OBB repudia tratamento dado pela OAB a Joaquim Barbosa. #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB


A OBB (Ordem dos Bacharéis do Brasil) repudia a atitude da diretoria do conselho federal da OAB pelos termos usados em sua nota de repúdio dirigida ao Presidente do STF, Joaquim Barbosa, que, exemplarmente, expulsou o advogado do petista José Genoino, visivelmente alterado, do plenário do STF na quarta-feira passada (11) no intuito de manter a ordem e o respeito a mais alta corte do país. No momento os ministros julgavam a mudança no tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados.

 

Mesmo não havendo eleições diretas para presidente do Conselho Federal da OAB, sua diretoria, ao afirmar que, “sequer a ditadura militar chegou tão longe no que se refere ao exercício da advocacia”, ao menos nisso ela está certa, pois nunca houve tamanha agressividade, falta de profissionalismo e de respeito cometida por advogados contra um presidente da mais alta corte brasileira e como disse o jornalista que apresenta o Jornal da Band, Ricardo Boechat, em rede nacional, “não dá pra admitir que um advogado de parte se dirija dessa maneira, nesses termos, ao Presidente do Supremo Tribunal Federal e ao plenário da mais alta corte do país, fez muito bem o ministro Joaquim Barbosa em mandar a segurança retirá-lo de lá”.

 

Segundo os dirigentes da OAB, o exame de ordem qualifica o profissional, mas pelo visto, ou eles estão errados nesse conceito, ou essa é mais uma prova que o exame de ordem é apenas um instrumento de arrecadação, pois, diante o comportamento intolerante e agressivo desse advogado e, diante aos termos da nota constrangedora e de certa forma com tom de ameaça, dada pela diretoria da OAB contra o Presidente do STF, Joaquim Barbosa, se o exame realmente qualifica o profissional, com certeza, nenhum deles o prestou, caso sim, o que é pouco provável, obviamente não houve qualificação nenhuma, visto que tais exemplos são incompatíveis com a nobre missão de advogar e de zelar pelas leis e instituições constitucionais.

É comum o presidente de qualquer organização ou entidade, inclusive a OAB, assinar um comunicado, quer seja favorável ou contrário aos interesses ou finalidade da mesma, no entanto, o que vimos nessa publicação, foi a omissão do nome do responsável pela nota, até porque, para que toda diretoria tivesse assumido tal responsabilidade haveria a necessidade da presença de todos os seus membros reunidos e com isso, tudo indica que, ou estavam todos presentes naquela sessão e ali se reuniram e decidiram, ou se reuniram no plenário da OAB com velocidade invejável diante ao tempo do ocorrido no tribunal, distância entre os membros da diretoria e a sede da OAB, e da elaboração e soltura da nota para a imprensa, onde, nesse caso, merecem os parabéns pela eficaz velocidade.

Em respeito à Suprema Corte do Brasil e ao Ministro Joaquim Barbosa, que a preside de forma exemplar.

Solidariamente

 

Willyan Johnes

Ordem dos Bacharéis do Brasil

A diretoria do Conselho Federal da OAB repudia de forma veemente a atitude do presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, que expulsou da tribuna do tribunal e pôs para fora da sessão mediante coação por segurança o advogado Luiz Fernando Pacheco, que apresentava uma questão de ordem, no limite da sua atuação profissional, nos termos da lei 8.906. O advogado é inviolável no exercício da profissão.  O presidente do STF, que jurou cumprir a Carta Federal, traiu seu compromisso ao desrespeitar o advogado na tribuna da Suprema Corte. Sequer a ditadura militar chegou tão longe no que se refere ao exercício da advocacia. A OAB Nacional estudará as diversas formas de obter a reparação por essa agressão ao Estado de direito e ao livre exercício profissional. O presidente do STF não é intocável e deve dar as devidas explicações à advocacia brasileira.

Diretoria do Conselho Federal da OAB

Brasília, 11 de junho de 2014

Fonte notícias.terra.com.br

http://noticias.band.uol.com.br/jornaldaband/videos/2014/06/11/15073526-advogado-de-genoino-bate-boca-com-barbosa.html

Esse post foi publicado em EXAME DE ORDEM, OBB e marcado , , . Guardar link permanente.

14 respostas para OBB repudia tratamento dado pela OAB a Joaquim Barbosa. #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB

  1. Tiago Leme Meneghin disse:

    A verdade é que o tratamento dado pela OAB ao Sr. Joaquim Barbosa foi legítimo e juridicamente correto. Quem esse ministro pensa que é? Joaquim Barbosa por acaso pensa que é Deus? Ao que parece, o ministro Joaquim pensa mesmo que é intocável e que pode fazer o que bem entender… mas vivemos num Estado Democrático de Direito, e esse infeliz desse ministro não pode fazer o que bem entender. Joaquim Barbosa é um homem arrogante, hipócrita e sem noção de ética e respeito. Esse ministro foi extremamente infeliz ao maltratar um advogado que estava apenas exercendo sua profissão. Se fosse um homem sensato e coerente, Barbosa jamais teria feito o que fez. O advogado, Dr. Pacheco, foi humilhado, desmoralizado e retirado à força das dependências do STF, sendo que não havia nenhuma razão para isso. Nenhum advogado merece ser humilhado por estar exercendo sua profissão. Barbosa, ao que tudo indica, se acha um monarca, um rei dotado de poderes absolutos e ilimitados, mas não é bem assim… Com a grandiosa, gloriosa, majestosa e poderosa OAB, o buraco é mais em baixo… bem mais em baixo! A OAB, corajosa e aguerrida que é, vai tomar as devidas medidas contra esse ministro covarde e tolo, que sequer mede as consequências de suas tolices. O advogado nitidamente não estava alterado, não estava embriagado nem drogado, tudo que Barbosa disse são mentiras e inverdades. Barbosa teve que se aposentar, pois mexeu com peixe grande, a saber, a OAB. Uma formiga deve saber bem a folha que morde… mas Barbosa parece ser uma formiga tola. Mordeu a folha da majestosa e imponente OAB, e por isso mesmo acabou escorraçado (leia-se aposentado) do STF. Se esse ministro infeliz tivesse mexido com um girino insignificante (por exemplo, o lixo da OBB ou o esterco do MNBD) nada teria lhe acontecido. Se ele tivesse insultado a OBB ou o MNBD, girinos microscópicos e juridicamente insignificantes, ele teria permanecido no cargo, teria continuado como ministro etc. Mas Barbosa foi bobo demais. Foi mexer justamente com a gloriosa e incomparável OAB, que é mais que um peixe grande: a OAB é, sim, uma BALEIA! E que BALEIA! Enquanto que a OBB e o MNBD são meros girinos insignificantes, a OAB é uma BALEIA AZUL, com a qual não se deve mexer, sob pena de ser engolido e digerido. Foi o que aconteceu com Barbosa. Ele teve um fim melancólico: mexeu com o colossal peixe (OAB) e acabou aposentado, escorraçado e chutado do STF. Mexa com girinos (OBB e MNBD), mas não mexa com BALEIAS (OAB). Mexa com gatinhos mimosos (OBB e MNBD), mas não mexa com o LEÃO QUE RUGE (OAB). Mexa com tetraplégicos (OBB e MNBD), mas não mexa com o VARÃO VIGOROSO (OAB). Aprendam isso bachareis “anarfas”, pois no caso de Barbosa não adianta mais aprender isso… para Barbosa já é tarde demais (aposentado, exilado em Miami e achincalhado e humilhado pela OAB).

    • ALBERTO disse:

      Rapaz,sendo assim,a OAB tá cheio de GRANDES VEADOS e ANTAS ,GRANDES BURROS E JUMENTOS,se eu fosse Bacharel em direito,não faria OAB ,pra ser idiota e prepotente como esse Tiago Leme.GRANDE IMBECIL,FILHO DE MERETRIZ.

      • Tiago Leme Meneghin disse:

        Seu idiota, você não é – e nem tem condições de ser – bacharel em direito. Percebe-se isso pela maneira como se expressa. Então, não vem com essa história de “se eu fosse Bacharel em direito”, porque você não é, e sequer tem condições de algum dia sê-lo. E também não venha com essa conversinha besta de “não faria OAB”, porque quem não faz o exame, não passa no mesmo; e quem não passa no exame de ordem, fica com o filme queimado, senão vejamos: 1) fica com fama de burro perante à sociedade; 2) fica numa situação de extrema miserabilidade; 3) vira motivo de chacota, passando, consequentemente, por uma série de situações humilhantes, desmoralizantes, constrangedoras etc; 4) pode ficar com depressão, visto que o sentimento é de muita tristeza e melancolia por não poder exercer a profissão para a qual não se preparou devidamente etc. Então, seu otário, não venha com essa conversinha de que “não faria OAB”, pois quem não presta o exame, não logra aprovação no mesmo; e, repita-se uma vez mais: quem não passa no exame de ordem, está fadado às desgraças acima mencionadas, e os bachareis sabem bem disso. Portanto, se você FOSSE bacharel, tenho certeza de que você faria, sim, o exame… e tenho mais certeza ainda de que você seria REPROVADO… seu asno.

  2. JOÃO FERREIRA DA CRUZ SANTOS disse:

    Senhores Deputados, Senadores e todos aqueles que puderem apoiar nossa luta justa e equilibrada: Façam algunha coisa em prol dos Bacharéis em Direito que já cumpriram sua obrigação, sentando num banco de faculdade durante cinco anos para formar.

    Não tem fundamento jurídico que absorva aplicação de um novo exame, o qual é aplicado pela OAB/FGV três vezes por ano, que reprova em massa mais de 85%(oitenta e cinco por cento), os que se inscrevem, cuja absurda exigência, é para impedir que o formado em Direito possa trabalhar com dignidade, exercendo a Advocacia.

    Enfim Senhores Deputados e Senadores, apóiem, votem no “Projeto de Lei de Gratuidade do exame”, por ter a finalidade de Justiça Social. Enfim, já que o exame continue existindo, que a OAB possa arcar com estes custos desnecessários.

    Não tem cabimento formar e o diploma não ter validade para exercer a Advocacia, já que o instrumento de colação de grau, foi aprovado pelo MEC(Governo Federal/Estado). Todos sabem que a OAB só aplica este exame porque é pago, por sinal uma das maiores taxas que se tem visto. Ressalta-se, que nunca houve por parte da OAB, investimento na classe dos advogados e nem tampouco dos bacharéis em direito, ou seja os valores arrecadados não tem nenhum investimento na área social e nem tampouco na área educacional(profissional). Ressaltamos que os valores arrecadados anuais pela OAB com aplicação de exame, já ultrapassam a mais de cem milhões de reais, sem prestarem contas ao TCU e a ninguém. Outrossim, quanto o Governo Federal deixa de arrecadar de impostos sobre a referida arrecadação de forma milionária, pois a OAB é privada quando seu interesse e de cunho privado, mas é pública, quando seu interesse é de cunho público.

    Acorda Deputados e Senadores, somos mais de cinco milhões de bacharéis em direito que clamam por justiça e direito de exercer a profissão com dignidade!

    Além de outros vícios e da inconstitucionalidade detectada na aplicação do exame da OAB, ao aplicar o exame somente para os Bacharéis em Direito, fere de forma cristalina o “Princípio de Isonomia”, pois perguntamos: “Porque somente o exame é aplicado aos formados em Direito(Bacharéis em Direito) e não é aplicado para os formados em medicina, engenharia, arquitetura, psicologia, agronomia, psiquiatria, terapeuta, fisioterapia, entre outros?

    João Batista Suave
    Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis em Direito
    Sede: Vitória-ES

    José Silo da Silva
    Presidente Estadual de Minas Gerais da Marcha dos Bacharéis em Direito
    Sede: Capital, Belo Horizonte – MG

    Pedro dos Santos Cardoso de Freitas
    Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis
    Em Direito de São Paulo
    Sede: São Bernardo do Campo – SP

  3. JOÃO BATISTA SUAVE disse:

    Não tem cabimento formar e o diploma não ter validade para exercer a Advocacia. Todos sabem que a OAB só aplica este exame porque é pago, por sinal a maior taxa que se tem visto. Ressalta-se que nunca houve investimento na classe dos advogados e nem tampouco dos bacharéis em direito, ou seja os valores arrecadados não tem nenhum investimento na área social. Acorda Deputados e Senadores, somos mais de cinco milhões de bacharéis em direito que clamam por justiça e direito de exercer a profissão com dignidade!

  4. José disse:

    O Ministro não suportou a pressão e vai sair fora. Em se tratando de PT, tem mais gente contra do que a favor do Ministro. A OAB e o PT são vingativos, portanto, atitude mais sensata é se aposentar mesmo. O ministro já colocou alguns na cadeia, estão faltando os dirigentes da OAB, que negociavam com Demóstenes Torres, e o popular Carlinhos ,como era tratado pelos seus admiradores. Como sempre a OAB é inocente, ela não percebeu que a esposa do Demóstenes recebeu a vermelhaça , antes mesmo de concluir o curso. Por que à Policia, o MPF não investigam estas safadezas da OAB? Até mesmo para verificar se não foi erro de digitação!

  5. José disse:

    Cuidado com eles, são máfias imundas , desde o tempo da ditadura, operavam em conjuntos OAB mais PT. Por isso que a Presidente , Congresso e o MEC não estão nem aí para os bacharéis. O mundo deles é outro, é o mundo da corrupção, para se manter no poder. São mafiosos bem organizados, inclusive na época da ditadura tinham até religiosos que apoiavam estes bandidos, que depois de muitos anos constataram que eles eram mais corruptos dos que estivera no poder.

  6. Qual é mesmo o papel da Oab? Será que é de ficar ao lado de advogados que estão defendendo mensaleiros e corruptos? Porque essa instituição deve dar tanto destaque aos advogados defensores destes já condenados réus ? E nos simples cidadãos, quem nos defende? E os bilhões que essa corja desviou, por que a ordem nada falou e nunca se manifestou?

  7. PEDRO SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

    OMISSÃO DO MEC E DA PRESIDENTA DILMA EM RELAÇÃO AO EXAME DA OAB O exame da OAB viola os direitos humanos, o direito ao trabalho, o direito de igualdade(isonomia), etc. PORQUÊ SOMENTE OS BACHARÉIS EM DIREITO TEM QUE REALIZAR EXAME DEPOIS DE FORMADOS, JÁ QUE OS FORMADOS EM MEDICINA, ENGENHARIA, PSICOLOGIA, PSIQUIATRIA, PSICOLOGIA, VETERINÁRIA, ODONTOLOGIA, CIÊNCIAS CONTÁBEIS, ETC. NÃO PRECISAM? Os bacharéis em direito na verdade são humilhados e discriminados pela OAB, com o aval do Estado e do MEC. O exame da OAB foi elaborado para reprovar em massa os bacharéis que se inscrevem no seu certame relâmpago, recheado de pegadinhas, de fins de arrecadação milionária, corporativista e sem fins pedagógico. Somente os bacharéis em direito, mesmo depois de formado tem que realizar o exame se quiser exercer a ADVOCACIA. Lamentavelmente o MEC sempre está omisso quando há um debate sobre o exame da OAB, isto torna o estado vulnerável a ações poderosas do corporativismo da OAB. Os nossos Deputados, Senadores e a nossa Presidenta Dilma deveriam então encontrar uma saída em caráter de urgência e abrir as portas do mercado do trabalho para os mais de milhões de Bacharéis em Direito, que estão sendo punidos por não passarem na prova da OAB; enquanto que as faculdades que os formaram não tem nenhuma punição. O MEC aprova os diplomas emitidos pelas Faculdades/Universidades e também não é punido. Enfim sobra para os Bacharéis em Direito a CRUZ PESADA e todo o sangue derramado pelo pânico de ser considerado “burro”, por não exercer a profissão porque não passam na prova da OAB. Inclusive, são motivos de risos(chacotas) da própria sociedade porque como Bacharéis, os mesmos não têm nenhum espaço no mercado de trabalho, pois em conformidade com o Estatuto da OAB, todos os atos profissionais são privativos dos “ADVOGADOS”, que possuem inscrição em sua ORDEM.
    A OAB ARRECADA MAIS DE SETENTA E CINCO MILHÕES POR ANO E NÃO PRESTA CONTAS AO TCU E A NINGUÉM. A OAB alega que seu exame é para proteger a sociedade, tamanha hipocrisia, pois quem protege a sociedade é ela mesma, quanto escolhe um profissional competente; se fosse verdade o discurso da OAB, não haveriaADVOGADOS com inscrição nos quadros da OAB, envolvidos em CORRUPÇÃO e outras atividades que não corroboram com a idoneidade profissional. A OAB diz que o diploma de bacharel em direito serve para prestar concurso, outra hipocrisia, pois qualquer diploma universitário serve para prestar concurso. Infelizmente o “diploma de bacharel em direito” para o mercado de trabalho, não serve para nada, porque com o impedimento ao acesso do mercado de trabalho, patrocinado pela própria OAB, o Bacharel é nada mesmo. Qual a profissão de quem forma em Direito, NENHUMA?
    JOÃO BATISTA SUAVE – Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis em Direito PEDRO DOS SANTOS CARDOSO DE FREITAS- Presidente Nacional dos Bacharéis em Direito Desempregados e Endividados pelo FIES OUTRAS ASSOCIAÇÕES QUE ASSINAM EM APOIO AO TEXTO ACIMA:
    JOÃO BATISTA SUAVE – PRESIDENTE NACIONAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS EM DIREITO(REGIÃO-ES) SIMONE CARDOSO SANTANA – PRESIDENTE NACIONAL DA FRENTE DAS MULHERES BACHARÉIS EM DIREITO(REGIÃO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP) LUIZ SANTANA COUTINHO – PRESIDENTE ESTADUAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL DE SÃO PAULO-SP JOSÉ SILO DA SILVA – PRESIDENTE ESTADUAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL DO RIO DE JANEIRO-RJ JURANDIR SOARES DE AGUIAR- PRESIDENTE ESTADUAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL DE MINAS GERAIS Domingos Cunha Ferreira Brodoscki – Presidente Nacional da Marcha dos Acadêmicos em Direito(REGIÃO DE SANTA CATARINA) Fernando Tristão de Albuquerque – Presidente Nacional dos Direitos Humanos dos Bacharéis em Direito(REGIÃO DA BAHIA) Arminda Pimentel de Oliveira – Presidente Nacional da Voz dos Bacharéis em Direito-(REGIÃO DO PARANÁ) Suely Braz Soares – Presidente Nacional dos Bacharéis Desempregados e Sem Mercado de Trabalho(REGIÃO DE PERNAMBUCO) Sebastião Soares Pelaz – União Nacional dos Bacharéis em Direito Pedindo indenização as Faculdades Brasileiras e ao Estado”(REGIÃO DE ALAGOAS) Silvia Pimentel da Silveira – Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis em Direito do ACRE João Cardoso da Silva – Presidente Regional da Marcha dos Bacharéis em Direito do Mato Grosso Maria de Lurdes Soares – Presidente Regional da Marcha dos Bacharéis em Direito da Paraíba Clodoaldo Simões Canedo – Presidente Regional da Marcha dos Bacharéis em Direito do DISTRITO FEDERAL Rangel Santana de Aguiar – Presidente Regional da Marcha dos Bacharéis em Direito do AMAZONAS Sebastião Aguiar Figueiredo – Presidente Regional da Marcha dos Bacharéis em Direito do PARÁ.

  8. PAULINO JF disse:

    TUDO QUE NÃO CONDIZ COM QUE A DITA ENTIDADE PENSA E MOTIVO PARA ELES MOSTRAREM AS UNHAS. ESTA ENTIDADE SÓ QUER LEVAR VANTAGENS, E O MOMENTO E DE DESMORALIZAR O MINISTRO JOAQUIM. SE EXISTE DIREITO OU NÃO QUEM DEVE DECIDIR SÃO ELES OS MINISTROS. O PEDIDO DEVE SER FEITO. NO CASO DOS BACHARÉIS O PEDIDO FOI FEITO É CONSTITUCIONAL, E A “DITA ENTIDADE” CONSEGUIU MOSTRAR QUE É O QUE NUNCA FOI, “PUBLICA” OU ALGUMAS COISA PARECIDA. E ESTAMOS ENGOLINDO ATÉ HOJE ESTE ENTENDIMENTO MEDÍOCRE.
    MESMO ASSIM, OS BACHARÉIS EM “SUA MAIORIA” DEMONSTRAM RESPEITO AO ILUSTRE MINISTRO. A FALTA DE RESPEITO DESTA ENTIDADE E O FILHOTE SÃO CLARO! O MINISTRO ESTA SAINDO ELES NÃO PRECISAM MAIS DELE “MINISTRO”. ESTÃO INCUMBIDOS DE DESMORALIZÁ-LO, SÓ PODE SER EM NOME DE ALGUM PARTIDO OU PESSOA DIRETAMENTE LIGADA ACUSA DA MÁFIA. VEM ELEIÇÃO E ESTÃO DOIDOS PARA PODER FAZER CAMPANHA E FICAR NO MEIO DO COVIL DE COBRAS E SANGUESSUGAS.

  9. O DIREITO É UM CONTO DE FADAS, CONTADA POR PINÓQUIOS. disse:

    NOBRE DOUTORES BACHARÉIS.

    SE A MAIORIA DESTES “ministros do stf”, FOSSEM MAGISTRADOS, DE VERDADE, TALVEZ ESTA BAGUNÇA PROVOCADA POR ESTES MILICIANOS, NÃO CHEGARIA AO PONTO QUE CHEGOU.

    SE NÃO ME ENGANO, AQUELES QUE ESTÃO JULGANDO NAQUELA CASA, SÃO “adevogados”, QUE NÃO FIZERAM PROVA. OU SEJA, É O PROLONGAMENTO DA DESORDEM DO OBA-OBA.

    PORTANTO, ESTA INCONSTITUCIONALIDADE, NÃO ACREDITO QUE SERA JULGADA, JAMAIS POR AQUELA CASA QUE SÓ TEM “advogados”.

    DIFICILMENTE NO CONGRESSO ISTO SERA REVERTIDO, POIS UMA GRANDE MAIORIA, – “, – DAQUELE “PANTANO ” , “DISSE O ANTIGO PRESIDENTE DAQUELA DESORDEM DO OBA-OBA”, NÃO MUDARA ESTA POSIÇÃO TAO CEDO. SE A MAIORIA NÃO TIVESSEM TELHADO DE VIDRO E O RABO PRESO DE ALGUMA FORMA.

    POIS, SE VERIFICARMOS, A BOA PARTE DO CONGRESSO 30% OU MAIS, TEM UMA CARTEIRA ROSADA DE “adevogado” SEM FAZER PROVA.

    MESMO ASSIM, EU ACREDITO EM MILAGRES E EM PAPAI NOEL.

    PARABÉNS AOS NOSSOS GRANDES H E R O I S DAS ASSOCIAÇÕES ESPALHADAS POR TODO TERRITÓRIO NACIONAL, QUE LUTAM POR ESTA GRANDE CAUSA, COM ALTAMENTE CAPACIDADE E COMPETÊNCIA DE GUERREIROS ATACANDO NOSSOS INIMIGOS.

    PARABÉNS A GRANDE ORDEM DOS BACHARÉIS DO BRASILLLLLLLLLLLLL …

    É O ENTENDIMENTO …

  10. CARLOS ALBERTO NANNI disse:

    Deveriam retomar a questão da INCONSTITUCIONALIDADE DO EXAME DE ORDEM pelo STF, e aproveitar a oportunidade para por fim a esse abuso.

  11. José disse:

    Todos merecem respeito. Só quem não estão sendo respeitados são os bacharéis. A OAB nunca teve consideração por ninguém , sempre foram arrogantes . O outro Presidente chamou o Congresso de pântano. É importante destacar que foram eles que criaram o monstro e o STF teve a oportunidade de colocar a OAB no seu devido lugar e não o fez. A OAB não tem limites, ataca, o Congresso, o STF, o Executivo, o vento, o sol, a chuva, eles são os semideus . A artilharia deles atira para todos os lados.

  12. custodioce disse:

    Parabéns ao Ministro Joaquim Barbosa pela atitude, autoridade deve ser respeitada a qualquer pretexto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s