Projeto do Sindicato OAB – PEC 25/11 exige 5 anos de advocacia para ser Juiz e Promotor. #FimDaReservaDeMercadoDaOAB


O Sindicato OAB por intermédio do Deputado Ricardo Trad apresentou uma proposta de emenda constitucional PEC 25 quedá nova redação ao inciso I, do artigo 93, e ao §3º., do artigo 129, ambos da Constituição Federal, para exigir dos candidatos ao ingresso na magistratura e promotoria de justiça 5 anos de efetiva prática forense.

Agora é que Bacharel não pode mais ser nem Advogado, nem Promotor e nem Juiz, o Sindicato OAB está fecha cada vez mais as portas para quem cursou 5 anos na faculdade, fez todas as provas, monografias, congressos, se endividou com o FIES.

O texto da justificação deixa bem claro que pretende diferenciar a “prática forense” da “atividade jurídica” ou seja, tem que ser advogado.

Até agora, quem ocupasse o cargo privativo de Bacharel em Direito por um período de 2 (dois) anos poderia ser Juiz ou Promotor.

O Sindicato OAB que conseguiu status de Estado paralelo e acima do próprio estado vem a muito tempo legislando em causa própria no intuito de controlar os três poderes e colocar em todos os cargos pessoas que fazem parte de sua “grei” e de uma entidade oculta que esta por trás desta organização golpista e criminosa que atua mediante tráfico de influência e grande lastro econômico.

Atualmente são cerca de 4,5 MILHÕES de Bachareis em Direito que após passarem por todas as etapas exigidas por Lei estão impedidos de exercer seu sagrado direito ao trabalho, que foi negado mediante interpretação deletéria da Constituição pelo ministro Marco Aurélio e referendado pelo resto da corte.

A regra diz que a Constituição deve ser interpretada em proporcionalidade ao conhecimento do homem médio, ou seja, de nível médio de conhecimento. Contudo qualquer pessoa que leia a Carta Magna observará que a mesma foi violentamente expropriada por um grupo que objetiva fins próprios. A maior prova disto é o desastre social que esta entidade tem causado a sociedade – violação tácita do BEM COMUM.

Embora as autoridades não tenha se dado conta o Sindicato OAB tornou-se questão de Segurança Nacional, eis que seus fins e a quem servem são obscuros e tem causado grandes prejuízos a nação embora algumas vezes façam alguma obra boa para ofuscar seus verdadeiros desígnios.

Veja no link abaixo a proposta de emenda constitucional.

PEC 25_2011

Esse post foi publicado em EXAME DE ORDEM e marcado . Guardar link permanente.

10 respostas para Projeto do Sindicato OAB – PEC 25/11 exige 5 anos de advocacia para ser Juiz e Promotor. #FimDaReservaDeMercadoDaOAB

  1. NOEL FRANCISCO DA SILVA disse:

    QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL!
    PORQUE, SE DEPENDER DE NOSSOS POLITICOS, NÃO FICA DIFÍCIL, ESTÁ IMPOSSÍVEL, NÃO EXISTE INTERESSE ALGUM NA RESOLUÇÃO DESSE CRUCIAL PROBLEMA. SÓ DEUS NA CAUSA.

  2. Eduardo Valfrido da Rocha disse:

    Não sou juiz nem faço parte do Ministério público. Por opção, sou advogado e professor. A carreira da magistratura ou do ministério público, alem de conhecimento jurídico, precisa de vocação. A experiencia se faz necessário, assim, concordo plenamente de um tempo mínimo de atuação como advogado, para ingressar na carreira. Quanto a prova da OAB, os contra, são simplesmente os que não tem conhecimento necessário para aprovação.

  3. Elço F. dos Santos disse:

    Se o STF fosse um tribunal sério, teríamos, mais justiça, mas trata-se de um tribunal político, essa afirmação tem como base na indicação do sr. Barroso, que foi amigo da corte contra os bacharéis, que ele ajudou formar, lógico o comando foi da OAB. Mas o STF só disse ser o exame constitucional, em nenhum momento falou no principio da isonomia, isso ainda pode´ser questionado,

  4. sandra disse:

    Glórias ao nosso bom Deus, Fabio trad, não mais faz parte do congresso e muito em breve nem um deles fará, porque não voltam para a terra deles da onde nunca deveriam ter saído, turco morando se alimentando do Brasil, e prejudicando brasileiros, é mesmo o fim do mundo, ou os brasileiros que são muito mole, não existe governo neste País esse povo tem que ir para a PQP.

  5. Priscila. disse:

    Povo, um conselho: Vão estudar. O imperador Cunha, levou uma lapada ontem. Não terá força para derrubar o fim dessa Prova. A OAB é fortissíma. Fora que vocês são pouco inteligentes.

  6. FRANCISCO CARLOS ANONI disse:

    FALTA O QUE PARA  O  PL 2154/11 E TANTOS OUTROS APENSADOS A ESSE , PARA ACABAR COM O TAL “EXAME” , COM O DEPUTADO EDUARDO CUNHA NA PRESIDÊNCIA,  SEREM  APRESENTADOS E OU TEREM PEDIDOS PARA ENTRAREM NA PAUTA DE VOTAÇÃO ? FALTA O QUE ?

  7. charles disse:

    Vale lembrar que a tentativa do Jair Bolsonaro caiu por terra

  8. charles disse:

    Enquanto as brigas pelo poder continua nos movimentos dos bacharéis a OAB vai colocando a sua cartilha em pratica, e o senhor deputado Eduardo Cunha até o momento não fez nada, diante desta situação só nos resta estudar até não sei quando para passar no exame de ordem

  9. NOEL FRANCISCO DA SILVA disse:

    Do jeito que estão as coisas, é a melhor saída, é deixar definitivamente que a OAB comande, como vem comandando, numa espécie de monarquia, temos milhares de parlamentares, estaduais e federais, chefes de executivo diversos, poderes diversos, entretanto, quem manda e da ordens e decide é a OAB, o que é lamentável. Deveriam as autoridades, no mínimo, vir a público e explicar tal situação ao povo, pois, por este foram eleitos, Não se votou na OAB para governar o País, nem para legislar no País, logo, não se justifica esse poder a eles atribuído, numa espécie de Super Primeiro Ministério, com poderes absolutos e o resto, figuras decorativas. A OAB, desafia as autoridades, naturalmente, pois observa-se que são seus subordinados de fato, por isso nada mais justo do que serem desafiados, provocados e testados pelos chefes. QUE DEUS AJUDE O POVO, PRINCIPALMENTE OS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL.

  10. João disse:

    Há quem diga que futuramente a OAB vai assumir o Pântano em definitivo. Uma grande parte do Congresso já é comandado por eles. É o famoso Poder Moderador, na época, exercido pelo Imperador. Era ele quem dava a última palavra. Eles fazem às próprias leis, nem a Constituição está acima deles. Todos os brasileiros tem que respeitar a Carta , exceto os dirigentes da OAB. Acima deles só tem Deus, no Brasil são eles, sem nenhuma dúvida. Até para ingressar no Judiciário e no MP , eles estão, dizendo quem pode e quem não pode ser Juiz ou Promotor. Eles são cara-de-pau.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s