Carência de demanda obriga advogada a se prostituir. #FimDaReservaDeMercadoDaOAB


ADVOGADA DECIDE VIRAR ACOMPANHANTE DE LUXO EM CIDADE DO INTEIROR DE SÃO PAULO

Segundo os  conhecidos, a mulher é uma excelente profissional e trata seus clientes e processos com todo o zelo e seriedade necessários à boa prestação dos serviços na advocacia.

Questionadas, as pessoas disseram ainda, que não sentem ciúmes de seus esposos quando estes procuram o escritório da advogada.

A moradora Manoela Pedrosa, de 47 anos, afirma: “Meu marido é empresário do ramo madeireiro e devido às inúmeras licenças ambientais necessárias para a extração da madeira ele se tornou cliente do escritório da Doutora P.X.M. e nunca houve qualquer problema”.

imagem ilustrativa

Procurada a advogada, que preferiu que seu nome fosse mantido em segredo, informou que passou no Exame de Ordem antes de terminar o curso de Direito, no nono período, e que a renda exclusiva do escritório não é suficiente para custear suas despesas. Esclareceu, ainda, que possui dois números de telefones um para os clientes do escritório e outro para os clientes da noite.

P.X.M. relatou que enfrentou dificuldades, pois quando os outros advogados da cidade descobriram sua segunda profissão procuraram a Ordem dos Advogados do Brasil e representaram-na, mas o pleno da OAB manifestou-se pela improcedência do pedido.

Emocionada P.M.X. falou: “todo esse constrangimento não seria necessário se os advogados recém-formados fossem reconhecidos e melhor remunerados. Nós, que saímos com pouca idade da faculdade, embora tenhamos pouca experiência prática temos muito mais conhecimento teórico que os advogados mais velhos. Ai eu imagino: se está ruim pra mim que sou advogada pensa para os bacharéis”.

Procurada, a Ordem dos Advogados do Brasil não quis se manifestar sobre o assunto.

Fonte: naoentendodireito.com

Esse post foi publicado em EXAME DE ORDEM e marcado . Guardar link permanente.

3 respostas para Carência de demanda obriga advogada a se prostituir. #FimDaReservaDeMercadoDaOAB

  1. JOÃO BOSCO disse:

    Que tremenda desmoralização! Até uma rapariga está acima dos jumentos da OBB (ORDEM dos BACHAREIS BURROS) e do MNBD (MOVIMENTO NACIONAL de BACHAREIS DESAVERGONHADOS). Uma prostituta conseguiu fazer o que essa cambada de analfabetos jamais fará: passar no exame da OAB. O tempo passa… e os analfabetos que não passam no exame de ordem vão ficando cada dia mais humilhados. Que vexame. Estar intelectualmente abaixo de uma prostituta é um vexame incomensurável. Esses analfabetos deviam ter se formado em BUTECOLOGIA! kkkkkk

  2. Tiago Leme Meneghin disse:

    Mais uma humilhação para os analfabetos da OBB (ORDEM dos BACHAREIS BURROS) e do MNBD (MOVIMENTO NACIONAL de BACHAREIS DESAVERGONHADOS): uma “puta” foi capaz de passar no exame de ordem, enquanto isso, os analfabetos da OBB e do MNBD continuam chorando, esperneando e resmungando Brasil afora.
    Que humilhação para esses analfabetos. Até uma “puta” está acima desses coitados. Um lavador de carros logrou êxito no exame da OAB; agora, vê-se que até uma “puta” está acima dos analfabetos da OBB e do MNBD. E está mesmo, falo literalmente. Ela pode ser “puta”, “biscate”, garota de programa, prostituta, rapariga etc. Podem chamá-la de mil e um nomes pejorativos, mas uma coisa é certa: ELA ESTÁ ACIMA DOS ANALFABETOS DA OBB E DO MNBD. Ela, ainda que passe necessidade, é doutora, coisa que os burraldos da OBB e do MNBD jamais serão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s