Justiça americana esquenta pedra esmeralda de $400 milhões contrabamdeada do Brasil.


Na quinta-feira, o juiz da Suprema Corte de Los Angeles Michael Johnson entendeu que o Brasil não tinha interesse na pedra esmeralda de 180 mil quilates, formada por nove tubos verdes, é considerada a maior do planeta que está avaliada em 400 milhões de dólares.

Apesar da origem ilícita, decretou que a empresa americana “FM Holdings apresentou provas claras” que lhe atribuem a propriedade da pedra, após escutar os testemunhos dos três sócios do grupo, em 14 de maio passado.

A pedra esmeralda de 38 quilos foi descoberta na Bahia em 2001. O governo brasileiro reivindicava como um tesouro nacional.

Esse post foi publicado em Direito e justiça. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s