Previsões políticas para a lunação de 06/05 a 04/06/16


lunação 006-05-2016Nesta lunação veremos a materialização da Justiça  levada às últimas consequências, com marte na retaguarda indicando amplo apoio às decisões tomadas. Os argumentos utilizados em oposição finalmente caem por terra. Já não é mais um momento de confronto, mas de derrubada, mas com alguma resiliência à liberdade.

Será ainda favorecido para que alguns prisioneiros alcancem a sua liberdade.

Plutão traz muitas mudanças na política, o ascendente em libra favorece acordos já iniciados, conchavos para formar um pequeno Éden, aliás, a reunião de vários planetas amigos na casa 7 indicam um grande pacto com boas chances de ser bem-sucedido, mas esta influênciado por duas manifestações perigosas da energia requer que tudo seja feita nos ditames éticos, morais e legais; plutão tem um olho no centro político e outro na população, mas por enquanto é saudável. As novas iniciativas serão referendadas tanto no campo político como no jurídico.

As tensões populares, protegidas por Júpiter, se acalmam quanto a política, mas ainda há descontentamento no que se refere ao judiciário embora ainda haja apoio e simpatia a este.

Netuno anuncia que as mudanças ainda têm seu viés kármico, o espírito de mudanças ainda prospera, mas amenizado por uma benevolência do tipo vamos ver como é que as coisas se resolvem, a população está em um processo de interiorização de tudo o que vem ocorrento conforme pode ser visto pela posição de jupter na segunda casa e no signo de virgem.

As forças atuantes de ALADIAH atuam beneficamente nas relações sociais, no espírito de graça e clemência,  por outro lado ASALIAH impõe o cumprimento da justiça e da legalidade, faz ainda com que apareçam as verdades ocultas; assim já aparecem as imoralidades, os escândalos cometidos pelos governantes e ocultados em acordos, conchavos.

Esse post foi publicado em Astrologia, cabala. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Previsões políticas para a lunação de 06/05 a 04/06/16

  1. PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

    DENÚNCIA GERAL PEDINDO MUDANÇAS NO EXAME DA OAB

    A/C DA AGU(ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO), TCU( TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO), PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA, MINISTROS DO STF E MINISTROS DO STJ, RELATIVO A TODOS OS TEXTOS ABAIXO:

    CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA EM EXERCÍCIO MICHEL TEMER

    Ordem e Progresso, Pedimos a Vossa Excelência, apoio para ajudar acabar ou implementar mudanças no Exame da OAB em caráter de urgência, exame este, que mantém a chaga social contra os milhões de bacharéis em direito, que estão desempregados, tendo seus sonhos dilacerados por não exercer a profissão com dignidade, mesmo depois de formados, os quais são impedidos pelo exame da OAB/FGV, certame este, que reprova mais de 90% dos inscritos.
    A OAB sempre manteve o seu poder acima do nosso ESTADO democrático de direito(CF/88), para ditar regras próprias que são de seu interesse de cunho particular. O exame da OAB/FGV, já arrecadou mais de 1 bilhão de reais desde 1994, quando foi implantado, nunca pagou imposto e nem tampouco prestação de contas ao TCU.
    Os milhões de Bacharéis em Direito, clamam por justiça, pedindo mudanças no exame da OAB. Ressaltando que o curso de direito, é o único do nosso país, que mesmo o cidadão já formado de posse de um diploma universitário, tem que submeter ao EXAME OPORTUNISTA DA OAB, se quiser ingressar no mercado de trabalho. Infelizmente o Exame da OAB, reprova em massa mais de 90% dos que se inscreve neste certame.
    PEDIDO DE MUDANÇAS DO EXAME DA OAB
    Para: PRESIDENTE DA REPÚBLICA EM EXERCÍCIO MICHEL TEMER, DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES DA REPÚBLICA
    1)ENFOQUE NAS MATÉRIAS DE ÉTICA E ESTATUTO DA OAB, QUE IRÁ COMPOR 50% DA NOTA NECESSÁRIA NA PRIMEIRA FASE DO EXAME DA OAB. (Pedimos tratamento de igualdade com o novo curso de direito, denominado “Tecnólogo em Direito”, que tem duração de apenas dois anos, criado pelo MEC, com a aprovação da Presidenta Dilma). Inclusive o novo curso de direito(Tecnólogo em Direito), já foi publicado no Diário Oficial da União.
    2)EXIGÊNCIA NO CONTEÚDO DA 1ª FASE, apenas das matérias de Direito Penal, Direito Civil e Direito Constitucional.(Previsão também no novo Curso de Tecnólogo em Direito, criado pelo MEC, com aprovação da Presidenta Dilma).
    2) FIM DA 2ª FASE DO EXAME DA OAB
    3) GRATUIDADE GERAL DO EXAME DA OAB
    4) DISPENSA DO EXAME DA OAB PA
    5) Tributação sobre os valores arrecadados sobre as taxas dos exames da OAB.(O Governo Federal, ao invés de aumentar impostos, deve administrar os que já recolhe e cobrar daqueles que não pagam impostos).
    6) Mudança do Exame da OAB para o MEC
    São Bernardo do Campo – SP, 12 de Maio de 2016
    APOIO PARA ESTA MANIFESTAÇÃO:
    MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS DO BRASIL
    MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS DESEMPREGADOS E ENDIVIDADOS PELO FIES
    MARCHA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS E VÍTIMAS DOS EXAMES DA OAB
    MARCHA NACIONAL DAS MULHERES BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL
    FRENTE SINDICAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS DO BRASIL
    MOVIMENTO POLÍTICO NACIONAL PEDINDO O FIM DO EXAME DA OAB

    • Ari Pitanga disse:

      Dr. Pedro,

      Com esse “Presidente” é que não vai acontecer nada em pró dos Bacharéis em Direito. Trata-se de um advogado que nunca fez a prova da oab é neo-liberal, prega as leis de mercado, mas não vai contrariar a Dona oab e os amigos donos de cursinhos.

  2. Embora eu seja cético com relação as previsões dos astros, gostei do comentário feito e suas previsões astrológicas, em relação a política,que vai acontecer com o partido político (PT), vai acabar, qual o partido vai sucedê-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s