Os mudras e a comunicação com outros seres


Há algum tempo meu corpo começou a fazer alguns movimentos/sinais involuntários que não faziam sentido. A princípio achei que fosse algum tipo de tique. Posteriormente percebi que tratavam de sinais que já tinha visto antes, mas que estavam um pouco alterados, o que me causou preocupação.

A preocupação surgiu mais de um conceito intelectual do que algum sentimento negativo que botasse daquele episódio.

Então minha esposa começou a questionar que movimentos/sinais eram aqueles. Respondi que eram outros Seres que estavam me cumprimentando.

Sim, com o tempo tomei ciência de que meu corpo estava respondendo de forma autônoma aos meus comandos a um diálogo.

Após algum tempo de forma intuitiva, me dei conta, que estava espelhando os movimentos feitos por aquelas Entidades.

Isso mesmo, como se estivesse diante de um espelho e do outro lado repetia exatamente os mesmos movimentos, de modo que quando os reproduzia, neste plano os sinais pareciam estar invertidos.

Um, recorrente, em especial parecia com o sinal satanista muito utilizado em que se levantam os dedos indicador e mínimo, com o polegar segurando o médio e anular, formando uma estrela de cinco pontas invertida.

Contudo ao observar mais atentamente o sinal percebi que o polegar estava para cima formando um pentagrama positivo.

Era a mudra “Eu te amo”

Mudra eu te amo

Aos poucos outros sinais foram aparecendo. E as entidades de alguma forma, acrescida da minha intuição, tratavam de me dar o significado.

Os dedos se encontravam, batiam uns nos outros de uma mão a outra.

Passei a entender que cada dedo representava um elemento da natureza, assim, o indicador (mais ativo) representa o elemento fogo, o médio (que pretende alcançar as alturas) o elemento ar, o anular (que puxa o anel de ouro) elemento terra, o mindinho que tem que ser tão flexível para encontrar-se com o polegar representa o elemento água; e por fim o quinto elemento o Espírito, representado pelo polegar.

O incrível é que mesmo sem ler nada a respeito me foi mostrado que os elementos que as mãos indicavam estavam ainda distribuídos em positivo e negativo, ativo e passivo.

Os dedos se tocavam quando alguma coisa estava acontecendo a volta que representava seu diálogo.

Assim passei a observar os acontecimentos e sua relação com os toques entre si.

Trata-se de relacionamentos como na leitura de um baralho, búzios, ou qualquer outro oráculo, acrescido da intuição. Um oráculo que pode ser levado para onde quer que se vá. Ou que te acompanhe a qualquer lugar…

Assim, a exemplo, temos ocorrências como estas:

Fogo ativo sobre o ar passivo;

Fogo ativo em conjunção com ar passivo;

Espírito sobre a água

Espírito positivo sobre a água positiva – este é difícil…

Espírito positivo sobre terra negativo;

Etc…

Não me pareceu justo que guardasse está “nova” forma de comunicação só para min, e me pareceu também que as entidades ficaram contentes com a intenção de divulga-as, e assim estou fazendo.

Cumpre aqui esclarecer aos interessados o seguinte:

1) As ciências arquétipos  “lato sensu”, faculdades, pertencem a todos, não sendo exclusividade de qualquer entidade, pessoa, enfim, em especial as que tratam de trancar os conhecimentos a sete chaves para poder utiliza-las de forma egoística.

Ocorre que são inerentes a natureza humana. A chispa divina que está dentro de cada ser humano carrega a síntese e a comunicação com todo o universo – “dom de dei”.

2)  O conhecimento de si mesmo “nosce te ipsun”, não se resume apenas ao conhecimento dos nossos defeitos, mas também de como nosso corpo, mente,  sentimentos, vontade está em sintonia e reage com o universo.

Esse post foi publicado em Filosofia. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Os mudras e a comunicação com outros seres

  1. charles disse:

    oque isto tem haver com a luta contra o exame de ordem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s