Por que o Brasil parou? PIB 0,1. Mega construtoras, exame de ordem, corrupção. #FIMdaCORRUPÇÃO #FimDaReservaDeMercadoDaOAB


Até antes das eleições vimos o governo (União, Estados e Municípios) sabotando as empresas.

O excesso de burocracia, a corrupção para fazer os papeis andarem, a preferência pelas megaempresas que financiam as campanhas do governo, o tráfico de influência e corrupção para os empresários receberem o que é de direito, enfim.

De um lado as megaempresas que financiavam o governo trabalhavam com capital que não tinham. Conseguiam financiamentos para realizar as grandes obras, com todas as facilidades burocráticas e de liquidez que os carteis garantiam.

Então, no caso da construção civil, contratavam-se cinco mil casas. A Caixa Econômica liberava os financiamentos, inclusive eram liberados valores do BNDES a juros baixíssimos. E mesmo antes da obra terminar tudo estava vendido, sorteado. Havia pressão para liberação dos recursos para que cada um recebesse o seu.

Do outro lado, centenas de micro empresas faziam pequenas obras, poucas casas, De uma a Dez digamos. Investiam seu suado capital. As Prefeituras demoram de três a seis meses para liberar a planta.

Se pagar ainda entra na fila de espera dos que pagaram.

Para ligar a agua para fazer uma obra tem que pagar propina, ou pega do vizinho, mas ai o fiscal vem e quer receber do mesmo modo.

Depois vem a mordida do CREAA. Também querem o seu, e quem não tem o mínimo conhecimento das leis pagam a propina para poder trabalhar.

Tem a demora da secretaria do Meio Ambiente para liberar o início de uma casa com os mesmos rigores da instalação de uma usina hidrelétrica. Procuram pelo na cabeça do careca.

No meio da obra a secretaria do meio ambiente encrespa com o banheiro dos peões e a obra para. Mas a obra foi construída em uma APA que foi loteada por um político influente e isto ninguém vê.

Com todos os problemas;  governo, insumos, mão de obra a obra demora 6 a 8 meses.

Agora temos que regularizar a obra.

Se pagar o habite-se sai mais rápido e o dinheiro da venda também.

Do habite-se vem o pagamento de alguns tributos, regularização em cartório. Tudo demora em torno de uns três meses.

Paga-se propina para ligação de agua e de luz. Caso contrário pode-se demorar meses ou mesmo ter o projeto reprovado.

Agora vem a Caixa.

Avaliação: Tem engenheiro que reprova por quase nada e exigem absurdos, outros querem dinheiro, outros subavaliam o imóvel.

E aquela obra, como foi aprovada? como aquilo passou e tão rápido? E a minha que está tudo certo foi reprovada?

Mas dizem… que tem esquema na caixa e que se você não tiver o “contato” as coisas não andam. Então se você tiver sorte encontrara um corretor que saiba dos contatos e fazer o que for preciso.

Mas dizem que a Caixa tem prazos para fazer as etapas!!!

Então, vem a enrolação da documentação pinga-pinga.

Falta isto… Demora tantos dias para conseguir.

Falta aquilo… Demora tantos dias para conseguir.

Falta aquele outro… Demora tantos dias para conseguir.

Sabe aquela certidão? VENCEU!!!

O cliente é reprovado e agora o construtor tem que procurar outro cliente e começar tudo de novo.

Depois tem o pagamento dos tributos, cerca de 7%.

Mas a Dilma disse que é 1%.

Sim ela disse a verdade, só não explicou que somente compensa para as grandes construtoras utilizar o sistema que paga somente 1% de imposto. Sendo o sistema inviável, inexequível para as pequenas empresas.

Em um trabalho honesto, casa com fundação, colunas, instalações adequadas, o lucro de uma obra varia de 18% a 28%.

Então considerando que se tudo correr razoavelmente bem a demora para receber é de 18 meses, e para não dizer que somos pessimistas vamos utilizar os 28%; temos que:

28% / 18 = 1,56 % ao mês.

Se for poucas unidades, o pedreiro ganhará mais que o construtor, duvida? Tem pedreiro que tira mais de R$ 6.000,00 em menos de um mês de serviços, limpinho, limpinho.

Um apartamento do minha casa minha vida custa algo em torno de R$ 100.000,00 (cem mil reais).

R$ 100.000,00 * 28% = R$ 28.000,00

R$28.000,00 / 18 meses = R$ 1555,55

Estou jogando o lucro lá em cima.

O pedreiro ganha 4 vezes mais que o construtor e quando chega em casa está apenas com o corpo cansado. Não fica doente com a montoeira de problemas do dono da obra.

Então, se pegarmos o dinheiro e encontrarmos um investimento uma aplicação razoável, chega-se próximo deste índice sem ter que se aborrecer com empregados, fornecedores de má índole, servidores corruptos, Estado que sabota quem trabalha, humilhação de agentes financeiros.

A verdade é que neste Pais só tem se dado bem quem é desonesto, inescrupuloso, sem caráter.

O incentivo aqui não é para o trabalho, para o estudo, mas para o especulador, o vagabundo…

Abro aqui uma brecha para lembrar que 4 MILHÕES de cidadãos que cursaram a faculdade de Direito não podem trabalhar por que o STF suprimiu a vedação ao retrocesso da Carta Magna e retirou destes milhões de famílias o sagrado Direito ao Trabalho.

Se você trabalha não tem direito a receber o fruto de seu trabalho que se vê diluído na corrupção.

Se você estuda não pode trabalhar por que o Estado lhe tirou este direito para dar guarida aos ligados a uma agremiação secreta.

Os cargos do governo têm sido basicamente políticos e não técnicos. A meritocracia é mera propaganda.

Os cargos de confiança, de livre nomeação só tem servido para colocação de cumplices da corrupção, que dependem totalmente de quem os colocou ali.

A indicação para cargos tem um preço e quem paga é o cidadão.

Mas voltando ao item anterior, vemos que as grandes empresas não investem seu capital e como o Governo não tem dinheiro elas não trabalham.

De outro lado os pequenos ou desapareceram, foram sufocados ou estão receosos de investir o pouco que tem e dar-se de frente com os bandidos do Estado.

Agora é hora do Governo chamar suas megaempresas para salvar o Pais, já que destruíram os pequenos…

Esse post foi publicado em EXAME DE ORDEM, Fim da corrupção e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Por que o Brasil parou? PIB 0,1. Mega construtoras, exame de ordem, corrupção. #FIMdaCORRUPÇÃO #FimDaReservaDeMercadoDaOAB

  1. José disse:

    Na cidade de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul, onde ocorreu a tragédia da boate Kiss. A referida cidade volta a ser destaque nos jornais pelos seguintes fatos: quadrilhas de funcionários públicos e de Advogados fraudavam licitações contra o governo, para aquisição de remédios. Até a presente data eles tinham lesado o governo no entorno de cinco milhões de reais. Estes Advogados quadrilheiros são os que protegem o patrimônio e a liberdade da população, segundo o Presidente da OAB. E não é só isso, tem várias quadrilhas sendo investigadas, tais como, as dos precatórios, das próteses e etc. Em todas elas os Advogados estão inseridos no meio da bandidagem, com a linda carteira vermelha da OAB.

  2. antoniocaser disse:

    A ala política do Brasil está virando covil de bandidos e ladrões, parece que estão todos corrompidos, quero ver onde isso vai dar, podem ter certeza, isso tem um fim, uma hora dessas a “BOMBA” estoura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s