Eduardo Cunha volta a falar sobre o fim do exame da OAB. #FimDaReservaDeMercadoDaOAB


Eduardo Cunha diz que OAB age atrasada em impeachment e descarta apensamento

eduardo-cunhaO presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), descartou nesta segunda-feira (28) a possibilidade de apensar o pedido de impeachment de Dilma Rousseff protocolado pela OAB ao processo que já tramita na Casa. Antigo rival da entidade, o peemedebista afirmou que a ordem age com “retardo” e o pedido não tem “protagonismo”. Cabe a Eduardo Cunha avaliar a admissibilidade dos pedidos de impeachment que chegam à Câmara. Nesta tarde, o presidente da OAB, Claudio Lamachia, entregou um documento na Secretaria Geral da Mesa, sob protestos de grupos pró e contra o afastamento da petista.
Não conversou com presidente da Casa, de quem defende o afastamento do cargo. “Estamos no meio de um processo de impeachment em andamento e não tem sentido, se for o caso de acolher, ter duas comissões especiais e dois processos simultâneos. Não é a intenção nesse momento”, afirmou o peemedebista, que completou: “A ordem veio um pouco atrasada.
O pedido de impeachment aqui na Câmara já está se tratando há bastante tempo. Não vem com protagonismo. Veio com retardo”. A área técnica da Casa confirmou a possibilidade de que, caso Cunha dê aval ao pedido de impedimento da OAB antes do atual processo terminar de tramitar, um poderia ser apensado ao outro. Dessa forma, os prazos seriam reiniciados.
Eduardo Cunha, contudo, descartou a hipótese. Segundo ele, o documento da OAB é “uma nova leitura” e exigira a criação de uma “nova comissão especial”: “São atos distintos. Mesmo que tenha dois processos no mesmo juiz, se for acolhido, é uma nova comissão”. O presidente evitou polemizar sobre as manifestações que tomaram conta das dependências da Casa nesta tarde entre grupos pró e contra o impeachment. Ele defendeu que se mantenha a “serenidade” e pediu “que o respeito mútuo prevaleça”. Afirmou, contudo, que “não é a vinda da OAB aqui hoje e um eventual debate acalorado no Salão Verde que está fazendo ou vai fazer o clima ficar mais acentuado”.
Ele garantiu que serão tomados “todos os cuidados para que os parlamentares possam exercer seu legítimo direito ao voto e sejam preservados”. Contudo, até 21h desta segunda, não havia determinado nenhuma medida de segurança para impedir a circulação de visitantes no Salão Verde da Casa, por onde transitam os deputados, principal acesso ao plenário da Câmara.
Quando Eduardo Cunha foi alvo de manifestações, no ano passado, a restrição da circulação de visitantes, inclusive com a suspensão das visitas guiadas pelo Salão Verde da Câmara, foi uma das primeiras medidas tomadas pelo peemedebista.
Ele voltou a defender o fim do exame da OAB, proposta de sua autoria que não está na pauta do plenário mas que passou a contar com o apoio do governo nas últimas semanas. “O tema é relevante. Acho que é a única profissão do país que, se não fizer um exame de conselho de classe, não pode exercer. Você estuda, se forma, pega credito educativo, se compromete, se endivida. Isso absurdo.
Mas não por retaliação porque alguém entrou com pedido de impeachment que eu vou me deixar usar por isso. Não vou”. A ordem é crítica ativa de Eduardo Cunha e defende publicamente o afastamento dele da Presidência da Câmara.

Fonte: poncheverde

Esse post foi publicado em EXAME DE ORDEM e marcado . Guardar link permanente.

20 respostas para Eduardo Cunha volta a falar sobre o fim do exame da OAB. #FimDaReservaDeMercadoDaOAB

  1. JOAO BATISTA SUAVE SUAVE disse:

    APÓS APROVAÇÃO DO AFASTAMENTO DA PRESIDENTA DILMA DA CÂMARA, ESPERAMOS QUE O (EDUARDO CUNHA} TRAIDOR DOS BACHARÉIS, ESPERAMOS QUE ELE CUMPRA O QUE PROMETEU EM SUA CAMPANHA DE LEVAREM VOTAÇÃO O PL DE SUA AUTORIA SEJA PARA FIM DO EXAME OU MUDANÇAS SIGNIFICATIVAS PARA A CLASSE DOS BACHAREÍS.

    MARCHA NACIONAL E INTERNACIONAL DO BRASIL!
    (BRASILEIROS BACHAREÍS QUE TAMBÉM VIVEM NO ESTRANGEIRO)

  2. JOAO BATISTA SUAVE SUAVE disse:

    DENÚNCIA GERAL PEDINDO MUDANÇAS NO EXAME DA OAB

    A/C DA AGU(ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO), TCU( TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO), PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA, MINISTROS DO STF E MINISTROS DO STJ, RELATIVO A TODOS OS TEXTOS ABAIXO:

    CARTA ABERTA A PRESIDENTA DILMA SOBRE SEU PEDIDO DE AFASTAMENTO PELA OAB:

    Presidenta Dilma, Vossa Excelência, nunca fez nada para acabar com o Exame da OAB, mantendo a chaga social contra os milhões de bacharéis que estão desempregados, tendo seus sonhos dilacerados por não exercer a profissão com dignidade, mesmo depois de formados, os quais são impedidos pelo exame da OAB/FGV, certame este, que reprova mais de 90% dos inscritos.
    A OAB sempre manteve o seu poder acima do ESTADO(CF/88), para ditar regras próprias que são de seu interesse de cunho particular. O exame da OAB/FGV, já arrecadou mais de 1 bilhão de reais desde 1994, quando foi implantado, que nunca pagou imposto e nem tampouco prestação de contas ao TCU.
    A OAB que Vossa Excelência, sempre deu atenção e apoiou a manutenção do seu exame, esta entidade protocolou ontem(28/03/2016), seu pedido de AFASTAMENTO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA na Câmara de Deputados e está tomando todas as medidas jurídicas cabíveis para tirá-la do poder.
    Ainda há tempo de fazer algo pelos Bacharéis em Direito, que clamam por justiça, acabando com o exame da OAB. Ressaltando que o curso de direito, é o único do nosso país, que mesmo o cidadão já formado de posse de um diploma universitário, tem que submeter ao EXAME OPORTUNISTA DA OAB, se quiser ingressar no mercado de trabalho. Infelizmente o Exame da OAB, reprova em massa mais de 90% dos que se inscreve neste certame.
    _______________________________________________________________________________________________________
    1) PEDIDO DE MUDANÇAS DO EXAME DA OAB
    Para: PRESIDENTA DILMA, PREFEITOS/VEREADORES, GOVERNADORES, DEPUTADOS FEDERAIS E ESTADUAIS
    1)ENFOQUE NAS MATÉRIAS DE ÉTICA E ESTATUTO DA OAB, QUE IRÁ COMPOR 50% DA NOTA NECESSÁRIA NA PRIMEIRA FASE DO EXAME DA OAB. (Pedimos tratamento de igualdade com o novo curso de direito, denominado “Tecnólogo em Direito”, que tem duração de apenas dois anos, criado pelo MEC, com a aprovação da Presidenta Dilma). Inclusive o novo curso de direito(Tecnólogo em Direito), já foi publicado no Diário Oficial da União.

    2) EXIGÊNCIA NO CONTEÚDO DA 1ª FASE, apenas das matérias de Direito Penal, Direito Civil e Direito Constitucional.(Previsão também no novo Curso de Tecnólogo em Direito, criado pelo MEC, com aprovação da Presidenta Dilma).

    3) FIM DA 2ª FASE DO EXAME DA OAB

    4) GRATUIDADE GERAL DO EXAME DA OAB

    5) DISPENSA DO EXAME DA OAB PARA QUEM POSSUI
    PÓS GRADUAÇÃO EM DIREITO E RESIDÊNCIA JURÍDICA DE NO MÍNIMO DE 1 ANO.

    6) Tributação sobre os valores arrecadados sobre as taxas dos exames da OAB.(O Governo Federal, ao invés de aumentar impostos, deve administrar os que já recolhe e cobrar daqueles que não pagam impostos).

    7) Mudança do Exame da OAB para o MEC
    ASSINAR Abaixo-Assinado

    3) CARTA ABERTA DE CLAMOR PÚBLICO A NÍVEL NACIONAL, A PRESIDENTA DILMA, DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES, GOVERNADORES, PREFEITOS/VEREADORES E DEPUTADOS ESTADUAIS
    A OAB SONEGA IMPOSTOS E NÃO PRESTA CONTAS AO TCU, DESDE O ANO DE 1994
    O Presidente do Conselho Federal da OAB e demais Advogados, pediram o afastamento da Presidenta Dilma e do Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, mesmo assim continuam apoiando o exame fraudulento, oportunista, corporativista e caça-níqueis da OAB. PORQUE AINDA NÃO SE SUBMETERAM EM VOTAÇÃO O “PL QUE COLOCA FIM DO EXAME DA OAB”? PORQUE NÃO SUBMETERAM PARA VOTAÇÃO “A GRATUIDADE DO EXAME DA OAB”?
    “Escravos Bacharéis e Estudantes em Direito”, que continuam se inscrevendo no Exame da OAB, enquanto continuarem participando nos exames da OAB, cuja taxa de inscrição é a mais onerosa de nosso País, em torno de R$ 240,00(duzentos e quarenta reais), além de engordarem os cofres dos donos de cursinhos, que arrecadam mais de TREZENTOS MILHÕES DE REAIS todo ano, sem pagar impostos e prestação de contas a ninguém, arrecadam também dos alunos os valores financeiros proveniente de material didático, livros, lanches, tranporte de deslocamento, etc. Infelizmente o investimento com a taxa de inscrição da OAB e demais custos já citados, não dão resultado para a maioria, pois apenas 10% são aprovados.
    Ressalta-se, “colegas escravos dos exames da OAB”, que participando do exame de alguma forma, estão contribuindo para a corrupção de nosso país, porque a OAB arrecada mais de 1 bilhão de reais sem prestar contas ao TCU e sem pagar qualquer tipo de imposto. Com tanto dinheiro no cofre da OAB, de forma esdrúxula, aumenta seu poder de controlar politicamente o Congresso Nacional para julgar matérias de leis que interessa a própria Ordem da OAB. A quantia arrecadada de mais de 1 bilhão de reais com os certames da OAB, onde estão, qual a verdadeira finalidade da OAB? Como está sendo investido os valores já arrecadados pela OAB, em torno de 1 bilhão de reais?
    O intuito da OAB sempre foi arrecadar dinheiro de forma fácil, sem se preocupar com “os escravos estudantes e bacharéis em direito”, que se inscrevem no seu exame. Enfim, nunca houve quais investimentos que beneficiassem os próprios Advogados inscritos e nem tampouco a “classe dos escravos estudantes e bacharéis em direito”.
    Faleceu na Capital de São Paulo, o Bacharel em Direito “José Fernandes da Silva”, vítima de AVC, o mesmo vinha tentando passar no exame da OAB, umas quinze vezes, ele trabalhava na zona rural do município da Cidade de São Bernardo do Campo-SP. A família ainda não procurou a imprensa nacional, para alertar as autoridades e nem divulgar na mídia os detalhes, por causa da perseguição(represália) da OAB.
    A OAB já arrecadou mais de 1 bilhão de reais, desde o ano de 1994, sem prestar contas ao TCU e nem tampouco pagou qualquer tipo de imposto. Os donos de cursinhos preparatórios de Exames da OAB, também arrecadam em média mais de 300 milhões de reais por ano, sem pagar impostos e sem prestação de contas aos governos municipais, estaduais e Federal, onde funcionam a sede das empresas dos cursos ofertados.
    Os exames da OAB só interessa para ela e os donos de cursinhos, porque não pagam impostos e não prestam contas ao TCU e a ninguém. Ressaltando que o exame da OAB, reprova sempre em torno de 90% dos que se inscrevem. Os bacharéis em direito continuam “escravos da OAB”, porque cada vez que são reprovados, aumenta mais a arrecadação da OAB e os donos de cursinhos, porque as milhares(centenas) de pessoas que foram reprovadas, tem que pagar novamente para ser inscritos nos próximos exames.
    Nossa Marcha Nacional dos Bacharéis em Direito, faz um pedido de clamor público aos estudantes e bacharéis em direito, para não se inscreverem nos próximos exames da OAB, até que seja feito alguma mudança concreta que possa amenizar o bolso e o conteúdo exagerado que cobram no certame; a prova é mais difícil do que as aplicadas para o Ministério Público, Magistratura e Delegados de Polícia. Enfim a OAB, quer continuar reprovando em massa em torno de 90%, para continuar milionária; para que seus “escravos estudantes e bacharéis em direito”, continuem mais pobres, assim ela continua mais rica e com muito mais poder, com excessão do poder de DEUS, que tarda, mas não falha.
    Nota: O único curso do nosso país, que depende de fazer exame depois do cidadão ser graduado, é o curso de direito. Entendemos que esta imposição da OAB, coloca uma pecha nos estudantes e bacharéis em direito, de “escravos”. Pois é lamentável que o cidadão deter um título universitário de “bacharel em direito(formado)” e não poder exercer sua profissão com dignidade como os demais cidadãos que detém outros diplomas universitários.

    PROPOSTAS ENVIADAS A PRESIDENTA DILMA, NO FALE COM A PRESIDENTA:

    PEDIDO PRINCIPAL: “FIM DO EXAME DA OAB/FGV EM CARÁTER DE URGÊNCIA”.

    PEDIDOS ALTERNATIVOS:

    1) Enfoque nas matérias de Ética e Disciplina e Estatuto da OAB, que irá compor 50% da nota necessária para aprovação na 1ªfase do exame da OAB. (queremos igualdade como tratamento oferecido no novo curso de tecnólogo em direito, aprovado pelo MEC e Presidenta Dilma, publicado no Diário Oficial).

    2) Exigência do conteúdo na 1ª fase apenas relativo as matérias de Direito Penal, Direito Civil e Direito Constitucional.(queremos igualdade como tratamento oferecido no novo curso de tecnólogo em direito, aprovado pelo MEC e Presidenta Dilma, publicado no Diário Oficial).

    2) Fim da segunda fase do exame da OAB.

    4) Gratuidade Geral do Exame da OAB

    5) Plano de fiscalização para que a OAB pague seus impostos sobre a arrecadação bilionária das taxas recolhidas sobre seu exame, além de prestar contas ao TCU. A OAB não paga impostos desde o ano de 1994, quando foi implantada, além de nunca ter prestado contas ao TCU.
    6) Mudanças do exame da OAB(Ordem dos Advogados do Brasil), que é aplicado pela FGV(Fundação Getúlio Vargas), para a responsabilidade do MEC.
    7) Plano de fiscalização para que os donos de cursinhos do exame da OAB e os professores que atuam nesta seara, possam pagar impostos e prestar contas ao TCU ou qualquer outro órgão competente.(Os donos de cursinhos, professores, colaboradores, etc, também não pagam impostos desde o ano de 1994, quando foi implantado o exame da OAB e tampouco prestaram contas a nenhum órgão competente

    São Bernardo do Campo – SP, 05 de Abril de 2016

    !) MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS DO BRASIL
    2) MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS DESEMPREGADOS E ENDIVIDADOS PELO FIES
    3) MARCHA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS E VÍTIMAS DOS EXAMES DA OAB
    4) MARCHA NACIONAL DAS MULHERES BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL
    5) FRENTE SINDICAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS DO BRASIL

    6) MOVIMENTO POLÍTICO NACIONAL PEDINDO O FIM DO EXAME DA OAB
    .

  3. JOAO BATISTA SUAVE SUAVE disse:

    1) CARTA ABERTA A PRESIDENTA DILMA SOBRE SEU PEDIDO DE AFASTAMENTO PELA OAB:

    Presidenta Dilma, Vossa Excelência, nunca fez nada para acabar com o Exame da OAB, mantendo a chaga social contra os milhões de bacharéis que estão desempregados, tendo seus sonhos dilacerados por não exercer a profissão com dignidade, mesmo depois de formados, os quais são impedidos pelo exame da OAB/FGV, certame este, que reprova mais de 90% dos inscritos.
    A OAB sempre manteve o seu poder acima do ESTADO(CF/88), para ditar regras próprias que são de seu interesse de cunho particular. O exame da OAB/FGV, já arrecadou mais de 1 bilhão de reais desde 1994, quando foi implantado, que nunca pagou imposto e nem tampouco prestação de contas ao TCU.
    A OAB que Vossa Excelência, sempre deu atenção e apoiou a manutenção do seu exame, esta entidade protocolou ontem(28/03/2016), seu pedido de AFASTAMENTO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA na Câmara de Deputados e está tomando todas as medidas jurídicas cabíveis para tirá-la do poder.
    Ainda há tempo de fazer algo pelos Bacharéis em Direito, que clamam por justiça, acabando com o exame da OAB. Ressaltando que o curso de direito, é o único do nosso país, que mesmo o cidadão já formado de posse de um diploma universitário, tem que submeter ao EXAME OPORTUNISTA DA OAB, se quiser ingressar no mercado de trabalho. Infelizmente o Exame da OAB, reprova em massa mais de 90% dos que se inscreve neste certame.
    _______________________________________________________________________________________________________
    2) PEDIDO DE MUDANÇAS DO EXAME DA OAB
    Para: PRESIDENTA DILMA, PREFEITOS/VEREADORES, GOVERNADORES, DEPUTADOS FEDERAIS E ESTADUAIS
    1)ENFOQUE NAS MATÉRIAS DE ÉTICA E ESTATUTO DA OAB, QUE IRÁ COMPOR 50% DA NOTA NECESSÁRIA NA PRIMEIRA FASE DO EXAME DA OAB. (Pedimos tratamento de igualdade com o novo curso de direito, denominado “Tecnólogo em Direito”, que tem duração de apenas dois anos, criado pelo MEC, com a aprovação da Presidenta Dilma). Inclusive o novo curso de direito(Tecnólogo em Direito), já foi publicado no Diário Oficial da União.

    2) EXIGÊNCIA NO CONTEÚDO DA 1ª FASE, apenas das matérias de Direito Penal, Direito Civil e Direito Constitucional.(Previsão também no novo Curso de Tecnólogo em Direito, criado pelo MEC, com aprovação da Presidenta Dilma).

    3) FIM DA 2ª FASE DO EXAME DA OAB

    4) GRATUIDADE GERAL DO EXAME DA OAB

    5) DISPENSA DO EXAME DA OAB PARA QUEM POSSUI
    PÓS GRADUAÇÃO EM DIREITO E RESIDÊNCIA JURÍDICA DE NO MÍNIMO DE 1 ANO.

    6) Tributação sobre os valores arrecadados sobre as taxas dos exames da OAB.(O Governo Federal, ao invés de aumentar impostos, deve administrar os que já recolhe e cobrar daqueles que não pagam impostos).

    7) Mudança do Exame da OAB para o MEC
    ASSINAR Abaixo-Assinado

    3) CARTA ABERTA DE CLAMOR PÚBLICO A NÍVEL NACIONAL, A PRESIDENTA DILMA, DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES, GOVERNADORES, PREFEITOS/VEREADORES E DEPUTADOS ESTADUAIS
    A OAB SONEGA IMPOSTOS E NÃO PRESTA CONTAS AO TCU, DESDE O ANO DE 1994
    O Presidente do Conselho Federal da OAB e demais Advogados, pediram o afastamento da Presidenta Dilma e do Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, mesmo assim continuam apoiando o exame fraudulento, oportunista, corporativista e caça-níqueis da OAB. PORQUE AINDA NÃO SE SUBMETERAM EM VOTAÇÃO O “PL QUE COLOCA FIM DO EXAME DA OAB”? PORQUE NÃO SUBMETERAM PARA VOTAÇÃO “A GRATUIDADE DO EXAME DA OAB”?
    “Escravos Bacharéis e Estudantes em Direito”, que continuam se inscrevendo no Exame da OAB, enquanto continuarem participando nos exames da OAB, cuja taxa de inscrição é a mais onerosa de nosso País, em torno de R$ 240,00(duzentos e quarenta reais), além de engordarem os cofres dos donos de cursinhos, que arrecadam mais de TREZENTOS MILHÕES DE REAIS todo ano, sem pagar impostos e prestação de contas a ninguém, arrecadam também dos alunos os valores financeiros proveniente de material didático, livros, lanches, tranporte de deslocamento, etc. Infelizmente o investimento com a taxa de inscrição da OAB e demais custos já citados, não dão resultado para a maioria, pois apenas 10% são aprovados.
    Ressalta-se, “colegas escravos dos exames da OAB”, que participando do exame de alguma forma, estão contribuindo para a corrupção de nosso país, porque a OAB arrecada mais de 1 bilhão de reais sem prestar contas ao TCU e sem pagar qualquer tipo de imposto. Com tanto dinheiro no cofre da OAB, de forma esdrúxula, aumenta seu poder de controlar politicamente o Congresso Nacional para julgar matérias de leis que interessa a própria Ordem da OAB. A quantia arrecadada de mais de 1 bilhão de reais com os certames da OAB, onde estão, qual a verdadeira finalidade da OAB? Como está sendo investido os valores já arrecadados pela OAB, em torno de 1 bilhão de reais?
    O intuito da OAB sempre foi arrecadar dinheiro de forma fácil, sem se preocupar com “os escravos estudantes e bacharéis em direito”, que se inscrevem no seu exame. Enfim, nunca houve quais investimentos que beneficiassem os próprios Advogados inscritos e nem tampouco a “classe dos escravos estudantes e bacharéis em direito”.
    Faleceu na Capital de São Paulo, o Bacharel em Direito “José Fernandes da Silva”, vítima de AVC, o mesmo vinha tentando passar no exame da OAB, umas quinze vezes, ele trabalhava na zona rural do município da Cidade de São Bernardo do Campo-SP. A família ainda não procurou a imprensa nacional, para alertar as autoridades e nem divulgar na mídia os detalhes, por causa da perseguição(represália) da OAB.
    A OAB já arrecadou mais de 1 bilhão de reais, desde o ano de 1994, sem prestar contas ao TCU e nem tampouco pagou qualquer tipo de imposto. Os donos de cursinhos preparatórios de Exames da OAB, também arrecadam em média mais de 300 milhões de reais por ano, sem pagar impostos e sem prestação de contas aos governos municipais, estaduais e Federal, onde funcionam a sede das empresas dos cursos ofertados.
    Os exames da OAB só interessa para ela e os donos de cursinhos, porque não pagam impostos e não prestam contas ao TCU e a ninguém. Ressaltando que o exame da OAB, reprova sempre em torno de 90% dos que se inscrevem. Os bacharéis em direito continuam “escravos da OAB”, porque cada vez que são reprovados, aumenta mais a arrecadação da OAB e os donos de cursinhos, porque as milhares(centenas) de pessoas que foram reprovadas, tem que pagar novamente para ser inscritos nos próximos exames.
    Nossa Marcha Nacional dos Bacharéis em Direito, faz um pedido de clamor público aos estudantes e bacharéis em direito, para não se inscreverem nos próximos exames da OAB, até que seja feito alguma mudança concreta que possa amenizar o bolso e o conteúdo exagerado que cobram no certame; a prova é mais difícil do que as aplicadas para o Ministério Público, Magistratura e Delegados de Polícia. Enfim a OAB, quer continuar reprovando em massa em torno de 90%, para continuar milionária; para que seus “escravos estudantes e bacharéis em direito”, continuem mais pobres, assim ela continua mais rica e com muito mais poder, com excessão do poder de DEUS, que tarda, mas não falha.
    Nota: O único curso do nosso país, que depende de fazer exame depois do cidadão ser graduado, é o curso de direito. Entendemos que esta imposição da OAB, coloca uma pecha nos estudantes e bacharéis em direito, de “escravos”. Pois é lamentável que o cidadão deter um título universitário de “bacharel em direito(formado)” e não poder exercer sua profissão com dignidade como os demais cidadãos que detém outros diplomas universitários.

    PROPOSTAS ENVIADAS A PRESIDENTA DILMA, NO FALE COM A PRESIDENTA:

    PEDIDO PRINCIPAL: “FIM DO EXAME DA OAB/FGV EM CARÁTER DE URGÊNCIA”.

    PEDIDOS ALTERNATIVOS:

    1) Enfoque nas matérias de Ética e Disciplina e Estatuto da OAB, que irá compor 50% da nota necessária para aprovação na 1ªfase do exame da OAB. (queremos igualdade como tratamento oferecido no novo curso de tecnólogo em direito, aprovado pelo MEC e Presidenta Dilma, publicado no Diário Oficial).

    2) Exigência do conteúdo na 1ª fase apenas relativo as matérias de Direito Penal, Direito Civil e Direito Constitucional.(queremos igualdade como tratamento oferecido no novo curso de tecnólogo em direito, aprovado pelo MEC e Presidenta Dilma, publicado no Diário Oficial).

    2) Fim da segunda fase do exame da OAB.

    4) Gratuidade Geral do Exame da OAB

    5) Plano de fiscalização para que a OAB pague seus impostos sobre a arrecadação bilionária das taxas recolhidas sobre seu exame, além de prestar contas ao TCU. A OAB não paga impostos desde o ano de 1994, quando foi implantada, além de nunca ter prestado contas ao TCU.
    6) Mudanças do exame da OAB(Ordem dos Advogados do Brasil), que é aplicado pela FGV(Fundação Getúlio Vargas), para a responsabilidade do MEC.
    7) Plano de fiscalização para que os donos de cursinhos do exame da OAB e os professores que atuam nesta seara, possam pagar impostos e prestar contas ao TCU ou qualquer outro órgão competente.(Os donos de cursinhos, professores, colaboradores, etc, também não pagam impostos desde o ano de 1994, quando foi implantado o exame da OAB e tampouco prestaram contas a nenhum órgão competente

    São Bernardo do Campo – SP, 05 de Abril de 2016

    !) MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS DO BRASIL
    2) MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS DESEMPREGADOS E ENDIVIDADOS PELO FIES
    3) MARCHA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS E VÍTIMAS DOS EXAMES DA OAB
    4) MARCHA NACIONAL DAS MULHERES BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL
    5) FRENTE SINDICAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS DO BRASIL

    6) MOVIMENTO POLÍTICO NACIONAL PEDINDO O FIM DO EXAME DA OAB
    .

  4. JOAO BATISTA SUAVE SUAVE disse:

    CARTA ABERTA DE CLAMOR PÚBLICO A NÍVEL NACIONAL, A PRESIDENTA DILMA, DEPUTADOS FEDERAIS, SENADORES, GOVERNADORES, PREFEITOS/ VEREADORES E DEPUTADOS ESTADUAIS
    A OAB SONEGA IMPOSTOS E NÃO PRESTA CONTAS AO TCU, DESDE O ANO DE 1994
    O Presidente do Conselho Federal da OAB e demais Advogados, pediram o afastamento da Presidenta Dilma e do Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, mesmo assim continuam apoiando o exame fraudulento, oportunista, corporativista EXAME DA OAB. PORQUE AINDA NÃO COLOCARAM EM VOTAÇÃO O “PL QUE COLOCA FIM DO EXAME DA OAB”? PORQUE NÃO COLOCARAM PARA VOTAÇÃO “A GRATUIDADE DO EXAME DA OAB”?
    Escravos Bacharéis e Estudantes em Direito que continuam se inscrevendo no Exame da OAB, enquanto continuarem participando nos exames da OAB, cuja taxa de inscrição é a mais onerosa de nosso País, em torno de R$ 240,00(duzentos e quarenta reais), por etapa de inscrição, além de engordarem os cofres dos donos de cursinhos, que arrecadam mais de TREZENTOS MILHÕES DE REAIS sem pagar impostos e prestação de contas a ninguém, arrecadam também dos alunos os valores financeiros proveniente de material didático, livros, lanches, tranporte de deslocamento, etc. Infelizmente o investimento com a taxa de inscrição da OAB e demais custos já citados, não dão resultado para a maioria, pois apenas 10% são aprovados.
    Ressalta-se, colegas escravos dos exames da OAB, que participando do exame de alguma forma, estão contribuindo para a corrupção de nosso país, porque a OAB arrecada mais de 1 bilhão de reais sem prestar contas ao TCU e sem pagar qualquer tipo de imposto. Com tanto dinheiro no cofre da OAB, de forma ilícita, aumenta seu poder de controlar politicamente o Congresso Nacional para julgar matérias de leis que interessa a própria Ordem da OAB. A quantia arrecadada de mais de 1 bilhão de reais com os certames da OAB, onde estão, como foi investido?
    O intuito da OAB sempre foi arrecadar dinheiro de forma fácil, sem se preocupar com os escravos estudantes e bacharéis em direito que se inscrevem no seu exame. Enfim, nunca houve quais investimentos que beneficiassem os próprios Advogados inscritos e nem tampouco a classe dos dos escravos estudantes e bacharéis em direito.
    Faleceu na Capital de São Paulo, o Bacharel em Direito “José Fernandes da Silva”, vítima de AVC, o mesmo vinha tentando passar no exame da OAB, umas quinze vezes, ele trabalhava na zona rural do município da Cidade de São Bernardo do Campo-SP. A família ainda não procurou a imprensa nacional, para alertar as autoridades e nem divulgar na mídia os detalhes, porque causa da perseguição(represália) da OAB.
    A OAB já arrecadou mais de 1 bilhão de reais, desde o ano de 1994, sem prestar contas ao TCU e nem tampouco pagou qualquer tipo de imposto. Os donos de cursinhos preparatórios de Exames da OAB, também arrecadam em média mais de 300 milhões de reais por ano, sem pagar impostos e sem prestação de contas aos governos municipais e estaduais, onde funcionam a sede das empresas cursos.
    Os exames da OAB só interessa para própria OAB e os donos de cursinhos, porque não pagam impostos e não prestam contas ao TCU e a ninguém. Ressaltando que o exame da OAB, reprova sempre em torno de 90% dos que se inscrevem. Os bacharéis em direito continuam escravos da OAB, porque cada vez que são reprovados, aumenta mais a arrecadação da OAB e os donos de cursinhos, porque as milhares de pessoas que foram reprovadas, tem que pagar novamente para ser inscritos nos próximos exames.
    Nossa Marcha Nacional dos Bacharéis em Direito, faz um pedido de clamor público aos estudantes e bacharéis em direito, para não se inscreverem nos próximos exame da OAB, até que seja feito alguma mudança concreta que possa amenizar o bolso e o conteúdo exagerado que cobram no certame, a prova é mais difícil que as aplicadas para o Ministério Público , Magistratura e Delegados de Polícia. Enfim a OAB, quer continuar reprovando em massa em torno de 90%, para continuar milionária; para que seus escravos estudantes e bacharéis em direito continuem mais pobres, assim ela continua acima de todo o poder, com excessão do poder de DEUS, que tarda, mas não falha.

    PROPOSTAS ENVIADAS A PRESIDENTA DILMA, NO FALE COM A PRESIDENTA:

    PEDIDO PRINCIPAL: “FIM DO EXAME DA OAB/FGV EM CARÁTER DE URGÊNCIA”.

    PEDIDOS ALTERNATIVOS:

    1) Enfoque nas matérias de Ética e Disciplina e Estatuto da OAB, que irá compor 50% da nota necessária para aprovação na 1ªfase do exame da OAB. (queremos igualdade como tratamento oferecido no novo curso de tecnólogo em direito, aprovado pelo MEC e Presidenta Dilma, publicado no Diário Oficial).

    2) Exigência do conteúdo na 1ª fase apenas relativo as matérias de Direito Penal, Direito Civil e Direito Constitucional.(queremos igualdade como tratamento oferecido no novo curso de tecnólogo em direito, aprovado pelo MEC e Presidenta Dilma, publicado no Diário Oficial).

    2) Fim da segunda fase do exame da OAB.

    4) Gratuidade Geral do Exame da OAB

    5) Plano de fiscalização para que a OAB pague seus impostos sobre a arrecadação bilionária das taxas recolhidas sobre seu exame, além de prestar contas ao TCU. A OAB não paga impostos desde o ano de 1994, quando foi implantada, além de nunca ter prestado contas ao TCU.
    6) Mudanças do exame da OAB(Ordem dos Advogados do Brasil), que é aplicado pela FGV(Fundação Getúlio Vargas), para a responsabilidade do MEC.
    7) Plano de fiscalização para que os donos de cursinhos do exame da OAB e os professores que atuam nesta seara, possam pagar impostos e prestar contas ao TCU ou qualquer outro órgão competente.(Os donos de cursinhos, professores, colaboradores, etc, também não pagam impostos desde o ano de 1994, quando foi implantado o exame da OAB e tampouco prestaram contas a nenhum órgão competente

    São Bernardo do Campo – SP, 05 de Abril de 2016

    !) MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS DO BRASIL
    2) MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS DESEMPREGADOS E ENDIVIDADOS PELO FIES
    3) MARCHA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS E VÍTIMAS DOS EXAMES DA OAB
    4) MARCHA NACIONAL DAS MULHERES BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL
    5) FRENTE SINDICAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS DO BRASIL
    (SINDICATO NACIONAL DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL)
    6) MOVIMENTO POLÍTICO NACIONAL PEDINDO O FIM DO EXAME DA OAB
    .

  5. JOAO BATISTA SUAVE SUAVE disse:

    Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.
    PEDIDO DE MUDANÇAS DO EXAME DA OAB
    Para: PRESIDENTA DILMA, PREFEITOS/VEREADORES, GOVERNADORES, DEPUTADOS FEDERAIS E ESTADUAIS
    1)ENFOQUE NAS MATÉRIAS DE ÉTICA E ESTATUTO DA OAB, QUE IRÁ COMPOR 50% DA NOTA NECESSÁRIA NA PRIMEIRA FASE DO EXAME DA OAB. (Pedimos tratamento de igualdade com o novo curso de direito, denominado “Tecnólogo em Direito”, que tem duração de apenas dois anos, criado pelo MEC, com a aprovação da Presidenta Dilma). Inclusive o novo curso de direito(Tecnólogo em Direito), já foi publicado no Diário Oficial da União.

    2) EXIGÊNCIA NO CONTEÚDO DA 1ª FASE, apenas das matérias de Direito Penal, Direito Civil e Direito Constitucional.(Previsão também no novo Curso de Tecnólogo em Direito, criado pelo MEC, com aprovação da Presidenta Dilma).

    3) FIM DA 2ª FASE DO EXAME DA OAB

    4) GRATUIDADE GERAL DO EXAME DA OAB

    5) DISPENSA DO EXAME DA OAB PARA QUEM POSSUI
    PÓS GRADUAÇÃO EM DIREITO E RESIDÊNCIA JURÍDICA DE NO MÍNIMO DE 1 ANO.

    6) Tributação sobre os valores arrecadados sobre as taxas dos exames da OAB.(O Governo Federal, ao invés de aumentar impostos, deve administrar os que já recolhe e cobrar daqueles que não pagam impostos).

    7) Mudança do Exame da OAB para o MEC
    ASSINAR Abaixo-Assinado

  6. José disse:

    O PT antes de ser enxotado do governo vai deixar o seu legado. A partir de agosto do corrente ano, os estudantes de Medicina terão que prestar exames de avaliações, em diversas etapas, durante o curso. Caso não sejam aprovados não receberão o diploma, na última prova do último ano. A pergunta que não quer calar: Será que as Faculdades públicas de Medicina terão estruturas para dar um ensinamento a altura dos exames ou é mais um golpe do PT, copiado da OAB. Quem são os beneficiários? a indústria de cursinhos . É muito importante que os futuros Médicos estejam preparados para receber mais uma rasteira do PT. Só para lembrar que o atual Ministro da Educação Sr. Aloísio Mercadante está envolvido na roubalheira da Petrobrás. A OAB lutou e conseguiu dar mais um golpe junto com o MEC. Desta vez às vitimas são os Médicos.

    • José disse:

      Todo ódio que o PT tem contra os Médicos brasileiros são frutos do programa mais Médicos. É a mesma rejeição que a OAB tem contra os Bacharéis em Direito. É compreensível, os bandidos também tem raiva da Polícia. Quem age errado não gosta de ser perturbado.

      • José disse:

        Cuidado com o MEC e com a OAB, eles não tem escrúpulos. O Ministro da Educação Sr. Aloísio Mercadante, está envolvido no desfalque na Petrobrás. O PT não tem limite, roubo num lugar , quando a Polícia e o MP descobre, eles já estão roubando noutro. Eles enredo o rastro. O próprio MEC estava comprando carrinho de mão a R$ 700,00, uma majoração no valor real de 1000%. No que tange os Médicos, eles tem que se mobilizar desde então. Saber que são os mentores destes exames, antes de enraizar como ocorreu com o exame da OAB em 94. “O direito não socorre os que dormem”.

  7. LUIZ CEZAR PAVAN disse:

    Envio essa noticia, porque acho relevante, e com ele deve ser colocado um fim ao Exame da Ordem. CRIADO PELO MEC CURSO DE “TECNOLOGO EM DIREITO” – duração 2 1/2 anos.
    Acessem:http://www.naoentendodireito.net/2016/04/mec-cria-novo-curso-superior-tecnologo.html?m=1
    “Ousar lutar, ousar vencer. Sem perder as esperanças jamais”.
    Adaptação da famosa frase de C.Guevara.

    • José disse:

      O curso de Direito de 5 anos no nosso País já é uma merda, ainda vão criar outra bosta, para a OAB extorquir mais dinheiro destes coitados desinformados. Isto tudo são armações da Máfia do MEC com a Máfia da OAB. Os meios de comunicação tem que dar publicidade a população destas armadilhas do MEC e da OAB. Só lembrando que o atual Ministro da Educação Aloísio Mercadante está envolvido na corrupção da Petrobrás. Portanto , o que vem do MEC e da OAB não tem credibilidade. Os dirigentes do MEC eram para sentir vergonha quando pronunciasse as palavras “Curso de Direito”, sabendo que, quem manda no curso é a OAB.

  8. PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

    ”Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) chegou “um pouquinho atrasada” com o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff apresentado, nesta segunda-feira, e diferentemente do que ocorreu no afastamento de Fernando Collor, não terá agora o protagonismo que teve no passado; “São momentos diferentes, circunstâncias diferentes e pessoas diferentes. Agora a Ordem veio um pouquinho atrasada, o pedido de impeachment já está sendo tratado aqui há muito tempo. Naquele momento (impeachment de Collor) a Ordem veio com protagonismo, hoje ela veio com retardo”, disse Cunha
    29 DE MARÇO DE 2016 ÀS 05:32
    247 – O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) chegou “um pouquinho atrasada” com o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff apresentado, nesta segunda-feira, e diferentemente do que ocorreu no afastamento de Fernando Collor, não terá agora o protagonismo que teve no passado.
    “São momentos diferentes, circunstâncias diferentes e pessoas diferentes. Agora a Ordem veio um pouquinho atrasada, o pedido de impeachment já está sendo tratado aqui há muito tempo. Naquele momento (impeachment de Collor) a Ordem veio com protagonismo, hoje ela veio com retardo”, disse Cunha.
    Leia abaixo reportagem de Iolando Lourenço e Luciano Nascimento – Repórteres da Agência Brasil, sobre o assunto:
    O pedido de impeachment protocolado ontem (28) pelo presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, colocou mais lenha na fogueira no debate sobre o afastamento da presidenta Dilma Rousseff. Durante a tarde desta segunda-feira, manifestantes, em sua maioria advogados, favoráveis e contrários ao processo ocuparam o Salão Verde da Câmara dos Deputados, onde o documento foi apresentado.
    O ato e a autoria do pedido dividiu a opinião dos parlamentares. O ex-presidente da OAB do Rio de Janeiro, deputado Wadih Damous (PT), criticou a atitude da Ordem, taxando-a de partidária.
    Segundo Damous, a participação individual de advogados defendendo o impeachment é legítima, mas que a OAB não deveria ter se posicionado a respeito. “Que haja advogado defendendo essa ou aquela tese partidária, isso é da cidadania e da democracia. A entidade não pode se partidarizar”, afirmou.
    Damous defendeu que a OAB venha à público desautorizando o ato. Para o deputado, a entidade cometeu um erro ao protocolar o pedido de impeachment, que ele classificou como golpista.
    “Não vi dirigente da OAB aqui. O que se viu em nome da OAB foi um ato partidário. É por isso que o presidente terá de vir a público dizer que desautoriza o que aconteceu aqui. Protocolar pedido de impeachment é um erro, mergulha a entidade numa aventura golpista”, acrescentou.
    Para o líder do governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), o episódio envolvendo advogados é um retrato do clima político que existe atualmente.
    “A manifestação é um retrato do clima do Brasil, que foi criado exatamente pelo ódio disseminado na sociedade pela direita, pela oposição. Ao mesmo tempo, também retrata o lamentável fim de uma entidade [OAB], que sempre esteve acima das disputas políticas e que agora se incorpora para defender um golpe”, afirmou.
    Líder do Democratas, o deputado Pauderney Avelino (AM) rebateu as afirmações de Damous. Para Avelino, as críticas a OAB são descabidas. “Entendo que essa atitude em relação a OAB é de uma intolerância que o processo democrático não aceita. Em outros momentos, a OAB protocolou pedidos de impeachment, mas não aconteceu isso”, lembrou.
    Sobre o processo de afastamento, Avelino disse que os deputados estão tomando cuidado para cumprir as regras estabelecidas pelo Supremo Tribunal Federal.
    “Entendemos que, nesse momento, devemos nos manter com muita cautela, com muita serenidade, pois o processo está avançando de acordo com o regimento da Casa e com a Constituição. Não adianta querer turvar o processo. Estamos com serenidade e com tranquilidade, levando adiante um processo que é regido por leis, pela Constituição e pelo regimento das duas casas”, destacou o líder do DEM.
    Questionado sobre os protestos de hoje na Câmara, o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou que, mesmo ganhando contornos “das ruas”, é necessário manter o respeito e a serenidade. “A gente tem de manter a ordem e a serenidade, pedir que o respeito mútuo prevaleça.”
    Cunha informou que ainda não leu o pedido da OAB e que irá despachá-lo no momento apropriado. O presidente acrescentou que vai esperar que a Câmara decida sobre o processo em análise na Casa, antes de se pronunciar a respeito.
    “Não li. Por isso, não posso dar opinião de mérito. Não tem sentido, no caso de acolher, ter duas comissões especiais e dois processos [de impeachment] simultâneos. Não tem muita lógica”, adiantou.
    Conforme o presidente da Câmara, cerca de 15 pedidos de impeachment contra Dilma aguardam despacho da presidência da Casa. “Na quarta-feira (23) entraram quatro. “A Ordem veio um pouquinho atrasada. Não veio como naquele momento [do Collor], como protagonista”, concluiu Cunha.”
    Fonte: BRASÍLIA 247

  9. PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

    ACERTO: A DATA CERTA PARA REALIZAÇÃO DA MANIFESTAÇÃO DA CONVOCAÇÃO DOS BACHARÉIS EM DIREITO É NA DATA DE 17/04/2016 E NÃO 17/04/2013.

    (…)Bacharéis em Direito e suas famílias, vamos protestar na data de 17/04/2016, em frente do Palácio do Governo Federal e do Congresso Nacional, para exigir o fim do exame da OAB, não somos escravos da OAB, somos graduados em direito e merecemos respeito, merecemos ter acesso ao emprego, merecemos que nos trate com igualdade e dignidade.(…)

    APOIO: MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS EM DIREITO

  10. ORDEM DOS ADVOGADOS DIREITO - OAD disse:

    O MALDITO TOPETUDO, VICE PRESIDENTE ITAMAR FRANCO, (adeeevogado), FOI CULPADO DE TUDO …

    AGORA , O CAVEIRINHA, VICE PRESIDENTE MICHEL TEMER, (adeeevogado), DISSE QUE FARIA O IMPOSSÍVEL, PARA CONTINUAR COM ESTE VEXAME HISTÓRICO.

    PORTANTO, SERA IMPOSSÍVEL MUDAR ESTE QUADRO.

  11. EM NOME DE GRANDE CONTIGENTE DE BACHARÉIS EM DIREITO ROGO AO SR. PRESIDENTE DA CAMARA QUE COLOQUE EM PAUTA DO PLENÁRIO, DE SUA AUTORIA, O FIM DO EXAME DE ORDEM OU QUE SEJA REFORMULADA IMEDIATAMENTE. VIVA, VIVA.

  12. Sr. Presidente da Câmara Eduardo Cunha, para bens pelas palavras e rogo que possa tomar a questão Exame de Ordem, que muito e muito tem deixado os Bachareis em Direito. Vejamos que a OAB na pessoas dos Presidentes e outros veem deixando no limbo não só os Bachareis, mais seus familiares e uma divida que o Bacharel terá de carregar por longos anos, isto se puder trabalhar.
    Mais como isso acaba não acontecendo, acaba sobrando para os familiares. Vamos Sr. Presidente da Camara retomar a luta para mudar o que a nossa Carta Magna diz, no seu art. 5º. incico XIII. Nao entro nem no merito das prestações de conta, e até acho que deveria ser cobrado um percentual nos valores cobrados da taxa de inscrição do Exame, que hoje é de R$ 220,00 (duzentos e vinte reais) primeira fase e R$ 110,00 ( cento e dez reais) 2ª, fase. .

  13. PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

    CONVOCAÇÃO DOS BACHARÉIS EM DIREITO PARA MANIFESTAÇÃO EM FRENTE DO PALÁCIO DO GOVERNO FEDERAL E NO CONGRESSO NACIONAL, NA DATA DE 17/04/2013

    PROPOSTAS:

    PEDIDO PRINCIPAL: FIM DO EXAME DA OAB/FGV EM CARÁTER DE URGÊNCIA

    PEDIDOS ALTERNATIVOS:

    1) TRIBUTAÇÃO SOBRE AS TAXAS DE EXAMES RECOLHIDAS PELA OAB (FIM DA CORRUPÇÃO, COM COBRANÇA DE IMPOSTOS ATRASADOS DESDE O ANO DE 1994).

    2) PRESTAÇÃO DE CONTAS DA OAB AO TCU, DESDE O ANO DE 1994 (TRANSPARÊNCIA PÚBLICA).

    3) GRATUIDADE A TODOS OS BACHARÉIS EM DIREITO, SOBRE A ISENÇÃO DE PAGAMENTO DE TAXAS DO EXAME DA OAB/FGV(JUSTIÇA SOCIAL).

    4) MUDANÇA DO EXAME DA OAB PARA O MEC

    5) ISENÇÃO DO EXAME PARA QUEM POSSUI PÓS GRADUAÇÃO NA ÁREA DO DIREITO.

    6) DISPENSA DA OBRIGATORIEDADE DO EXAME PARA QUEM POSSUIR UMA RESIDÊNCIA JURÍDICA NO MÍNIMO DE UM ANO.

    7) ATUAÇÃO DOS BACHARÉIS EM DIREITO QUE AINDA NÃO TEM A INSCRIÇÃO DA OAB, JUNTO AOS JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS E CRIMINAIS (na mediação e arbitragem, não exige inclusive formação em direito).

    8) REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DOS BACHARÉIS EM DIREITO

    Nossos políticos e representantes do povo em geral, não dão nenhuma importância para a chaga social imposta aos Bacharéis em Direito. Quantos bacharéis em direito precisam ainda morrer pelo abalo psicológico por ficar insistindo em passar no Exame da OAB?

    O Exame da OAB sempre foi recheado de pegadinhas, sem fins pedagógico, o qual sempre foi elaborado para reprovar em massa os que se inscrevem neste certame relâmpago de fins corporativista, fraudulento, oportunista, caça-níqueis; enfim, a reprovação em massa já ultrapassa a 90%(noventa por cento) dos que se inscreve.

    A OAB que sempre se achou poderosa, que dita regras próprias de seu interesse de cunho particular, utiliza seus conhecimento jurídicos contra a própria sociedade, cuja entidade, nunca recolheu impostos ao Governo Federal, possui um faturamento anual acima de cem milhões de reais, cujos valores arrecadados nunca foram prestado contas ao TCU. Este Conselho Federal, que deveria dar exemplo de democracia, simplesmente aproveita de todos os políticos corruptos para impor sua ditadura a nossa sociedade, principalmente aos Bacharéis em Direito e suas famílias. A OAB consegue influenciar o Congresso Nacional, para vetar todos os projetos que é contra os seus próprios interesses.

    A OAB já arrecadou mais de 1 bilhão de reais, desde o ano de 1994, quando foi implantado o certame da OAB/FGV, que nunca pagaram impostos e nem tampouco houve prestação de contas ao TCU.

    Aliás, dizem a OAB que o título de Bacharel em Direito serve para prestar concurso, isto é uma aberração, pois todo título universitário serve para prestar concurso. A mesma ironiza, dizendo que o diploma de bacharel em direito não serve para nada.

    A OAB diz que o seu exame é para proteger a sociedade, tamanha hipocrisia, pois quem protege a sociedade é ela mesma, se fosse verdade tal afirmação, não haveria muitos ADVOGADOS com inscrição na OAB envolvidos em corrupção ou exercendo a Advocacia de forma que não corrobora com a dignidade da profissão.

    Bacharéis em Direito e suas famílias, vamos protestar na data de 17/04/2016, em frente do Palácio do Governo Federal e do Congresso Nacional, para exigir o fim do exame da OAB, não somos escravos da OAB, somos graduados em direito e merecemos respeito, merecemos ter acesso ao emprego, merecemos que nos trate com igualdade e dignidade.

    APOIO: MARCHA NACIONAL DOS BACHARÉIS EM DIREITO

  14. Luiz Cezar Pavan disse:

    A OAB é uma “ordem” que “trabalha” visando os próprios interesses. Longe está de defender algum interesse da nação brasileira. É lenta quando os interesses dela não estão envolvidos. E ágil, como nesse momento, querendo apensar seus obtusos interesses, desejando reiniciar os prazos do pedido de impeachment. Aplausos à presidência da Câmara dos Deputados, que percebeu a ágil manobra, e impediu esse retardo, não permitindo o pedido da nefasta OAB, eivada de interesses e vícios, inconstitucionalidades, tais como a incompreensível exigência de uma exame que não mede conhecimentos dos novos egressos, mas sim quanto milhões terão em seus cofres, a cada edição do “vexame” que se sujeitam milhares de jovens Advogados. Fim da Ordem, do seu Exame, e impeachment já. Haja Brasil senão não haverá misericórdia de nós.

  15. José disse:

    A OAB como sempre quer se promover. Qualquer pessoa ou instituição tem legitimidade para protocolar pedido de impedimento contra a Presidente. Portanto, não é nenhuma novidade. Agora é uma boa hora para investigar a OAB, verificar se realmente ela tem moral para pedir o impeachment de alguém. Os tucanos também estavam cantando de galo e hoje estão piando igual pintinho. “Vamos ver se eles podem atirar a primeira pedra”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s