A sociedade intelectual reage ao apedrejamento do Heroi Brasileiro Joaquim Barbosa. #FIMdaCORRUPÇÃO


Hoje pela manhã quando minha esposa recebeu a notícia da saída de Joaquim Barbosa, disse que sentia-se deprimida, como se ele tivesse morrido.

Detalhe: Minha consorte é de origem negra. Então para lhe confortar disse que, assim como Airton Sena que fez com que os Brasileiros, então contumazes perdedores, por um instante nas manhãs de domingo sentissem-se campeão em sua pessoa, assim também Barbosa deu um sentimento a mais de dignidade a cada Negro deste pais.

Mas realmente o sentimento foi de luto.

Seu temperamento, produto de sua origem modesta, foi duramente criticado por aqueles que nasceram, viveram de berços de outro e sobreviveram da exploração do próximo.

Barbosa personificou a indignação da grande massa deste pais. Ousou fazer o que outros não tiveram coragem de pensar: Enfrentou o sistema.

Mas, trata-se de um HOMEM contra muitos. As forças ocultas do poder não toleraram serem DESveladas, enfrentadas. Ousou naquilo que acreditou até o limite de suas forças.

Percebo que todos aqueles que o criticam, o fazem por terem seus interesses egoísticos ameaçados.

Fica aqui ao nosso amigo, irmão; a gratidão de um povo, de uma nação, de um PAIS…

—————————————

APENAS JOAQUIM BARBOSA

“Cordialidade é uma tática de composição das elites para perpetuar comportamentos nocivos à sociedade, não é uma característica do brasileiro.” Essa afirmação, pronunciada a propósito de um comportamento menos cordial do presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, durante o julgamento do mensalão, ecoa na minha cabeça quando se torna pública a notícia de seu afastamento voluntário.

Por outro lado, um energúmeno que transita como editor na rede social, afirma que Joaquim Barbosa “simboliza o ódio e a vingança,” e que sua saída vem em boa hora. Já essa afirmação não ecoa em minha cabeça, se despeja na sarjeta, como lixo intelectual.
O que permeia meu espirito, nesse episódio, é outra coisa: é um sentimento de tristeza, de abandono interior e de orfandade.
Nunca, é notório, o Brasil precisou tanto de personagens politicamente qualificados, e digo politicamente, porque falta essa qualificação política no Judiciário, no Legislativo e no Executivo. Em todas essas instâncias há pessoas simpáticas, intelectualmente interessantes, com experiências existenciais, mas raríssimas, politicamente qualificadas. Pouquíssimas, preparadas para mandatos e responsabilidades republicanas.
Dai a confusão nacional, o vazio descrito com genialidade no artigo de Nuno Ramos para a Folha de São Paulo e a perplexidade de todos à porta dos Estádios.
Qualificação política quer dizer preparo intelectual para discernir, coragem pessoal para agir e preparo moral para decidir.
Joaquim Barbosa é negro. E isso significa que atravessou todos os obstáculos que um negro enfrenta para cursar uma universidade, exercer uma profissão e, Deus seja louvado, tornar-se presidente do Supremo Tribunal Federal.
Joaquim Barbosa é trabalhador. Incumbido de relatar a Ação Penal 470, popularmente denominada Mensalão, demonstrou uma capacidade de trabalho e assimilação dos conteúdos processuais, que o tornou imbatível nas discussões, mesmo com opositores inteligentes e com teses radicalmente opostas às suas.
Joaquim Barbosa é independente. Escolhido por Lula e aprovado pelo Senado, não cortejou presidente nem senadores. Juiz, julgou, com consciência e sabedoria.
Sua vida (dura), sua passagem (tudo é passagem num destino heróico) e seu exemplo (raro), já o colocaram na Historia, historia que deve ser contada.

Esse post foi publicado em Direito e justiça e marcado . Guardar link permanente.

18 respostas para A sociedade intelectual reage ao apedrejamento do Heroi Brasileiro Joaquim Barbosa. #FIMdaCORRUPÇÃO

  1. Lei igual para todos disse:

    Em praticamente nada JB revolucionou o judiciário, a não ser nas ofensas pessoais aos seus pares, fruto midiático para grandes jornais teve que descansar após uma sonora aula do Sr. ministro Barroso, quando perguntado sobre a dosimetria da pena dos acusados no mensalão, feita ao arrepio da lei, que pena JB não conhecer a CF, LEP, etc etc… faltou no básico do básico este sr. Joaquim… Parabéns BARROSO pela aula de direito e de civilidade.

  2. José disse:

    Nunca devemos esquecer que quem criou a máfia da OAB foi o Itamar, que só fez porcaria no nosso País, que foi uma continuação do Collor, são todos cabra criada. Os bacharéis estão na miséria por causa destes bandidos.

  3. Sandra Vargas disse:

    eu acho que ainda saberemos o motivo real de sua saída, um dia o País vai saber, por hora parece que há algo que paira no ar em relação a isso, é quase palpável, parece que está preste a emergir, vamos saber, com certeza; neste país aqueles que deveríamos recorrer em nossa defesa, é o nos prejudica. “Brasil sem Lei”

  4. MÁRCIO MOURA disse:

    Senhores, correu um comentário (não se sabe se é verdadeiro), que o Senador Aécio Neves era contrario ao exame da OAB. Sabendo disso, o colega do MNBD Reynaldo Arantes, foi até o gabinete do Senador Aécio que fora recebido pelo assessor direto do Senador. Afirmou o assessor que NÃO estava sabendo de tal afirmação, mas que iria consultar o Senador na próxima semana sobre o assunto.Verdade ou não, nada custa enviarmos e-mails para o Senador Aécio Neves pedindo para que ele assine o PLs do Senador Marcelo Crivella que tem como objetivo acabar com essa “vexatória’ taxa da OAB. Vou repetir, NÃO se sabe se tais declarações do Senador Aécio são verdadeiras. De qualquer forma, nada custa o envio de e-mails para o Senador, mesmo porque ele é candidato a Residencia e precisa de votos, e nós somos quatro milhões de Bels. Direito com mais a família que votam. Abs. a todos.

    • Sandra Vargas disse:

      Sabe Marcio, eu acredito nisso, o Senador Aécio, aparenta ser um homem de inteligência rara, e também parece que gosta de aplicar a justiça, eu gosto dele, eu tenho um certo sexto sentido para pessoas, claro não vou dizer que não erro, porem na maioria das X acerto, vamos ligar sim, vamos ver como reage, porem de antemão digo, acho que não iremos nos decepcionar com ele.

      • Lei igual para todos disse:

        Deveria ter estudado mais a CF no caso “mensalão” e aplicada a mesma tática no mensalão mineiro, para ficar no pé de igualdade como manda a lei, não julgou e deixou passar o caso… boas férias Jb

  5. AOM disse:

    Poderia continuar por mais alguns anos na Presidência do STF e rever o seu NÃO ao direito dos Bacharéis em advogar, como também, poderia rever e questionar o jargão “ PEDIGREE social”, que atingiu o centro de minha alma. Meus sinceros agradecimentos e que Deus o acompanhe em seu novo ciclo da vida…

  6. José disse:

    Eu, particularmente não sinto nenhum um orgulho dos Ministros do STF, sinto orgulho sim, das instâncias inferiores, que cumprem com seu dever. As razões são simples : levaram 20 (vinte), anos para julgar o Collor, a maioria dos crimes prescreveram, já o mensalão levaram 7 (sete). Qualquer pessoa com um pouquinho de discernimento percebeu que o Ministro Barbosa querei se vingar do PT, ele estava obcecado para colocar os condenados na cadeia. Isto não é bom para um julgador que tem o dever de ser imparcial.

    • custodioce disse:

      isso é coisa de ze…………; o cara cumpriu a sua obrigação legal, não julgou só, as condenações foram frutos de um colegiado.

      • José disse:

        É coisa de Zé mesmo. Por que o Zé sabe fazer conta de mais e de menos nos dedos. Por isso que ele sabe que 20 é maior que 7, e sabe também que o seu Collor até na poupança dos brasileiros meteu a mão, e sabe também que na medida que o Ministro lutava com seu colegiado para colocar os mensaleiros na cadeia, os crimes do seu Collor estavam prescrevendo.

    • Lei igual para todos disse:

      José, vc mantem ainda um nivel de lucidez exemplar, parabens pelo comentário, e digo, também, boas férias ao JB… por que não buscou a mesma medida no mensalao mineiro?

  7. O Brasil amanheceu Órfão, com a saída do Ministro Joaquim Barbosa, do Superior Tribunal Federal.
    Lamento profundamente, o sonho de justiça acabou!
    Deus o proteja.

  8. PAULINO JF disse:

    Se a luta dos bacharéis em direito podem mira-se é nessa pessoa, este homem que demonstra ou demonstro que quando se quer fazer diferente pode ser feito e muito bem feito, com integridade incorrupta, “em relação ao mensalão do PT”, obteve seu bacharelado em Direito na universidade de Brasília, onde, em seguida, obteve seu mestrado em Direito do Estado. Em uma época que direito era um sacerdócio, sem impedimentos de seguir rumo aos seus ideais, sonhos e encantos pela vida jurídica. Não deixou de ser criticado por advogados e pela Ordem dos Advogados do Brasil por discordar e ter entendimento adverso a Ordem dos Advogados sobre o artigo 7º, incisso VIII da lei 8.906/94 que estabelece ser direito dos advogados: “dirigir-se diretamente aos magistrados nas salas e gabinetes de trabalho, independente de horário previamente marcado ou outra condição, observando-se a ordem de chegada.”

    A posição é criticada, pois em seu entendimento: “que despachar com advogados deva ser uma exceção, e nunca uma rotina, para os ministros do Supremo. Restringe ao máximo seu atendimento a advogados de partes, por entender que essa liberalidade do juiz não pode favorecer a desigualdade”.

    E quando se fala em favorecimento a desigualdade os Bacharéis em direito sabe muito bem com dói, e ser Bacharel em Direito é a 1º posição para chegar a tão nobre e respeitada posição de um MINISTRO DO STF.

    MEUS APLAUSOS, MEU RESPEITO, E O MEU MAIS SINCERO MUITO OBRIGADO EXA. QUE SE MIREM NESSE ÍCONE DA MAGISTRATURA BRASILEIRA. TENHO ORGULHO DE SER UM BACHAREL EM DIREITO COMO V.EXA., TENHO ORGULHO DE DÊ-LO COMO EXEMPLO MINISTRO DO STF. TENHA SEMPRE O MEU RESPEITO E ADMIRAÇÃO. 30/05/2014.

    • custodioce disse:

      Parabéns, só isso.

    • Lei igual para todos disse:

      Você até onde se prove o contrário não apenas um bacharel, você para todos os efeitos legais e naturais É ADVOGADO, a menos que a LDB tenha mudado soturnamente pela oab, ao JB nada acrescentou na prática judiciária brasileira, a não ser gritar e ofender os pares… boas férias JB…

  9. JOSE MARIA DE AQUINO disse:

    A saída do Ministro Joaquim Barbosa do Supremo Tribunal Federal é como se país estivesse a bordo de uma aeronave a 10000 pés de altitude e de repente acabasse o combustível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s