Vídeo: Joaquim Barbosa: A REPÚBLICA não pertence a “GREI” do sindicato da OAB #CPIdaOAB


Creio que tudo o que precisava ser dito, o foi.

Acrescento apenas que o poço é mais profundo do que os olhos podem ver.

Esse post foi publicado em Direito e justiça, EXAME DE ORDEM e marcado . Guardar link permanente.

19 respostas para Vídeo: Joaquim Barbosa: A REPÚBLICA não pertence a “GREI” do sindicato da OAB #CPIdaOAB

  1. CARLOS ALBERTO NANNI Nanni disse:

    Caro amigo

    Conhecendo a sua disposição para agir corretamente em defesa da sociedade, passo esses dados a voce para que possa tomar providencias que desejar.

    Essa prática provém de um DECRETO assinado pelo ALKIMIM… em janeiro de 2014, que contraria totalmente a disposição de lei que garante a gratuidade, CONFUNDIDO O QUE O ESTATUTO DO IDOSO TRAZ EM SEU TEXTO, fazendo confusão entre Transporte Coletivo INTERMUNICIPAL com INTERESTADUAL, dando regras absurdas para o idoso cumprir, inviabilizando assim o seu direito constitucional. Grato pela atençao

  2. PEDRO SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

    Senhores Deputados, Senadores e todos aqueles que puderem apoiar nossa luta justa e equilibrada: Façam algunha coisa em prol dos Bacharéis em Direito que já cumpriram sua obrigação, sentando num banco de faculdade durante cinco anos para formar.

    Não tem fundamento jurídico que absorva aplicação de um novo exame, o qual é aplicado pela OAB/FGV três vezes por ano, que reprova em massa mais de 85%(oitenta e cinco por cento), os que se inscrevem, cuja absurda exigência, é para impedir que o formado em Direito possa trabalhar com dignidade, exercendo a Advocacia.

    Enfim Senhores Deputados e Senadores, apóiem, votem no “Projeto de Lei de Gratuidade do exame”, por ter a finalidade de Justiça Social. Enfim, já que o exame continue existindo, que a OAB possa arcar com estes custos desnecessários.

    Não tem cabimento formar e o diploma não ter validade para exercer a Advocacia, já que o instrumento de colação de grau, foi aprovado pelo MEC(Governo Federal/Estado). Todos sabem que a OAB só aplica este exame porque é pago, por sinal uma das maiores taxas que se tem visto. Ressalta-se, que nunca houve por parte da OAB, investimento na classe dos advogados e nem tampouco dos bacharéis em direito, ou seja os valores arrecadados não tem nenhum investimento na área social e nem tampouco na área educacional(profissional). Ressaltamos que os valores arrecadados anuais pela OAB com aplicação de exame, já ultrapassam a mais de cem milhões de reais, sem prestarem contas ao TCU e a ninguém. Outrossim, quanto o Governo Federal deixa de arrecadar de impostos sobre a referida arrecadação de forma milionária, pois a OAB é privada quando seu interesse e de cunho privado, mas é pública, quando seu interesse é de cunho público.

    Acorda Deputados e Senadores, somos mais de cinco milhões de bacharéis em direito que clamam por justiça e direito de exercer a profissão com dignidade!

    Além de outros vícios e da inconstitucionalidade detectada na aplicação do exame da OAB, ao aplicar o exame somente para os Bacharéis em Direito, fere de forma cristalina o “Princípio de Isonomia”, pois perguntamos: “Porque somente o exame é aplicado aos formados em Direito(Bacharéis em Direito) e não é aplicado para os formados em medicina, engenharia, arquitetura, psicologia, agronomia, psiquiatria, terapeuta, fisioterapia, entre outros?

    João Batista Suave
    Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis em Direito
    Sede: Vitória-ES

    José Silo da Silva
    Presidente Estadual de Minas Gerais da Marcha dos Bacharéis em Direito
    Sede: Capital, Belo Horizonte – MG

    Pedro dos Santos Cardoso de Freitas
    Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis
    Em Direito de São Paulo
    Sede: São Bernardo do Campo – SP

  3. JOÃO BATISTA SUAVE disse:

    Não tem cabimento formar e o diploma não ter validade para exercer a Advocacia. Todos sabem que a OAB só aplica este exame porque é pago, por sinal a maior taxa que se tem visto. Ressalta-se que nunca houve investimento na classe dos advogados e nem tampouco dos bacharéis em direito, ou seja os valores arrecadados não tem nenhum investimento na área social. Acorda Deputados e Senadores, somos mais de cinco milhões de bacharéis em direito que clamam por justiça e direito de exercer a profissão com dignidade!

  4. MÁRCIO MOURA disse:

    Senhores, a tragedia em Belo Horizonte com a queda de um viaduto que ainda estava em construção, o que vitimou (02) duas pessoas e deixou (22) vinte e duas outras feridas, o que lamentamos pelas perdas, reflete bem o que tenho perguntado (como outros também), o motivo de cursos como Bacharel em Ciências Médicas, Engenheiro Civil, Engº Eletricista, Psiquiatria e outros não passarem por um exame para o exercício da profissão. Ora, se cursos que trabalham diretamente com a vida das pessoas e não passam por um crivo de um exame, qual o motivo de Bacharel em Direito ser obrigado a tal exame e se não for aprovado não poder exercer a sua profissão, profissão essa outorgada pelo MEC a quem compete a lavratura do diploma? Justificar que o exame é para “qualificar” ou dar “segurança jurídica”, me parece realmente um escarnio a uma única categoria de profissionais no Brasil. A pergunta que se faz é: Se o argumento é para segurança para as pessoas que o exame qualifica, como o Min. Marco Aurélio Mello diz que é para ter “pedigree”, quem dará segurança aqueles que passam pelas mãos de Médicos, Engº Civil, Psiquiatria, Odontologia e outras profissões que esses sim trabalham com a vida humana como dito e quando se erra (mata) NÃO se emenda a inicial??? Essa tragedia do viaduto de Belo Horizonte, reflete bem a incompetência de profissionais da área de Engenharia Civil e dos fiscais da Prefeitura (que são Engº Civis), o que repito, é triste para as famílias envolvidas na tragedia com os seus entes queridos, mas também chama a atenção para o descaso do Governo Federal (MEC), Congresso Nacional, STF que se dizem “guardiões” da Constituição vigente e a rasgaram no RE 603.583 do colega do RS. A falta de compromisso dessas instituições no Brasil nos causa perplexidade, é como se a OAB fosse um Governo paralelo, onde não se intervem pelo Governo devidamente eleito, e que o medo das instituições supramencionadas realmente tivessem medo da OAB principalmente por ter sido a mesma junto com a ABI em 1992 como retaliação levassem o abaixo-assinados pedindo a cassação de Fenando Collor em que NÃO sancionou o pedido dessas lei 8.906/94 a qual ele dizia no seu veto que “a lei não era de interesse da população Brasileira”. Reiteradas vezes tenho dito que a manutenção desse vexatório exame, tem sido mantido pelo “marasmo” dos interessados que são os Bacharéis em Direito, pela falta de mobilização. Temos uma grande ferramenta que é a internet, as redes sociais no combate a essa “excrescência” que se intitula exame da OAB. Temos eleições em outubro, em especial para Deputados Federais a quem temos interesse direto, tenho pedido aos colegas que enviem e-mails para os Deputados do seus respectivos Estados ou por telefone nos seus escritórios nas capitais o no seu próprio gabinete em Brasilia, mas que agora é mais interessante contacta-los nos escritórios de campanha nas suas capitais como disse, por isso, mais do que nunca nos ajudem…. ajudem a vocês para “expurgar” essa “mazela” implantada no Brasil, peçam aos seus Deputados para assinarem o PL – Projeto de Lei que visa acabar com essa maldita TAXA do exame da OAB, Acabando com essa “famigerada” TAXA, nós estaríamos a um passo de acabar com esse “Estelionatário” exame. Conclamo aos colegas, para um pequeno gesto de boa vontade se mobilizarem e como já supramencionado, contactarem os parlamentares dos seus Estados de origem, por e-mail ou telefone no pedido do PL. Lutem por vocês, lutem por nós, não podemos deixar que apenas uma Entidade se mobilize pelos demais, e alguns com justificativa que é impossível derrubar esse imoral exame não se mexe. “Nada é impossível, muito depende de nós” Tantas categorias lutaram pelos seus direitos em menor número e conseguiram, por que nós com mais de (3.000) trés milhões de Bacharéis no Brasil devendo alguns até o seu FIES por não poder exercer a profissão (não podem trabalhar) não conseguiremos??? Sabemos que a classe politica no Brasil está desacreditada, o pais virou um centro de corrupção com varias denuncias contra Governo e parlamentares, mas NÃO podemos e NÃO devemos atacar ou generalizar, existem pessoas serias no mundo politico, atacar Governo e Congressistas NÃO é o caminho acertado. Vamos “massificar” até com aqueles que sabemos das suas posições “reacionárias”, mas a hora é de demonstrar a nossa insatisfação com essa discrepância desse exame que fere de morte a nossa Carta Maior e tentarmos antes das eleições, colocarmos o PL – Projeto de Lei que visa acabar com essa TAXA com finalidade apenas “Arrecadatória” para os cofres da OAB,FGV, Donos de Cursinhos, Professores, Livrarias etc sem prestar contas a nenhum órgão de fiscalização do Governo Federal. Se mobilizem e lutem por você, lute por vocês, lutem por todos. Dizer que é difícil, abre uma brecha que NÃO é impossível!!! “Não vamos nos apequenar e nem nos dispersar”. Abs. a todos.

    • MARTA VIRGINIA disse:

      Quero parabenizar o Sr. Márcio Moura pela sua lucidez do seu comentário. Não sou da área de direito, mas tenho acompanhado a luta dos operadores do direito contra essa arbitrariedade que se faz com uma unica categoria de profissionais.O comentário reflete bem o que se deve FAZER e o que NÃO é aconselhável. O número de profissionais sem poder exercer a sua profissão tolhido por um exame imposto por uma Entidade que não é Governamental é vergonhoso, como também se percebe uma certa ausência de determinação por aqueles maiores prejudicados que são os próprios Bachareis em Direito. Sinceramente, não vejo manifestações nos meios acadêmicos e muito pouco nas redes sociais contra um exame que sabemos que tem como finalidade apenas o enriquecimento da Entidade que executa e daquela que determina e outros mais. Para isso, se faz necessário um maior empenho pelos senhores Bacharéis para que se possa modificar o real estado em que se encontra, e que numa UNIÃO maior, se possa aniquilar com tal exame. Sorte a todos.

  5. A “GREI” DE JOAQUIM BARBOSA

    Ao expulsar o advogado Pacheco a força do STF, advogado este que estava em defesa de José Genoíno, o “Batman” do Supremo mostrou, de uma maneira quase explícita, a que “grei” ele presta serviços.
    Vejamos o significado da palavra “grei”: Nação, povo, clã, descendência.
    Quando se dirigiu enfurecido, em mais um de seus espetáculos midiáticos no STF, o presidente Joaquim Barbosa se traiu pela palavra. Vejamos, quando disse a frase ao advogado: “Quem está abusando de autoridade é Vossa Excelência. A República não pertence a Vossa Excelência e nem à sua grei.”

    Duas reflexões são possíveis dessa “pérola” do Ministro Barbosa. A primeira, é que nunca o advogado Pacheco nunca poderia estar cometendo abuso de autoridade, visto que a autoridade no caso é o próprio. Segundo, e não menos importante, a que “grei” será que o Pacheco pertence, e a que “grei” pertence Barbosa e as benesses do STF.
    Pacheco pertence à “grei” dos advogados, à “grei” do PT? A “grei” dos que lutam por justiça? Ou a “grei” a que pertence parte das elites brasileiras a que ele, Joaquim Barbosa, tanto se identifica!
    O advogado de Genoíno estava no STF, trabalhando em defesa de seu cliente, cumprindo com suas funções de defensor de um acusado e agora condenado, que está passando por problemas cardíacos. Tendo também em vista que toda dúvida, segundo a legislação judiciária brasileira, deva ser convertida em benefício ao réu, e, ainda sabendo-se que nenhum laudo médico é tão dono da verdade, que não possa em alguns minutos, horas ou dias, acontecer algo além da vontade dos mesmos (vide pessoas com boa saúde que se acometem de morte repentina), eu diria que no mínimo, Barbosa está botando sua carreira e reputação em alto risco.
    Será que o Ministro Barbosa está a serviço da “grei” da oposição? Se for verdade isto, o mesmo estará incorrendo em um grave erro em sua carreira, visto que qualquer cidadão que se depare com um STF, queira que seja feita justiça, e tenha a grande oportunidade de ser ouvido e julgado com isenção, fato que a olhos vistos não é o forte do algoz da AP 470, mais conhecida como Mensalão.
    Por fim, quem se dirige ao STF, última instância para um réu brasileiro, pertence ao povo brasileiro, pertence a um país, pertence à sociedade brasileira, coisa que pelo visto, o amigo do Robin faz vistas grossas ou desconhece.
    Faltou ao Ministro Chefe do Supremo o esclarecimento de que “grei” o STF está julgando em suas sessões.

  6. José disse:

    Na realidade os políticos só vão postergando até se reelegerem , este é o papel deles. Uns não conseguirão a reeleição, porque não fizeram nada em prol da sociedade. Tiveram no mínimo 4 (quatro ) e nada fizeram. A OAB é o 4° poder, nem o Presidente do STF aguentou a pressão e vai se aposentar. Eles atacam de todas as maneiras, inclusive com ofensas pessoais. Olhando por uma outra ótica foi bom isto ter acontecido, foram eles que criaram estes monstros, mal educados, que não tem respeito por nada. Dentro dos prédios da justiça lá está a OAB e sua arrogância, a OAB e sua tirania. A maioria dos transeuntes já desviam o itinerário , parece uma doença contagiosa. A onde está a OAB está a discórdia! São denúncias de vendas de carteiras, de manipulações de provas e etc, O certo é que , lá está a imaculada OAB. Ela nunca comete erros, ou qualquer outra infração.

  7. MÁRCIO MOURA disse:

    Senhores, o colega Reynaldo Arantes do MNBD – Movimento Nacional dos Bacharéis em Direito, tem colhido diversas assinaturas de parlamentares em Brasilia para o PL – Projeto de Lei que tem como finalidade EXTINGUIR com a estelionatária taxa do exame da OAB. Visto que, estamos quase em um recesso do Congresso, seria necessário cada um de NÓS, nos seus Estados de origem, procurar os escritórios de campanha de cada Deputado Federal, e pedir para os mesmos assinarem o PL. Para “dizimar” com essa vergonhosa taxa cobrada pela OAB. Está faltando apenas um pouco de empenho nosso. Repito, procurem os deputados dos seus Estados, afinal é tempo de campanha e eles precisam de votos. Peçam para aquele que você tiver oportunidade, para assinar o PL – Projeto de Lei. Como diz Ivan Lins: “Depende de nós”. Mais informações, entrem na pagina do MNBD – Movimento Nacional dos Bachareis em Direito onde a entidade enviou um oficio, pedindo uma posição do Senador Aécio Neves com relação a “possíveis” declarações sobre o exame da OAB. Abs. a todos.

  8. José disse:

    Segundo algumas informações colhida no meio, a OAB tem por objetivo de manter a média de reprovações no entorno de 100 (cem mil), candidatos a cada exame. Este é a meta deles, com isso, irão manter à indústria dos livros, cursinhos e etc. O mais cruel de tudo isso é que a Justiça, o MPF, o Congresso, a Presidente não enxergam esses mafiosos imundos extorquindo dinheiro dos bacharéis , que nem se quer podem trabalhar. A onde estão os Direitos Humanos, que se calam diante da OAB! Nem o próprio Presidente do STF aguentou a pressão desses bandidos.

  9. José disse:

    Sem nenhuma dúvida o STF vai ficar mais fragilizado com a saída do Ministro Barbosa , perante a OAB. O certo é que a OAB mete medo nos três Poderes. Foram os Poderes que criaram e alimentam estes monstros, por isso, torna-se difícil dar um basta. Quando uma praga invadem uma lavoura, tem que ser atacada com veneno por todos os lados, inclusive, por via aérea. Tudo que é nocivo para humanidade tem que ser combatido, independente da repercussão e das consequências . O primeiro passo é o MEC cumprir o seu papel, o Governo e o Congresso deixarem de ser omissos. O STF por sua vez, também tem que fazer a sua parte que não o fez, no julgamento do RE, do RS.

  10. romulomacapa disse:

    so quero ver quando e q isso vai acabar no que eu me lembro o próprio joaquim barbosa disse q o exama da OAB era constitucional agora q a ordem lhe ofende fica contra JOAQUIM TOME UMA ATITUDE DECLARE A INCONSTITUCIONALIDADE DESTA NEFASTA PROVA

  11. O DIREITO É UM CONTO DE FADAS, CONTADA POR PINÓQUIOS. disse:

    ESTE LIXO ATUAL, REPITO ATUAL, É UM PERIGO PARA A VERDADEIRA DEMOCRACIA NACIONAL … E QUEREM ACABAR AGORA COM A REPUTAÇÃO DE UM HOMEM DE BEM DA NAÇÃO.

    INFELIZMENTE O STF DEU MUITA TRELA A ESTE SINDICATO DE TERROR DO PAIS. AGORA O STF COME NÃO DELES.

    APESAR QUE, SE NÃO FOR ASSIM OS VELHINHOS NÃO VÃO RECEBER A CARTEIRINHA ROSADA PARA CONTINUAR TRABALHANDO.

    POSSIVELMENTE AGORA, V.XA IRA PARA AQUELE LIVRO DA CAPA PRETA DAS PESSOAS NÃO GRATA A ORDEM DO OBA-OBA.

    ASSIM COMO SEUS PARENTES QUE ESTUDAM DIREITO.

    LAMENTÁVEL TODO ESTES EPISÓDIOS.

  12. CARLOS ALBERTO NANNI Nanni disse:

    PARABENS!!!… EXCELENTISSIMO!…. – Joaquim Barbosa fez tremer o TUMULO DO seu parente RUI BARBOSA… que muito honrou a advocacia… No entanto… Rui Barbosa… de lá de onde estiver, ao ouvir e assistir tamanha arrogancia, desrespeito a Suprema Corte bem como a ÉTICA de um de seus companheiros de profissão… Sem duvida também estará GRITANDO!…. PARABENS!!!… EXCELENTISSIMO PARENTE!… É ASSIM QUE SE FAZ COM GENTE DESTA NATUREZA… PARABENS!… Um grande abraço… Deus manda lembranças!… Ele me disse: Continue assim meu parente, que o POVO BRASILEIRO INTEIRINHO ESTA A SEU FAVOR….,e A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS…

    Em 13 de junho de 2014 12:02, “Inacio Vacchiano – Filósofo, jurista,

  13. PAULINO JF disse:

    DÁ ASAS PRA COBRA! A DITA “GREI”, ACHA-SE DONA DA VERDADE. ELES QUEREM O FÍGADO DO ILUSTRÍSSIMO MINISTRO JOAQUIM PENSA QUE SOCIEDADE OU PARTIDO PODE CHEGAR E MANDAR VER. O STF ABRIU ESTA BRECHA, QUANDO RECONHECEU A OAB COMO ENTIDADE COM DIREITO “ PÚBLICO” , SEM SER. SÓ SERVE PARA NÃO APRESENTAR E INFORMAR O QUE ARRECADA E POLITICAMENTE INVESTIDA DE PODERES ACIMA DO STF. EU DIRIA ATÉ DO CONGRESSO NACIONAL E DA CONSTITUIÇÃO. SÃO OS INDICÁVEIS. É UMA PENA QUE O PRÓPRIO DIGNÍSSIMO JOAQUIM NÃO TENHA TEMPO DE MOSTRAR O LUGAR DESSAS “GREIS”. E MOSTRAR QUE ELES DEVEM RESPEITO AOS BACHARÉIS E AO STF.

  14. José disse:

    Discordo que a OAB pertença a “GREI” propriamente dita. Eles pertence a outro grupo que ficam confinados chamado de “SERPENTÁRIO”, esse é o nome e local correto. Quem não estiver a favor, está contra eles, aí eles , destilam o veneno. O veneno deles é tão poderoso, que os bacharéis em direito não podem se aproximar.

  15. O DIREITO É UM CONTO DE FADAS, CONTADA POR PINÓQUIOS. disse:

    AQUELA COISA FALANTE, É A CARA DA “GREI” …

  16. marcio disse:

    Todo apoio ao Excelentíssimo Ministro Joaquim Barbosa! Ele me representa!

  17. Aguimar disse:

    Parabéns ao Ministro Joaquim Barbosa. A “GREI” é uma palavra em latim que não significa grupo e sim “manada” ou “rebanho”, bem apropriado para a orda da OAB, com as devidas ressalvas que em muitas vezes se “acha” no direito de ir atropelando todo mundo que encontra pela frente.

  18. Antonio Carlos disse:

    Parabéns, ao nosso Joaquim Barbosa. A corrupção não está acima da República.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s