ser. Nosso Real Ser faz com que em nosso entorno apareçam indicações dos defeitos que devemos trabalhar. Então se alguém fala de alguma virtude não é por acaso, pode ser nossa deixa de modo que a solução de nossos problemas não esteja em uma denúncia externa, mas na introspecção, assim a virtude deve ser meditada antes que apareça a cristalização de sua antítese.

A lealdade, a honradez, as éticas estão relacionadas a Hochmah, que é o cumpridor da vontade do pai por estes atributos com fidelidade absoluta. Oras temos visto que “no princípio era o verbo e tudo o que existe foi feito via ele”, dessarte, sendo Hochmah o primeiro da coluna da misericórdia tem relação com o Pai, o filho Fiel ao Pai, portando o cumpridor, o executor circunstancial da palavra e, aqui, se manifesta de uma forma mais imediata em razão da característica difusora de Yesod que já projeta o cumprimento para o mundo de Yetzirah, de formação, onde tudo desagua em Malkuth.

“João 1:1-5: No princípio era o verbo, e o verbo estava com[junto de] Deus, e Deus era o verbo. [a palavra].

Este estava no princípio junto de Deus.

Todas as coisas foram feitas via [Gr. di’a: por meio de, para, ou por causa de] ele, e sem ele [Gr. choris autos: sem relação a ele] nada do que foi feito se fez. [sem relação a ele não se fez coisa nenhuma do que foi feito].

Nele, estava a vida e a vida era a luz dos homens;

e a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a alcançou.[Gr. Katelaben]. ”

Outros Gênios trabalham pelo cumprimento da palavra dada, assim em resumo temos:

  1. 1-3 SITAEL Ser fiel a palavra por ser exigência de leis superiores, irrefutáveis;
  2. 2-2 HAZIEL Execução de uma promessa feita atuando de forma circunstancial;
  3. 2->9 HEKAMIAH: Cumprimento da palavra dada pela lealdade;
  4. 3->4 NELCHAEL: Cumprimento da palavra dada pela força da conscientização.

1.7.4      A vitória contra os inimigos.

É invocado contra os traidores, para obter a vitória sobre o inimigo e para livrar-se dos opressores. Dá a vitória e previne as revoltas; influi sobre as armas, os arsenais e tudo o que se relaciona com o gênio da guerra.

HEKAMIAH trata aqui da guerra dos elementos em nosso interior, que é claro, refletem no externo. Influência tudo que tenha relação com o Gênio da guerra, eis que Geburah é o “He” da coluna da esquerda, mas também é o “He” do mundo de Briah, como Hochmah o é em seu mundo, contudo HEKAMIAH tem atuação difusora mais imediata em razão de sua influência estar mais próximo de Malkuth dada da posição de Yesod.

A primeira guerra que se instalou no universo abrangeu aos mundos de Atziluth e Briah, então foi da Agua contra o Fogo que posteriormente refletiu nos mundos abaixo. Então veio a guerra entre o Ar e a Agua e depois da Terra contra o Ar.

Estas guerras têm por objetivo conciliar, integrar harmoniosamente os elementos uns com os outros, a maneira de Hochmah, de forma que surja um movimento criador, de colaboração, de onde surge a franqueza, lealdade, nobreza.

As pessoas nascidas sob esta influência possuem um caráter franco, leal, nobre, honradas e cumpridores de suas promessas.

1.7.5         Para salvaguardar nos contra as ciladas dos rebeldes, rebeldes e traidores.

O lado negativo da força

O Gênio contrário provoca, a traição, as sedições populares, as rebeliões. Trata-se aqui do comando do inferior contra o superior. E dividem-se em quatro categorias de lutas relacionados as estados e defeitos psicológicos:

Agua e fogo – Vontade-Sentimento: Serão aqueles que defendem o postulado da agua que está mais abaixo do fogo ou mundo de Atziluth.

Agua e Ar – Sentimento-Pensamento: Defenderão os postulados do Ar, mundo de Briah

Ar e terra – Pensamento-Ação: Defenderão os postulados da terra, Malkuth.

O lado negativo tem ainda relação com os poderes dos grandes, mas atuando ao revés. Trata-se do ilegítimo que ascende ao trono, que em nosso mundo se traduz àqueles que ocupam lugares, postos indevidamente, de forma ilegítima e que certamente causarão grandes prejuízos.

Estes gerentes ou afins serão os traidores, conscientes do que estão fazendo, que vendem aos concorrentes segredos da empresa, métodos de trabalho, etc.

Se for agente público venderá os pais, debandará capitais para outros governos, talvez não considere a pátria ou seu sistema de governo sua morada, então traíra seu povo, suas crenças, suas opções.

Disto resultará a rebelião, a divisão de pessoas que brigarão entre si, havendo guerras internas e disputas intestinais.

São crimes lesa pátria, lesa majestade, e demais formas, dependendo ao nível em que se encontrem.

1.8         Escrituras

“S (87-1) (87-2) Domine Deus salutis meae per diem clamavi in nocte coram te.

Eterno! Deus de minha salvação, diante de ti tenho clamado de dia e de noite. ”

1.9         Oração

“HEKAMIAH: Deus que constrói o Universo.

HEKAMIAH: Se Tú designastes a mim para construir um novo universo,

para ser aquele que conclama aos homens para ir mais além,

então me empreste Teu alento, Senhor HEKAMIAH.

Interessa-te por mim, segue meus passos, porque se erro, Senhor,

se minha luz interior não me permite compreender teus desígnios,

os homens criticarão a Ti e não a mim, dizendo:

Porque Deus tem dado poderes a este?

Mantenha-me conectado com tua alta frequência,

Esteja comigo, mesmo que me torne nebuloso, que me desvie do caminho,

quando as paixões humanas venham a agitar meu coração.

Pois, se ao despertar dos meus erros, encontrar a Tua mão,

se sei que estas obrando por meu intermédio de mim,

então farei com que suas pedras negras bebam um jorro de luz

e devolverei o mundo que tens me concedido

mais sensível aos seus propósitos divinos. ”

1.10    Exortação

“Tenho designado a ti para levar em seus ombros o peso do mundo,

a tarefa de descobrir para aqueles que te seguem

as mágicas virtudes que se encerram na Criação.

Porém, tu baixas a cabeça peregrino,

para descobrir aos humanos as propriedades do sexo, o poder do instinto,

utilizando tua inteligência para pintar com belas cores aquilo que despe repulsivos odores.

Como me tens traído, peregrino!

Só tens pervertido minhas virtudes e, as utiliza com teus títulos, diplomas, medalhas,

para fomentar a rebelião contra tua própria essência.

Oxalá tua transmutação esteja próxima, oxalá possas ouvir-me,

oxalá possas ainda descobrir o poder transformador que possuis.

Com toda força de meu sopro grito a ti: Desperta-te!

A obra do Eterno está órfã de guias.

Necessitamos de dignitários, príncipes, reis.

Necessitamos do sangue azul do idealismo

para que a o lixo deixe de ser o termómetro

a que se mede o grau de desenvolvimento dos homens.

 

Oração e exortação de Kabaleb.

 

Clique na imagem ao lado para ser direcionado a pagina princial e baixar gratuitamente o livro.

A CABALA DE HAKASH BA HAKASH

Filosofia Metafísica Quântica Cabalística – TOMO III

Schemhammephorasch  שם הםףורש

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s