Vasco: Ufa! XXI caça-níqueis exame da OAB, mais de 90% de reprovação? X #FimDaReservaDeMercadoDaOAB


OPINIÃO:           

Ufa!  XXI caça-níqueis exame da OAB, mais de  90% de reprovação?

(Criam-se dificuldades para colher facilidades)

vascovasconcelosEnquanto a atividade econômica apresentou o quarto mês seguido de retratação, de acordo com o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), espécie de sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), com queda de 0,48 por cento em outubro na comparação com o mês anterior; enquanto o índice de desempregados no Brasil vem batendo recorde,  a taxa de desemprego já ultrapassou  11,8% atinge 12 milhões de desempregados dentre os quais cerca de 130 mil escravos contemporâneos da OAB devidamente qualificados pelo Estado, MEC, sem direito ao primado do trabalho; enquanto as vendas do comércio em todo o país, estão despencando, indústria e comércio fechando as portas,  há um setor  que só tem  a comemorar com essa crise que assola o país, que é a indústria do pernicioso, fraudulento, concupiscente, famigerado caça-níqueis exame da OAB.

A cada certame vem batendo todos os seus recordes de reprovações. Quanto maior a reprovação maior o faturamento. Criam-se dificuldades para colher facilidades. Taxas  médias dos concursos nível superior R$ 80, taxa do caça-níqueis exame da OAB, R$ 240, (um assalto ao bolso). Taxa Concurso de Residência Médica apenas R$ 80,00 valor da bolsa R$ 3.330,93z

Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado  advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…)  “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

Se Karl Marx fosse nosso contemporâneo, a sua célebre frase seria: “Sem sombra de dúvida, a vontade da OAB, consiste em encher os bolsos, o mais que possa. E o que temos a fazer não é divagar acerca da sua vontade, mas investigar o seu poder, os limites desse poder e o caráter desses limites´.

Tudo isso em tela é vergonhoso. Onde está a responsabilidade  social da colenda OAB? A sociedade precisa saber e os jornais e as tevês, censuram as verdades, com exceção do DIÁRIO DA MANHÃ de GOIÂNIA, bem como respeitados Blogs da internet, que não é da alçada da OAB e de nenhum sindicato avaliar ninguém. A Constituição Federal diz em seu art. 209 que compete ao poder público avaliar o ensino. Ou seja avaliação do ensino é papel do Estado (MEC) junto às universidades e não dos sindicatos.

A Lei nº 10.861, de 2004, que institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior, o Sinaes, não possui nenhum dispositivo permitindo a interferência das corporações no processo avaliativo, este da competência exclusiva do MEC para as IES que integram o sistema federal de ensino.

Omite para população as verdades. Está insculpido em nossa Constituição Federal-CF art. 5º, inciso XIII, “É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer. Lembro aos mercenários de plantão que de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação-LDB, o papel de qualificação é de competência das universidades e não de sindicatos. A própria OAB reconhece isso. É o que atestava o art. 29 § 1º do Código de Ética Disciplina da OAB (Das regras deontológicas fundamentais) “Títulos ou qualificações profissionais são os relativos à profissão de advogado conferidos por universidades ou instituições de ensino superior, reconhecidas. Esse dispositivo foi revogado pelo novo Código de Ética da OAB. Mas a revogação tem efeito “ex-nunc”.

Não é verdade que esse exame exige conhecimentos mínimos do advogado recém  formado. Eis aqui as verdades: OAB e FGV além de usurparem papel do Estado (MEC) notadamente art. 209 da Constituição, ainda se negam a corrigir com seriedade as provas da segunda fase do X caça-níqueis avaliar o ensino Exame da OAB.

Uma excrescência tão grande que de acordo com o Blog Bocão News, levou, pasme.  o ex- Presidente da OAB/BA, nobre advogado Dr. Saul Quadros Filho em seu Facebook, a fazer duras críticas à empresa que organiza atualmente o exame da OAB. De acordo com Saul Quadros Filho, a FGV comete tantos erros na confecção da prova que é preciso urgentemente cobrar da instituição o mínimo de competência. (…) Portanto, o dever do Conselho Federal é cuidar da qualidade das provas ou então aposentar o exame. (…) No atual momento o Conselho Federal tem que ser solidário e não o algoz dos que” foram reprovados “pela FGV quando, na verdade, se tem alguém que merece ser reprovada é, induvidosamente, a própria Fundação Getúlio Vargas, endureceu Quadros.

Durante o lançamento do livro ‘Ilegalidade e inconstitucionalidade do Exame de Ordem do corregedor do TRF da 5º Região, desembargador Vladimir Souza Carvalho, afirmou que Exame de Ordem é um monstro criado pela OAB. Disse que nem mesmo a OAB sabe do que ele se trata e que as provas, hoje, têm nível semelhante às realizadas em concursos públicos para procuradores e juízes. “É uma mentira que a aprovação de 10% dos estudantes mensure que o ensino jurídico do país está ruim. Não é possível falar em didática com decoreba”, completou Vladimir Carvalho.

Na Audiência Pública promovida em meados de 2014 pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, o nobre Deputado Federal Domingos Dutra, afirmou que “OAB deveria apoiar a transferência do Exame de Ordem para MEC”’. “A OAB não pode ficar insistindo no exame excludente como este, daqui a 4 ou 5 anos, nesse patamar de 80% de reprovação dos alunos, em 5 anos teremos 50 milhões de brasileiros, envolvidos no drama de exame de ordem. Portanto não é um assunto pequeno, é uma questão de direitos humanos. A privação do emprego é um ataque frontal aos Direitos Humanos. Assistir os desassistidos e integrar na sociedade os excluídos. 

OAB está abusando da boa fé dos operadores do direito. Seu “modus operandi” se iguala  à ave urutau, popularmente conhecida como ave-fantasma, que adora camuflar nos troncos de árvores podres, se passando por um pedaço de madeira, num galho de árvore ou mesmo troncos partidos ou em pé e sabe muito bem utilizar sua pálida  plumagem para ficar  camuflada à busca de suas presas fartas e fáceis. No caso da OAB adora governos podres para se fortalecer. No Impecahmente da ex-Presdiente Dilma, OAB foi a última a abndonar o barco.  É sabido que OAB só entra no jogo para faturar alto. No caso do impeachment do ex-presidente Collor ela foi contemplada com o pernicioso, fraudulento, concupiscente, famigerado caça níqueis exame da OAB.

Nos últimos vinte anos afrontando a Constituição e usurpando papel do Estado (MEC), abocanhou quase R$ 1,0 bilhão, sem nenhuma transparência, sem nenhum retorno social sem prestar contas ao Tribunal de Contas da União – TCU, gerando fome desemprego (no País dos desempregados), depressão síndrome do pânico, síndrome de Estocolmo e outras doenças psicossociais, causando incomensuráveis prejuízos ao país com esse contingente de escravos contemporâneos da OAB devidamente qualificados pelo Estado (MEC), jogados ao banimento.

Lembro que a natureza agredida vinga-se nem sempre com flores. Assim como as máquinas caça-níqueis são programadas para os apostadores perderem, o caça-níqueis exame da OAB se iguala; pois é feito não para medir conhecimentos, e sim para reprovação em massa; quanto maior reprovação maior o faturamento.

Os mercenários da OAB precisam substituir o verbo arrecadar pelo verbo humanizar. Precisa respeitar a Convenção nº 168 da Organização Internacional do Trabalho – OIT, relativa à Promoção do Emprego e à Proteção contra o Desemprego, assinada em Genebra,em 1º de junho de 1988. A privação do emprego é um ataque frontal aos direitos humanos. “Assistir os desassistidos e integrar na sociedade os excluídos.” Não me canso de repetir que os atentados contra os Direitos Humanos terão repercussão nacional e internacional, por serem considerados “bien commun de l’humanité” e crime de lesa humanidade.                                                                                                        

Está na hora de se pensar em alternativas inteligentes, visando a humanização da OAB transformando-a parceira dos bacharéis em direito (advogados), ao invés de algoz.

Exame da OAB por si só não qualifica, se assim fosse não teríamos advogados na criminalidade. As operações zelotes,  lava-jato e petrolão, vêm atestando as verdades.  OAB tem que se limitar a fiscalizar os seus inscritos e puni-los exemplarmente, fato que não está acontecendo veja o que relatou a reportagem de capa da Revista ÉPOCA Edição nº 297 “O crime organizado já tem diploma e anel de doutor. Com livre acesso às prisões, advogados viram braço executivo das maiores quadrilhas do país.

E ainda afirma que essa excrescência protege o cidadão?

OAB vem se aproveitando da fraqueza dos nossos governantes,  para impor essa máquina de arrecadação de triturar sonhos e diplomas. Art. 205 CF. “A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho. Art. 43. da LDB – Lei 9.394/96 “a educação superior tem por finalidade (.); inciso 2 -formar diplomados nas diferentes áreas de O art. 48 da LDB diz que os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade nacional como Prova da formação recebida por seu titular.

Senhor Presidente da República Michel Temer, Senhores omissos e covardes Deputados Federais e Senadores da República,  não é da competência da OAB e de nenhum conselho de fiscalização da profissão legislar sobre condições para o exercício das profissões. Está insculpido no art. 22 da Constituição: Compete privativamente a União legislar sobre ;(EC nº19/98) (…) XVI -organização do sistema nacional de emprego e condições para o exercício de profissões.

Antes da promulgação da Lei Áurea, era legal escravizar e tratar as pessoas como coisa, para delas tirar proveitos econômicos. A história se repete: o concupiscente fraudulento discriminatório caça-níqueis da OAB, cuja única preocupação é bolso de advogados qualificados pelo Estado (MEC), jogados ao banimento, renegando pessoas a coisas.

Pasme, depois do desabafo do então Presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – JDFT, Desembargador Lécio Resende: “Exame da OAB:  É uma exigência descabida. Restringe o direito de livre exercício que o título universitário habilita”.

O Desembargador Sylvio Capanema Ex-Vice – Presidente do TJRJ, “As provas da OAB estão num nível de dificuldade absolutamente igual às da defensoria do Ministério Público e, se bobear, da Magistratura”, “Posso dizer com absoluta sinceridade que eu, hoje, não passaria no Exame de Ordem”.  O que fez OAB? Para calar nossas autoridades, usurpando papel do omisso Congresso Nacional, isentou desse exame caça-níqueis os bacharéis em direito  oriundos da Magistratura, do Ministério  Público  e os de Portugal? E com essas tenebrosas transações, aberrações e discriminações tal excrescência é constitucional? Onde fica o Princípio Constitucional da Igualdade? A lei não é para todos? A Declaração Universal dos Direitos do Homem, de 1948, repudia a discriminação, em quaisquer de suas formas, por atentar contra a dignidade da pessoa humana e ferir de morte os direitos humanos.

A Constituição lusitana, no art. 13, consagra o princípio da igualdade nos seguintes termos: “todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei. Ninguém pode ser, privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão da ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação econômica ou condição social”.
OAB tem que parar com essa mitomania e ciclotimia de contradições e aberrações. Onde fica nobres colegas juristas, o Princípio da Igualdade? A Declaração Universal dos Direitos do Homem, de 1948, repudia a discriminação, em quaisquer de suas formas, por atentar contra a dignidade da pessoa humana e ferir de morte os direitos humanos.

Ora nobres colegas juristas se para ser Ministro do Egrégio Supremo Tribunal Federal – STF, não precisa ser bacharel em direito (advogado), basta o cidadão ter mais de trinta e cinco anos e menos de sessenta cinco anos de idade, de notável saber jurídico e reputação ilibada (art. 101) da Constituição. Se para ocupar vagas nos Tribunais Superiores OAB se utiliza de listas de apadrinhados da elite? (Quinto dos apadrinhados)? Por que para ser advogado o bacharel tem que passar por essa cruel humilhação e terrorismo?

No passado a elite predatória não aceitava o fim da escravidão se utilizando dos mais rasos e nefastos argumentos, tipo: “Acabar com a escravidão iria ocasionar um grande derramamento de sangue e outras perversidades. Sem a escravidão, os ex-escravos ficariam fora de controle, roubando, estuprando, matando e provocando o caos generalizado” hoje essa mesma elite não aceita o fim da escravidão contemporânea da OAB, o fim do caça – níqueis Exame de Ordem plantando nas revistas e nos jornais nacionais (vale quanto pesa), manchetes fantasiosas tais como: Exame de Ordem protege o cidadão? Dia 14.12 uma advogada mulher do ex-governador do Rio foi presa pela Polícia Federal? Urge OAB jogar a atoalha e mudar o slogan.

Isso é Brasil 12 milhões de desempregados entre eles cerca de 130 mil escravos contemporâneos da OAB devidamente qualificados pelo omisso Estado (MEC), jogados ao banimento, sem direito ao primado do trabalho. A privação do emprego é um ataque frontal os direitos humanos: Assistir os desassistidos e integrar na sociedade os excluídos.

Há sete meses o Deputado Federal  Rogério Rosso/PSD/DF que se diz está preocupado  com a geração de empregos, está alheio à realidade nacional, engavetando os PLs nºs 2154/11, 5801/05, 7553/06, 2195/07, 2426/07 e 2154/11 apensados ao PL 5054/05, que tratam do fim da última ditadura, a escravidão contemporânea da OAB, ou seja o fim do famigerado, concupiscente, fraudulento, caça-níqueis exame da OAB, (bullying social) uma chaga social que envergonha o país dos desempregados.

O Presidente da República  Michel temer, não pode se acovardar e sob o pálio da Constituição Federal em sintonia com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, bem como em respeito ao primado do trabalho, deveria num ato de grandeza impor limites à OAB, extirpando do nosso ordenamento jurídico esse câncer, o famigerado caça níqueis exame da OAB, uma chaga social que envergonha o país dos desempregados e/ou ou transferir de vez o omisso MEC para OAB.

Imagine senhores governantes todo esse povo advogando, empregando gente, estagiários, recolhendo tributos como contribuições sociais, a fim de buscar digna aposentadoria, pagando impostos como IRF/IRPF/IRPJ/CSLL/PIS/COFINS. A cegueira do governo se faz sentir na sua incompetência em gerir a máquina pública. O povo padece desta síndrome de ineficiência. Somos todos governados pela incompetência. Se de um lado a OAB empresta tamanha injustiça na aplicação do exame da OAB, não é menos verdade que os verdadeiros culpados são nossos omissos representantes que ocupam cadeiras no Congresso Nacional e no Poder Executivo.

Estou convencido que o próximo ganhador do Prêmio Direitos Humanos da Presidência da República, de que trata o Decreto de 15 de dezembro de 2016, a ser concedido  bienalmente em anos pares pelo Governo Federal, bem como  o  Prêmio Nobel da  Paz  este último sairá pela 1ª vez para o Brasil, entre dezenas de abolicionistas contemporâneos que estão lutando com pertinácia e denodo pelo direito ao primado do trabalho, pelo fim da última ditadura, a  escravidão contemporânea da OAB,(bullying social), uma chaga social que envergonha o país dos desempregados.

Que não nos falte a força para lutar, a fé para acreditar e a graça de Deus para nos sustentar hoje e sempre”.  Por último, ensina-nos meu saudoso colega jurista e conterrâneo Rui Barbosa: “O homem que não luta pelos seus direitos não merece viver.

Vasco Vasconcelos, escritor e jurista

Brasília- DF e-mail:vasco.vasconcelos26@ gmail.com

 

Esse post foi publicado em EXAME DE ORDEM e marcado . Guardar link permanente.

22 respostas para Vasco: Ufa! XXI caça-níqueis exame da OAB, mais de 90% de reprovação? X #FimDaReservaDeMercadoDaOAB

  1. Pingback: EXAME XXII – É A HORA!, by Leonardo Coe – GOOGLELEX

  2. Sergio Rosa Martins disse:

    ESTAMOS RUMO AO DESENCONTRO DA ATUAL POLITICA GOVERNAMENTAL DE UM ESTADO NOVO REALMENTE VOLTADO PARA O SOCIAL, A NOVA POLITICA PREVER A CRIAÇÃO DE EMPREGOS E GERAR RENDAS, UM DOS MAIORES DEFENSORES DESSE ESTADO NOVO INCLUI A PRÓPRIA OAB, QUE SEMPRE SE FAZ PRESENTE NOS GRANDES MOVIMENTOS NACIONAIS. PARA UMA SOLUÇÃO ONDE ALCANÇA. O POVO E OS BACHARÉIS PARA CUMPRIMENTO DO DEVER LEGAL DE ATENDER ÁS POLITICAS GOVERNAMENTAIS. DEVEMOS BUSCAR SOLUÇÕES TAIS; CRIAÇÃO DO CURSO AVANÇADO DE APERFEIÇOAMENTO PARA ATENDER A POPULAÇÃO EM CADA REMÉDIO JURÍDICO, COM A CRIAÇÃO DOS CURSOS AVANÇADOS COM A DURAÇÃO DE 6 MESES OS ALUNOS RECÉM FORMADOS E OS BACHARÉIS OS QUE NÃO LOGRARAM EXITO PODERÃO REALIZAR OS CURSOS E ESTAREM APITOS A DESENVOLVER SUAS FUNÇÕES.

    OS CURSOS JURÍDICOS ABRIRA MUITAS VAGAS PARA A CLASSE JURISTA PODEREM REPASSAR SEUS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS AO LONGO DE SUAS CARREIRAS, ESSA MODALIDADE CAPACITA OS FUTUROS PROFISSIONAIS EM DETERMINADAS ÁREAS E OS ALUNOS PODERÃO DESFRUTAR DE UM VASTO CONHECIMENTO, EM TODO O BRASIL OS CURSOS SEGUIRÁ UM PADRÃO DE ATENDIMENTO JURÍDICO A POPULAÇÃO GRATUITAMENTE COM SALAS E LABORATÓRIO JURÍDICO.

    DURAÇÃO DO CURSO 6 MESES APOS AVALIAÇÃO SERÁ PELOS PRÓPRIOS CURSOS E EMITIDOS CERTIFICADO DE AVALIAÇÃO A SER HOMOLOGADO PELA OAB E EXPEDIDO SUA IDENTIFICAÇÃO FUNCIONAL APTO PARA O MERCADO DE TRABALHO; ATENDE A POLITICA GOVERNAMENTAL, ATENDE A POPULAÇÃO EM SEUS MEDICAMENTOS JURÍDICOS E DEMOSTRARÁ O PODER DE TAM NOBRE INSTITUIÇÃO ESTA VOLTADA PARA ATENDER A DEMANDA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA, GERANDO RENDA E DIGNIDADE A UM POVO JÁ SOFRIDO E CARENTE.

    CRIAÇÃO DE JUNTAS DE CONCILIADORES EM CADA ÓRGÃO DO JUDICIÁRIO, SEM CUSTAS PARA O ESTADO, ONDE OS ALUNOS PRESTAREM OS SERVIÇOS E SER ENCAMINHADO PARA HOMOLOGAÇÃO DOS JUÍZES DE CADA COMARCA BRASILEIRA. QUANDO APROVADO GOSTARIA DE SOLICITAR AOS GOVERNANTES O NOME CENTRO DE ESTUDOS JURÍDICO E ACADÊMICO DE APOIO AO JUDICIÁRIO E A POPULAÇÃO BRASILEIRA MD DRº RUI BARBOSA.

  3. Ari Pitanga disse:

    Que loucura é essa, a OAB, com uma lei infraconstitucional atropela a Constituição Federal e aplica uma exame de proficiência aos Bacharéis em Direito do Brasil, como se eles fosse formados em Marte; e não deixa que os mesmos acesse o mercado de trabalho. agora o TJ-RJ, esta esculachando os Advogados de juizados especiais, ou juizados de pequenas causas, danou de vez. kkkkkk!

  4. ANA PAULA DA SILVA disse:

    Me causa estarrecimento, pois os advogados querem impedir a população de realizar a conciliação sem a presença de advogados.
    A OAB incentiva o desemprego, ao aplicar seu exame corporativista e que reprova em massa. Daqui a pouco, a OAB quer obrigar todo cidadão a ser acompanhado por um advogado quando for ao supermercado fazer suas compras, para que tenha garantido seus direitos de consumidor.
    Bons profissionais na área de ADVOCACIA, não precisam monopolizar o Direito para trabalhar.

  5. ANA PAULA DA SILVA disse:

    O MOVIMENTO DOS ADVOGADOS UNIDOS, ESTÃO CONTRA O JUDICIÁRIO
    (PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS)

    A OAB NÃO TEM IDONEIDADE PARA COBRAR NADA DO JUDICIÁRIO, POIS A MESMA UTILIZA O SEU EXAME IMORAL, PARA MANTER A RESERVA DE MERCADO E INCENTIVAR O DESEMPREGO CONTRA OS BACHARÉIS EM DIREITO. A OAB/FGV, UTILIZA VÁRIAS PEGADINHAS E OUTRAS ARMADILHAS NOS SEUS EXAMES PARA REPROVAÇÃO EM MASSA. EXAME ESTE, QUE JÁ ARRECADOU MAIS DE 1 BILHÃO DE REAIS, SEM PAGAR IMPOSTOS E SEM PRESTAR CONTAS AO TCU. O JUDICIÁRIO É UMA ENTIDADE QUE MERECE TODO O RESPEITO, POIS SUAS DECISÕES SÃO PAUTADAS PELA ÉTICA, AMPARADAS PELA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA E DEMAIS LEIS DENTRO NO NOSSO ORDENAMENTO JURÍDICO. PARABENIZO O NOSSO JUDICIÁRIO!

    TRANSCREVO ABAIXO COM INDIGNAÇÃO A PUBLICAÇÃO DA CRÍTICA DO MOVIMENTO DOS ADVOGADOS UNIDOS CONTRA O JUDICIÁRIO BRASILEIRO:

    “Uma publicação de estagiárias do TJ/RJ revoltou muitos advogados cariocas!

    Na publicação, as jovens brincam com a rapidez das penhoras da Vara de Fazenda Pública, e também fazem piada com a impossibilidade de usar o token, afirmando ainda que estão de férias no trabalho.

    O post foi a gota d´água para uma relação que já estava conturbada.

    Confira a manifestação do Movimento Advogados Unidos:

    O TJ/RJ está em guerra contra os advogados

    Quando o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro decide criar uma guerra contra os advogados, quem ganha e quem perde com isso?

    Porque eu tenho CERTEZA absoluta que essa é uma guerra que os juízes e desembargadores não podem ganhar. Nós somos mais de 200 mil advogados no Rio de Janeiro e se nos unirmos, poderemos criar a maior PANELA DE PRESSÃO da história do nosso país. Somos 200 mil e podemos atingir a TOTALIDADE do povo, pois quando os JUÍZES e DESEMBARGADORES do TJ/RJ entram em guerra contra nós advogados, na verdade a intenção dele é prejudicar as pessoas que entram com demandas judiciais. Nós somos o reflexo e ter enfrentado o judiciário, causou a RAIVA deles, pois eles acham que são intocáveis e por enquanto são.

    O ano de 2016 foi talvez o pior ano para a advocacia da história. Esse ano que ainda não terminou, destruiu muitos escritórios de colegas, simplesmente porque o TJ/RJ decidiu que as grandes empresas possuem o direito de fazer o que bem entendem com os seus clientes. Sim, a leitura é essa, porque quando os JUIZADOS ESPECIAIS e as TURMAS RECURSAIS resolvem que não existe mais o DANO MORAL e mais de 70% das decisão foram fundamentadas como MERO ABORRECIMENTO, o JUDICIÁRIO na verdade esta mandando uma resposta positiva para as grandes empresas: HUMILHEM SEUS CLIENTES, QUE GARANTIMOS AQUI.

    Com a enxurrada de decisões fundamentadas com o MERO ABORRECIMENTO ou com valores ínfimos, o JUDICIÁRIO fez com que os advogados decidissem não mais pegar ações em Juizados Especiais, pois já sabem qual a sentença e não importa o direito lesado, o TJ/RJ já decidiu que vai matar as ações de massa. Ou seja, O TJ/RJ está legitimando a ilegalidade das grandes empresas, porque as grandes empresas continuam desrespeitando os direitos dos consumidores.

    E agora, quem poderá ajudá-los? Porque não será a justiça. A justiça esta do lado deles. Dos caras. Da elite. Dos poderosos. Que fique claro para quem não entendeu ainda: quando o TJ protege as grandes empresas, ele passa a ter lado e TODOS os advogados precisam entender isso ou será o fim da advocacia.

    O Movimento Advogados Unidos nasceu com a principal tarefa de unir os advogados em uma só só voz, para pressionarmos juntos o TJ, OAB, CNJ, STF e onde mais for preciso. PRECISAMOS LUTAR PELA SOBREVIVENCIA DA LEI, pois o TJ/RJ esta rasgando a Constituição Federal, o CDC o CPC e não sei mais quantas leis com os seus abusos. E pior, se ele for vitorioso aqui no Rio de Janeiro, esse vírus de injustiça vai se espalhar pelo resto do Brasil e nada do que fizermos, vai adiantar.

    Os abusos já são tanto, que até os conciliadores já estão humilhando advogado. Os juízes riem de nós. Desembargadores riem de nós. O respeito se perdeu e se nada fizermos, o eles vão nos DERROTAR.

    Todos sabem que sem advogado, não há justiça, ou seja a estratégia é perfeita, eles acabam, não importa com que preço, com as ações de danos morais e só com essa jogada, deixa sem emprego 60% dos advogados, pois será inútil entrar com ação. Ou seja, sem ações de massa, as empresas ficam livres para fazer o que bem entenderem. Continuam a enriquecer e o TJ/RJ diminui em 60% os seus processos.

    O que ninguém ainda percebeu é que se o plano do TJRJ der certo, os advogados que faziam ações de massa, vão migrar para outros ramos do direito e aquele advogado que achava que estava protegido ou que achava que não seria atingido pelos abusos do TJ, serão atingidos.

    Outros que também não perceberam que serão atingidos, são os escritórios de massa, pois se o TJ conseguir finalizar o projeto dele, isso quer dizer que as grandes empresas não vão mais pagar os altíssimos contratos para que esses escritórios os defendam e MUITOS desses escritórios, poderão até fechar. Estão preparados para isso?

    Depois do dia 21/11, ficou claro para todos, quais são os planos do TJ/RJ e eles ficaram revoltados por serem expostos. A Advocacia começou a ficar de olho e eles estão contra-atacando e não vão parar até que não sobre mais nenhum advogado para contar a história.

    Nos proibir de usar o Peticionamento Eletrônico, nada mais é do que uma forma de nos HUMILHAR. Porque os advogados não estão tendo os mesmos problemas no TRT e na Federal? Porque eles não estão em guerra contra os advogados, porque naqueles tribunais se aplica justiça. Porque ali, não existe lado.

    Essa demonstração de guerra, só demonstra que ELES não vão parar e a única forma de enfrentar o judiciário de igual para igual, será com união e organização. Cada advogado tem a tarefa de trazer o colega para luta. Se não nos organizarmos, eles vão ganhar. Não existe outra forma de enfrentar TAMANHO PODER, se não for com união e organização.

    Eles podem ter ganho essa batalha e passado o ano inteiro de 2016 nos humilhando, mas estamos acumulando força para dar uma resposta a altura. O Movimento Advogados Unidos passou os últimos 2 meses se organizando para que NUNCA MAIS os advogados sofram tais humilhações.

    Mas nós precisamos de mais gente. Precisamos de lideranças. Precisamos de advogados comprometidos com a defesa da Constituição Federal, do CDC, da lei. Precisamos crescer e nos organizar de tal forma, que eles saibam da nossa existência. Eles precisam entender que nós NÃO vamos mais ficar parados enquanto eles rasgam as leis em favos das grandes empresas. OU nos organizamos ou eles ganham. FOCO TOTAL.

    Por fim, nós vamos nos levantar. Vamos travar uma batalha forte em 2017, que será o ano da nossa redenção. Para que isso aconteça, precisamos que você junte-se a nós. Procure um dos núcleos já criado e venha nos ajudar a organizar esses núcleos. Vamos criar uma forma de termos olhos em todos os lugares onde a lei for debatida. Vamos denunciar tudo. Vamos FISCALIZAR de tal forma, que nada ficará escondido. VAMOS COMPARAR TODAS AS SENTENÇAS. VAMOS ACHAR OS PROBLEMAS E DENUNCIAR PARA QUE ELES RESPONDAM CIVILMENTE POR ESSES PROBLEMAS.

    POR FIM, VAMOS COMEÇAR UMA MEGA CAMPANHA PARA QUE SEJA APROVADO A LEI DO ABUSO E PARA QUE ESSES JUIZES E DESEMBARGADORES PASSEM A RESPONDER CRIMINALMENTE E CIVILMENTE POR SEUS ERROS. VAMOS LUTAR PELA LEI DO TETO TAMBÉM.

    Eles nunca mais irão rir dos advogados.

    Compartilhe o texto sem pena. Repasse o texto a todos os advogados que você tenha conhecimento.

    Peça para que esses advogados curtam a pagina do Movimento Advogados Unidos e peça para que esses advogados comecem a se organizar nos núcleos, porque em 2017, não vamos deixar barato as humilhações desse ano.

    CHEGA DE SILÊNCIO. CHEGA DE HUMILHAÇÕES. NÃO TEMOS MEDO DELES.

    Fonte: Movimento Advogados Unidos”

    • Ari Pitanga disse:

      Que loucura é essa, a OAB, com uma lei infraconstitucional atropela a Constituição Federal e aplica uma exame de proficiência aos Bacharéis em Direito do Brasil, como se eles fosse formados em Marte; e não deixa que os mesmos acesse o mercado de trabalho. agora o TJ-RJ, esta esculachando os Advogados de juizados especiais, ou juizados de pequenas causas, danou de vez.

      • ANA PAULA DA SILVA disse:

        Me causa estarrecimento, pois os advogados querem impedir a população de realizar a conciliação sem a presença de advogados.
        A OAB incentiva o desemprego, ao aplicar seu exame corporativista e que reprova em massa. Daqui a pouco, a OAB quer obrigar todo cidadão a ser acompanhado por um advogado quando for ao supermercado fazer suas compras, para que tenha garantido seus direitos de consumidor.
        Bons profissionais na área de ADVOCACIA, não precisam monopolizar o Direito para trabalhar.

  6. José disse:

    Prezados colegas, a solução são os bacharéis não se inscrevem em 2017. Com o Legislativo e o Executivo não dá para contar, que moral eles tem para corrigir às ilegalidades, eles andam na contra mão, um terço são denunciados por corrupção. Ainda se não bastasse os três Presidentes estão envolvidos, República, Câmara e Senado. Se fosse em outro Pais que a justiça funciona, eles estariam presos ou condenado à forca. E a OAB por sua vez é outra merda, na maioria dos roubos os de carteirinha , também estão envolvidos. Ou a imprensa está mentindo? Portanto, eles não farão nada para corrigir estas injustiças.

    • ANA PAULA DA SILVA disse:

      A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, RECORD, SBT, BANDEIRANTES, ONU(ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS) E CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS

      A/C DOS SENHORES DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA E PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER

      Prezados Senhores:

      Há milhares de Bacharéis em Direito e suas respectivas famílias, passando fome, porque os Bacharéis em Direito estão desempregados e não tem acesso ao mercado de trabalho na área do direito, mesmo detentores de legítimos diplomas universitários registrados pelo MEC, são impedidos de exercerem a profissão de Advogado, pelo EXAME OPORTUNISTA E CORPORATIVISTA DA OAB(ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL), exame este, recheado de pegadinhas e outras armadilhas de avaliações, para reprovar em massa(mais de 90% dos que se inscreve), este certame, a OAB/FGV, já arrecadaram mais de 1 bilhão de reais até a presente data, sem pagar qualquer tipo de Impostos e sem prestação de contas ao TCU.
      As nossas associações dos Bacharéis em Direito, já enviaram várias provas de fraudes dos exames da OAB/FGV para o CONGRESSO NACIONAL, mas ninguém tomou qualquer providência.

      Já faleceram mais de 1.000(um mil), Bacharéis em Direito, vítimas de doenças psicossomáticas/Infarto-AVC, por tentarem passar no exame da OAB/FGV, mais de 18 vezes, sem lograrem êxito.
      Somente no Curso de Direito, o universitário tem que fazer o exame da OAB/FGV, depois de formado, ficando demonstrado de forma cristalina, que este tipo de avaliação da OAB/FGV, fere de forma avassaladora, os princípios de isonomia, igualdade, razoabilidade, entre outros.

      Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…) “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

      São Paulo, 16 de Dezembro de 2.016

      *Pedro dos Santos Cardoso de Freitas
      Presidente Nacional dos Bacharéis Desempregados e Endividados pelo FIES
      *João Batista Suave
      Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis do Brasil
      *Ana Paula da Silva
      Presidenta Nacional dos Bacharéis Vítimas do Exame da OAB/FGV

    • ANA PAULA DA SILVA disse:

      O MOVIMENTO DOS ADVOGADOS UNIDOS, ESTÃO CONTRA O JUDICIÁRIO
      (PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS)

      A OAB NÃO TEM IDONEIDADE PARA COBRAR NADA DO JUDICIÁRIO, POIS A MESMA UTILIZA O SEU EXAME IMORAL, PARA MANTER A RESERVA DE MERCADO E INCENTIVAR O DESEMPREGO CONTRA OS BACHARÉIS EM DIREITO. A OAB/FGV, UTILIZA VÁRIAS PEGADINHAS E OUTRAS ARMADILHAS NOS SEUS EXAMES PARA REPROVAÇÃO EM MASSA. EXAME ESTE, QUE JÁ ARRECADOU MAIS DE 1 BILHÃO DE REAIS, SEM PAGAR IMPOSTOS E SEM PRESTAR CONTAS AO TCU. O JUDICIÁRIO É UMA ENTIDADE QUE MERECE TODO O RESPEITO, POIS SUAS DECISÕES SÃO PAUTADAS PELA ÉTICA, AMPARADAS PELA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA E DEMAIS LEIS DENTRO NO NOSSO ORDENAMENTO JURÍDICO. PARABENIZO O NOSSO JUDICIÁRIO!

      TRANSCREVO ABAIXO COM INDIGNAÇÃO A PUBLICAÇÃO DA CRÍTICA DO MOVIMENTO DOS ADVOGADOS UNIDOS CONTRA O JUDICIÁRIO BRASILEIRO:

      “Uma publicação de estagiárias do TJ/RJ revoltou muitos advogados cariocas!

      Na publicação, as jovens brincam com a rapidez das penhoras da Vara de Fazenda Pública, e também fazem piada com a impossibilidade de usar o token, afirmando ainda que estão de férias no trabalho.

      O post foi a gota d´água para uma relação que já estava conturbada.

      Confira a manifestação do Movimento Advogados Unidos:

      O TJ/RJ está em guerra contra os advogados

      Quando o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro decide criar uma guerra contra os advogados, quem ganha e quem perde com isso?

      Porque eu tenho CERTEZA absoluta que essa é uma guerra que os juízes e desembargadores não podem ganhar. Nós somos mais de 200 mil advogados no Rio de Janeiro e se nos unirmos, poderemos criar a maior PANELA DE PRESSÃO da história do nosso país. Somos 200 mil e podemos atingir a TOTALIDADE do povo, pois quando os JUÍZES e DESEMBARGADORES do TJ/RJ entram em guerra contra nós advogados, na verdade a intenção dele é prejudicar as pessoas que entram com demandas judiciais. Nós somos o reflexo e ter enfrentado o judiciário, causou a RAIVA deles, pois eles acham que são intocáveis e por enquanto são.

      O ano de 2016 foi talvez o pior ano para a advocacia da história. Esse ano que ainda não terminou, destruiu muitos escritórios de colegas, simplesmente porque o TJ/RJ decidiu que as grandes empresas possuem o direito de fazer o que bem entendem com os seus clientes. Sim, a leitura é essa, porque quando os JUIZADOS ESPECIAIS e as TURMAS RECURSAIS resolvem que não existe mais o DANO MORAL e mais de 70% das decisão foram fundamentadas como MERO ABORRECIMENTO, o JUDICIÁRIO na verdade esta mandando uma resposta positiva para as grandes empresas: HUMILHEM SEUS CLIENTES, QUE GARANTIMOS AQUI.

      Com a enxurrada de decisões fundamentadas com o MERO ABORRECIMENTO ou com valores ínfimos, o JUDICIÁRIO fez com que os advogados decidissem não mais pegar ações em Juizados Especiais, pois já sabem qual a sentença e não importa o direito lesado, o TJ/RJ já decidiu que vai matar as ações de massa. Ou seja, O TJ/RJ está legitimando a ilegalidade das grandes empresas, porque as grandes empresas continuam desrespeitando os direitos dos consumidores.

      E agora, quem poderá ajudá-los? Porque não será a justiça. A justiça esta do lado deles. Dos caras. Da elite. Dos poderosos. Que fique claro para quem não entendeu ainda: quando o TJ protege as grandes empresas, ele passa a ter lado e TODOS os advogados precisam entender isso ou será o fim da advocacia.

      O Movimento Advogados Unidos nasceu com a principal tarefa de unir os advogados em uma só só voz, para pressionarmos juntos o TJ, OAB, CNJ, STF e onde mais for preciso. PRECISAMOS LUTAR PELA SOBREVIVENCIA DA LEI, pois o TJ/RJ esta rasgando a Constituição Federal, o CDC o CPC e não sei mais quantas leis com os seus abusos. E pior, se ele for vitorioso aqui no Rio de Janeiro, esse vírus de injustiça vai se espalhar pelo resto do Brasil e nada do que fizermos, vai adiantar.

      Os abusos já são tanto, que até os conciliadores já estão humilhando advogado. Os juízes riem de nós. Desembargadores riem de nós. O respeito se perdeu e se nada fizermos, o eles vão nos DERROTAR.

      Todos sabem que sem advogado, não há justiça, ou seja a estratégia é perfeita, eles acabam, não importa com que preço, com as ações de danos morais e só com essa jogada, deixa sem emprego 60% dos advogados, pois será inútil entrar com ação. Ou seja, sem ações de massa, as empresas ficam livres para fazer o que bem entenderem. Continuam a enriquecer e o TJ/RJ diminui em 60% os seus processos.

      O que ninguém ainda percebeu é que se o plano do TJRJ der certo, os advogados que faziam ações de massa, vão migrar para outros ramos do direito e aquele advogado que achava que estava protegido ou que achava que não seria atingido pelos abusos do TJ, serão atingidos.

      Outros que também não perceberam que serão atingidos, são os escritórios de massa, pois se o TJ conseguir finalizar o projeto dele, isso quer dizer que as grandes empresas não vão mais pagar os altíssimos contratos para que esses escritórios os defendam e MUITOS desses escritórios, poderão até fechar. Estão preparados para isso?

      Depois do dia 21/11, ficou claro para todos, quais são os planos do TJ/RJ e eles ficaram revoltados por serem expostos. A Advocacia começou a ficar de olho e eles estão contra-atacando e não vão parar até que não sobre mais nenhum advogado para contar a história.

      Nos proibir de usar o Peticionamento Eletrônico, nada mais é do que uma forma de nos HUMILHAR. Porque os advogados não estão tendo os mesmos problemas no TRT e na Federal? Porque eles não estão em guerra contra os advogados, porque naqueles tribunais se aplica justiça. Porque ali, não existe lado.

      Essa demonstração de guerra, só demonstra que ELES não vão parar e a única forma de enfrentar o judiciário de igual para igual, será com união e organização. Cada advogado tem a tarefa de trazer o colega para luta. Se não nos organizarmos, eles vão ganhar. Não existe outra forma de enfrentar TAMANHO PODER, se não for com união e organização.

      Eles podem ter ganho essa batalha e passado o ano inteiro de 2016 nos humilhando, mas estamos acumulando força para dar uma resposta a altura. O Movimento Advogados Unidos passou os últimos 2 meses se organizando para que NUNCA MAIS os advogados sofram tais humilhações.

      Mas nós precisamos de mais gente. Precisamos de lideranças. Precisamos de advogados comprometidos com a defesa da Constituição Federal, do CDC, da lei. Precisamos crescer e nos organizar de tal forma, que eles saibam da nossa existência. Eles precisam entender que nós NÃO vamos mais ficar parados enquanto eles rasgam as leis em favos das grandes empresas. OU nos organizamos ou eles ganham. FOCO TOTAL.

      Por fim, nós vamos nos levantar. Vamos travar uma batalha forte em 2017, que será o ano da nossa redenção. Para que isso aconteça, precisamos que você junte-se a nós. Procure um dos núcleos já criado e venha nos ajudar a organizar esses núcleos. Vamos criar uma forma de termos olhos em todos os lugares onde a lei for debatida. Vamos denunciar tudo. Vamos FISCALIZAR de tal forma, que nada ficará escondido. VAMOS COMPARAR TODAS AS SENTENÇAS. VAMOS ACHAR OS PROBLEMAS E DENUNCIAR PARA QUE ELES RESPONDAM CIVILMENTE POR ESSES PROBLEMAS.

      POR FIM, VAMOS COMEÇAR UMA MEGA CAMPANHA PARA QUE SEJA APROVADO A LEI DO ABUSO E PARA QUE ESSES JUIZES E DESEMBARGADORES PASSEM A RESPONDER CRIMINALMENTE E CIVILMENTE POR SEUS ERROS. VAMOS LUTAR PELA LEI DO TETO TAMBÉM.

      Eles nunca mais irão rir dos advogados.

      Compartilhe o texto sem pena. Repasse o texto a todos os advogados que você tenha conhecimento.

      Peça para que esses advogados curtam a pagina do Movimento Advogados Unidos e peça para que esses advogados comecem a se organizar nos núcleos, porque em 2017, não vamos deixar barato as humilhações desse ano.

      CHEGA DE SILÊNCIO. CHEGA DE HUMILHAÇÕES. NÃO TEMOS MEDO DELES.

      Fonte: Movimento Advogados Unidos”

  7. PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

    A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, RECORD, SBT, BANDEIRANTES, ONU(ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS) E CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS

    A/C DOS SENHORES DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA E PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER

    Prezados Senhores:

    Há milhares de Bacharéis em Direito e suas respectivas famílias, passando fome, porque os Bacharéis em Direito estão desempregados e não tem acesso ao mercado de trabalho na área do direito, mesmo detentores de legítimos diplomas universitários registrados pelo MEC, são impedidos de exercerem a profissão de Advogado, pelo EXAME OPORTUNISTA E CORPORATIVISTA DA OAB(ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL), exame este, recheado de pegadinhas e outras armadilhas de avaliações, para reprovar em massa(mais de 90% dos que se inscreve), este certame, a OAB/FGV, já arrecadaram mais de 1 bilhão de reais até a presente data, sem pagar qualquer tipo de Impostos e sem prestação de contas ao TCU.
    As nossas associações dos Bacharéis em Direito, já enviaram várias provas de fraudes dos exames da OAB/FGV para o CONGRESSO NACIONAL, mas ninguém tomou qualquer providência.

    Já faleceram mais de 1.000(um mil), Bacharéis em Direito, vítimas de doenças psicossomáticas/Infarto-AVC, por tentarem passar no exame da OAB/FGV, mais de 18 vezes, sem lograrem êxito.
    Somente no Curso de Direito, o universitário tem que fazer o exame da OAB/FGV, depois de formado, ficando demonstrado de forma cristalina, que este tipo de avaliação da OAB/FGV, fere de forma avassaladora, os princípios de isonomia, igualdade, razoabilidade, entre outros.

    Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…) “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

    São Paulo, 16 de Dezembro de 2.016

    *Pedro dos Santos Cardoso de Freitas
    Presidente Nacional dos Bacharéis Desempregados e Endividados pelo FIES
    *João Batista Suave
    Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis do Brasil
    *Ana Paula da Silva
    Presidenta Nacional dos Bacharéis Vítimas do Exame da OAB/FGV

  8. ANA PAULA DA SILVA disse:

    A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, SBT, RECORD E BANDEIRANTES

    A/C DOS DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA, PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER

    Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…) “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

  9. sandra disse:

    Existe um remédio infalível, alhas o único, mas esse bando de otários que nem parece que cursaram o curso de Direito não querem entender, deixem, todo mundo de dar confiança para a OAB, não façam essa prova, já disse mil X se ninguém fizer vai acabar, eles não podem obrigar ninguém a prestar esse exame, e se ninguém fizer, como vai ficar? só tem um jeito, acabar com isso, sem advogado o Estado não funciona, no momento há número suficiente de juristas, porem muito em breve vai faltar e aí, vão ter que liberar as carteirinhas para os diplomados pelo Estado MEC. a palavra é, NÃO FAÇAM A PROVA, PARA DE DAR CONFIANÇA PARA O SINDICATO.

    • JOSE SILO DA SILVA disse:

      A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, SBT, RECORD E BANDEIRANTES

      A/C DOS DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA, PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER

      Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…) “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

  10. José disse:

    O vulcão está prestes a entrar em erupção e começar a cuspir fogo para todos os lados. Ou a justiça coloca essa bandidagem na cadeia, ou volta os velhos tempos, que bandido e ladrão eram tratado como tal. A OAB , Congresso Nacional e a Igreja conhecem bem essa época, mas mesmo assim, não aprenderam a lição, estão desafiando! Nas leis das Igrejas e dos Templos a palavra corrupção é substituída por doação. Portanto, eles não são corruptos!
    Assim como às leis no Brasil não valem para a OAB e para o seu Renan, o Código Penal também não valem para Igrejas e Templos.

    • JOSE SILO DA SILVA disse:

      A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, SBT, RECORD E BANDEIRANTES

      A/C DOS DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA, PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER

      Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…) “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

  11. José disse:

    Por falar em hienas, se o STF quer colocar as mãos na alta cúpula do atual executivo e do legislativo , vai ter que adotar a estratégia das leoas quando vão caçar, primeiro elas separam a presa do bando ou manada para depois atacar em conjunto. Só um leão não tem estrutura e nem cacife para enfrentar a manada . Foi exatamente o que ocorreu, o Ministro do STF foi enxotado e tripudiado pela mesa do Senado. No que se refere às hienas, quando elas fazem o cerco para atacar às leoas, o leão (macho) pega uma por uma pela nunca e vai dando o destino. Portanto, se os bacharéis querem acabar com os abusos da OAB, não se inscrevam no exame, deixem de alimentar essa corja. Eles cobram 3 vezes mais que os demais concursos. A Constituição e o direito do consumidor não estão para OAB, assim como o CP e o CPP não estão para o Renan.

    • JOSE SILO DA SILVA disse:

      A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, SBT, RECORD E BANDEIRANTES

      A/C DOS DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA, PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER

      Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…) “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

  12. Vanderley disse:

    Esse é o momento de todos (as) os (as) bacharéis em direito tomarem as ruas e darem o grito da independência. Unidos somos fortes!

    • JOSE SILO DA SILVA disse:

      A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, SBT, RECORD E BANDEIRANTES

      A/C DOS DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA, PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER

      Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…) “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

  13. Ari Pitanga disse:

    Aos

    Bacharéis em Direito,

    A OAB se comporta igual a HIENA quando encontra uma caça. Ela devora a carne; e ao mesmo tempo chora, mas não é de dó, ou pena do animal; é de prazer.

    Criem juízo e parem de se submeter a esse exame fraudulento e inconstitucional. Onde já se viu colocar raposa para toma conta de galinheiro?

    Como é que pode a OAB fiscalizar os profissionais do Direito e ela mesmos aplicar o exame de proficiência; aos profissionais que já foram submetidos a provas pelas faculdades autorizadas a funcionar no país para formar profissionais liberais.

    O bacharel em medicina formado no país é submetido a um exame pelo CRM no Estado de São Paulo, se ele passar nesse exame ótimo, mas se não passar não ficará proibido de exercer a medicina.

    Quando o bacharel em medicina vem de outros s países, como foi o caso dos médicos cubanos, os CRMs dos estados queriam aplicar o exame de proficiência, que aliás é justo, mas o governo brasileiro autorizou através de lei o desempenho da medicina por esse bacharéis sem necessariamente submeter-se ao tal exame de proficiência.

    Pasmem! o Bacharel em Direito formado em Portugal chegando em território brasileiro, vai à OAB; e no dia seguinte está com carteira para trabalhar como Advogado no Brasil, durma com um barulho desse e diga que dormiu em paz.

    O GOVERNO FEDERAL, ESTÁ DORMINDO BERÇO ESPLENDIDO.

    SR. MICHEL TEMER, SE COLOQUE COMO UM ESTADISTA E FAÇA A OAB RESPEITAR A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA, ACABE COM ESSE NEGÓCIO DA OAB APLICAR EXAME A BACHARÉIS EM DIREITO. V. Exª é um constitucionalista, não deixe que essa aberração jurídica continue acontecendo em nosso país.

    • PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

      A REDE GLOBO DE TELEVISÃO, RECORD, SBT, BANDEIRANTES, ONU(ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS) E CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS

      A/C DOS SENHORES DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES DA REPÚBLICA E PRESIDENTE DA REPÚBLICA MICHEL TEMER

      Prezados Senhores:

      Há milhares de Bacharéis em Direito e suas respectivas famílias, passando fome, porque os Bacharéis em Direito estão desempregados e não tem acesso ao mercado de trabalho na área do direito, mesmo detentores de legítimos diplomas universitários registrados pelo MEC, são impedidos de exercerem a profissão de Advogado, pelo EXAME OPORTUNISTA E CORPORATIVISTA DA OAB(ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL), exame este, recheado de pegadinhas e outras armadilhas de avaliações, para reprovar em massa(mais de 90% dos que se inscreve), este certame, a OAB/FGV, já arrecadaram mais de 1 bilhão de reais até a presente data, sem pagar qualquer tipo de Impostos e sem prestação de contas ao TCU.
      As nossas associações dos Bacharéis em Direito, já enviaram várias provas de fraudes dos exames da OAB/FGV para o CONGRESSO NACIONAL, mas ninguém tomou qualquer providência.

      Já faleceram mais de 1.000(um mil), Bacharéis em Direito, vítimas de doenças psicossomáticas/Infarto-AVC, por tentarem passar no exame da OAB/FGV, mais de 18 vezes, sem lograrem êxito.
      Somente no Curso de Direito, o universitário tem que fazer o exame da OAB/FGV, depois de formado, ficando demonstrado de forma cristalina, que este tipo de avaliação da OAB/FGV, fere de forma avassaladora, os princípios de isonomia, igualdade, razoabilidade, entre outros.

      Segundo o Portal Exame de Ordem, ancorado pelo nobre professor e conceituado advogado . Maurício Gieseler, afirmou: “Tenho quase certeza de que a reprovação foi acima dos 90%. (…) “Aí vem uma simples constatação: a prova da 1ª fase do XXI NÃO foi feita com o propósito de avaliar, de medir o “mínímo necessário” para o exercício da advocacia. A prova foi feita para REPROVAR os candidatos. Nada além!” Mais de 90% de reprovação em uma primeira fase é algo escandaloso! A prova perde seu objetivo e perde o seu propósito. Fonte:http://blog.portalexamedeordem.com.br/mas-e-obvio-que-a-reprovacao-foi-recorde

      São Paulo, 16 de Dezembro de 2.016

      *Pedro dos Santos Cardoso de Freitas
      Presidente Nacional dos Bacharéis Desempregados e Endividados pelo FIES
      *João Batista Suave
      Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis do Brasil
      *Ana Paula da Silva
      Presidenta Nacional dos Bacharéis Vítimas do Exame da OAB/FGV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s