Desobediência do WhatSapp abre perspectiva para novos aplicativos


A insistência de empresas estrangeiras em desrespeitar as Leis de nosso pais e não atender a determinações judiciais causou queda nas ações da WhatSaap que teme novas desvalorizações.

Na desobediência judicial anterior vários usuários partiram para o ZapZap e outros aplicativos estão sendo lançados no mercado.

A questão é entender que o Judiciário somente procede a quebra dos sigilos em situações elencadas em Lei e no último caso ocorrido pretendia-se investigar perigosos traficantes.

Mesmo assim, o Magistrado responsável, que atuou nos limites e em conformidade com a Lei foi bastante apedrejado nas redes sociais e até em instâncias judiciárias superiores, como se as prerrogativas dos Juízes para proceder sentenças não existissem.

A legislação constitucional é clara que o Magistrado não pode ser sancionado pelas suas decisões quando dentro dos limites legais.

O que tem-se alegado em geral é que houve uma desproporcionalidade na aplicação da Lei já que afetou milhões de pessoas.

Ocorre que a Lei é esta e, se houver exceção no que se refere ao WhatSaap as corporações internacionais começarão a exigir que abramos mãos de nosso ordenamento jurídico para possam atuar a margem da Lei. Haveria então uma liberalidade para as empresas alienígenas ainda que prejudiasse a coletividade.

Já fui programador de computador e posso afirmar com toda certeza que a única coisa que impede o WhatSaap de cumprir a ordem judicial e a má vontade, eis que não querem alterar o código fonte de forma que as decisões Judiciais possam ser cumpridas.

 

Esse post foi publicado em Direito e justiça. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Desobediência do WhatSapp abre perspectiva para novos aplicativos

  1. José disse:

    Desde que não haja abuso, ordem judicial tem que ser cumprida sejam por empresas brasileiras ou estrangeiras, senão fica igual a casa da mãe Joana cada um faz o que quer. Quando a ordem é absurda não se cumpre. Essa prática é comum no militarismo, que tem um regulamento arcaico e desumano.

  2. Antonio Caser disse:

    Eu penso que o WhatsApp quis preservar as informações pessoais de seus usuários. Nada mais.

Deixe uma resposta para José Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s