Uma séria resposta a Anthony Garotinho sobre a OAB e seu Exame #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB


Por Rubens Teixeira

Uma séria resposta a Anthony Garotinho sobre a OAB e seu ExameUma séria resposta a Anthony Garotinho sobre a OAB e seu Exame

Fiquei muito surpreso com as declarações do deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ), um dos pré-candidatos a governador pelo Estado do Rio de Janeiro, ao defender a Medida Provisória do programa Mais Médicos, que eu também defendi a aprovação. Com relação à aprovação da MP, penso como ele, mas me senti instado a falar quando ouvi a declaração do deputado de que: “Não há um, um advogado sério neste país que possa defender o fim do Exame da Ordem”. Gostaria de dizê-lo que sou sério e defendo o fim do Exame da OAB. Além de mim, uma multidão, advogados ou não, também sérios, em defesa de pessoas humilhadas, ultrajadas, com um mar de direitos fundamentais violados, também defendem o fim desta obscura prova.

Aliás, o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, pessoa também muito séria, já se posicionou a respeito da inconstitucionalidade deste Exame quando era o segundo da Procuradoria Geral da República (PGR) em um parecer exatamente ao guardião da Constituição da República: o Supremo Tribunal Federal. Por outro lado, pensar diferente de mim, ou do deputado, não torna as pessoas de menor qualidade moral ou intelectual. Todos têm o direito de pensar diferente, graças a Deus: vivemos em uma democracia. Devemos argumentar com base na força das nossas ideias, não com base na força política que temos, ou na capacidade de atingir a imagem alheia. As pessoas mais fortes ou as mais fracas são dignas de serem ouvidas.

De antemão entendo e concordo que não deveria ter sido colocada a questão do Exame da OAB naquela MP, embora haja alguma afinidade com o tema. Contudo, me surpreendeu alguns argumentos utilizados pelo deputado que devem ter afagado bastante o ego da poderosa OAB, que limita o ingresso de advogados no mercado com o absurdo exame que aplica. Esta prova possui flagrantes inconstitucionalidades, fere princípios éticos, regras de mercado, é inadequado, caro, além de atacar o bom senso em vários aspectos, tudo isso apontado em uma carta, já citada, que enviei ao Congresso Nacional, com 50 páginas, mas provavelmente não foi lida por alguns que só dão ouvidos à influente OAB. Contudo, contem com a nossa perseverança. Aos poucos, a sociedade está entendendo tudo. O link de acesso à carta está disponível no fim deste artigo.

A declaração de que “Não há um, um advogado sério neste país que possa defender o fim do Exame da Ordem. Dizer que engenheiro não faz exame, não justifica” me chama muito a atenção. Como sou um dos defensores do fim do Exame, embora tenha sido aprovado nele, e também sou engenheiro civil e nuclear, me senti à vontade para falar sobre o tema. Lembro ao deputado que os danos causados por um engenheiro são menos corrigíveis, reversíveis e mais letais que os causados por um advogado. Esta é a avaliação de um profissional que estudou as duas áreas do conhecimento, embora o bom senso presente na sociedade também avaliaria bem esta questão.

Gostaria de dizer ao deputado que alguns raciocínios paralelos ao dele são “não há um, um deputado sério que defenda a manutenção do Exame da OAB”, ou mesmo: “Não há um, um deputado cristão sério que não tenha confrontado a OAB por conta do Estatuto da Diversidade Sexual que vulnerabiliza sexualmente as crianças e as famílias”. Ou mesmo, “não há um, um deputado cristão que, sabendo das posições sistematicamente anticristãs da OAB, finja que não saiba e, por motivos eleitoreiros, afaga a Ordem dos Advogados do Brasil”. Tudo isso poderia ser dito, se fosse usada a mesma lógica e nível de debate. Contudo, não tenho coragem de afirmar nada acima porque as pessoas decidem com base nas suas informações e na sua consciência. Respeito todos os parlamentares que estão em seus mandatos com legitimidade porque o povo os escolheu. O  deputado autor das declarações supracitadas é um deles que merece o meu respeito como todos os demais.

Outra declaração infeliz do deputado: “Acabar com o Exame da OAB só favorece a faculdades que formam pessoas despreparadas. Nós estamos no momento lutando pela qualidade do ensino”. Portanto, para defender o interesse dos cidadãos, o deputado precisa questionar essas faculdades de Direito e convidar seus reitores para prestar esclarecimentos sobre a baixa qualidade de ensino. Além de acionar o MEC para fazê-lo, mas jamais colocar na conta dos alunos que acreditaram no MEC, na faculdade e nos professores.

O MEC autoriza a faculdade a funcionar, os professores (muitos são advogados, desembargadores, juízes, promotores, procuradores, defensores públicos e juristas de várias origens) lecionam, aplicam provas e aprovam os alunos. A OAB participa deste processo. Depois de aprovado na faculdade, o aluno que deverá provar que O MEC, os professores, a OAB, os políticos que os representam, propõem e aprovam leis, fiscalizam o que existe na legislação e participam do poder, todos são sérios? Os alunos vão ter que provar que toda esta estrutura é séria e não estelionatária?

Outra declaração do deputado compara o Exame da OAB para os advogados à residência para os médicos. Discordo por muitos aspectos desta declaração. Quem regula e administra a residência médica não é exclusivamente o Conselho Federal de Medicina (CFM). Ademais, a residência médica não é uma simples prova teórica semelhante a um concurso público, aos moldes do que faz a OAB. A melhor solução é a criação de um mecanismo de controle efetivo das faculdades que as penalize caso não apresentem ensino com qualidade adequada. Nesta direção, há uma proposta no Senado Federal (PLS 43/2009) que propõe uma solução definitiva sobre o tema que abrange a todos os cursos. De autoria do senador licenciado Marcelo Crivella (PRB/RJ), atualmente no Ministério da Pesca e Aquicultura, o projeto prevê uma avaliação que ateste a qualidade da faculdade, sancione a que não estiver de acordo, mas preserve os alunos que confiaram no sistema. No caso do Direito: MEC-faculdade-OAB. Ao fim deste artigo, há os links para o artigo que esclareço melhor o PLS 43/2009 e para a petição pública que pede a aprovação do mesmo.

Outra declaração à OAB foi: “Então nós não podemos aqui cair em tentação eleitoral. É claro que, para agradar eleitores, algumas pessoas podem cair na tentação de cometer esse erro. Isso é um erro. Um erro contra uma instituição que foi firme na defesa da Constituinte que hoje nós celebramos 25 anos. Uma instituição que foi firme no combate à ditadura, contra uma instituição que foi firme e pujante em defesa dos presos políticos”. Evidentemente que a sociedade brasileira defendia estes temas com suas instituições e a OAB era apenas uma delas. A OAB não nos salvou, foi a sociedade brasileira que escolheu o seu caminho. A sociedade é e sempre foi a favor da liberdade, não só a OAB. Acho que já estão “capitalizando” demais e este argumento está escorrendo para o ridículo.

Por outro lado, veja que o deputado só falou do passado da OAB, talvez evite o presente. Realmente os grandes nomes do passado construíram um respeitado nome para a OAB no presente e é por isso que a instituição é forte hoje. O nome de amanhã está sendo construído hoje e isto põe em xeque o nome futuro da instituição. Ademais, este legado de credibilidade, baseado no passado, não é garantia de que tudo o que os atuais dirigentes da Ordem façam, no presente, seja necessariamente legítimo, correto, ético, adequado ou justo.  Convido o leitor a conhecer o artigo de minha autoria intitulado “Exame da OAB: ataque pelas costas aos Direitos Humanos”. O link está ao final deste artigo.

Esta OAB com imagem tão indelével, na visão do deputado, sistematicamente ataca princípios cristãos e emitiu nota que minimizou o desrespeito de duas ativistas a um culto em São Paulo. Falei sobre isso nos artigos “Beijo gay em cultos: ‘Nota da OAB’ pode desencadear onda de crimes contra sentimento religioso cristão no Brasil”, partes 1 e 2, cujos links estão no final deste artigo. Os absurdos e obscurantismos que cercam o Exame da OAB estão apontados na carta, de 50 páginas, que enviei ao Congresso Nacional, cujo link também está ao fim deste artigo. Um grupo de bacharéis traduziu um resumo desta carta para o idioma inglês e o fez circular pelo mundo. Apesar disso, muita gente no Brasil jamais a leu ou finge que desconhece o seu conteúdo. Pode ser até que alguns “não a vejam” por motivos eleitorais.

Nas comunidades pobres do Estado do Rio de Janeiro, e em todo país, há muitos cidadãos com seus direitos violados, embora a OAB induza que haja advogados demais no mercado. Os direitos humanos defendidos pela OAB são os de ricos e os de impacto midiático. Gostaria de apresentar ao deputado a página https://www.facebook.com/AsVitimasDaOAB. Milhares de pessoas já curtiram, mas muitos que têm voz para questionar a entidade se mantêm em silêncio. Não desperta curiosidade por que estas pessoas são de alguma forma prejudicadas? Concordo com o deputado que precisamos de mais médicos. Contudo,  precisamos também respeitar os direitos individuais dos bacharéis em Direito,  as opiniões e o sofrimento alheios.

Rubens Teixeira

Rubens Teixeira

Doutor em Economia pela UFF • Mestre em Engenharia Nuclear pelo IME • Pós-graduado em Auditoria e Perícia Contábil pela UNESA • Engenheiro de Fortificação e Construção (civil) pelo IME • Bacharel em Direito pela UFRJ (aprovado na prova da OAB-RJ) • Bacharel em Ciências Militares pela AMAN

Fonte: artigos.gospelprime

Esse post foi publicado em EXAME DE ORDEM e marcado , , . Guardar link permanente.

26 respostas para Uma séria resposta a Anthony Garotinho sobre a OAB e seu Exame #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB

  1. erkopper@gmail.com disse:

    Sobre as declarações do apolítico do colarinho branco.
    “Não há um, um advogado sério neste país que possa defender o fim do Exame da Ordem”.
    Este conceito devemos refletir, após uma lavagem cerebral – (também conhecido como Reforma do pensamento ou Reeducação), passam a ser património abençoado dos blindados da OAB/BRASIL, estão contidos na Lei da inconstitucionalidade do Brasil, esta corrente maligna que atua em função da “RESERVA DE MERCADO em concordância com o DESEMPREGO e concorda com a macabra DEPRESSÃO PROFUNDA LEVADA AO ÓBITO”, são frios e calculistas almejando o materialismo puro intocável, atuam como soberanos do poder em função de uma carteirinha que lhe beneficia poderes nas esferas do Poder Judiciário Nacional em função da desgraça causada em 70% dos Bacharéis em Direito do Brasil atual, sendo escravos de um simples órgão privado maligno que se utiliza do maldito exame da OAB/RASIL para arrecadação de milhões de reais anualmente e viver no paraíso financeiro privilegiado e amaldiçoado, onde se usa e recebe o apoio dos 03 Poderes da República Federativa do Brasil, para atuar na contra mão e na Inconstitucionalidade.
    Prezados amigos Bacharéis em Direito e seus familiares, reflitam ao votar, vamos tirar este políticos corruptos que vendem seu voto em mérito ao beneficio próprio, somos traídos por promessas mentirosas; não atuam em beneficio da Sociedade Brasileira que anceia por um Brasil sem corrupção e a politica sendo usada da Sociedade para a Sociedade de Direito, a Sociedade Brasileira emprega estes políticos, dentro destes méritos de direito que pagamos os Impostos e temos direito de exigir e impor discência e ética nos 03 Poderes da Republica Federativa do Brasil, esta documentado na Lei pétrea da CF do Brasil de 1988.
    ERNANI KOPPER
    OBB/PR – 1278

  2. Even though the law requires every car to have a serious
    crash, 25 times more likely to claim on their cheaper
    car insurance (http://www.yogadex.org) following a minor
    bump. I declined ‘He said that at a minimum you have third party insurance to protect
    against the risk of damage you might cause to other people or vehicles. http://www.snuaa-nc.org/?document_srl=3137

  3. exame ilegal disse:

    O que o bachareis (advogados) não estão fazendo é uma simples coisa “PENSAR” pois se tivessem estudado mais nas aulas de direito constitucional saberiam o que eu e mais milhares de estudantes já sabem, ou seja, o exame da Ordem é ILEGAL, inconstitucional, por mais que o STF tenha lhe dado o véu ou condão de legalidade, ele não é.
    Este depoimento deveria ser lido em tudo quanto é lugar, esse depoimento desse advogado e engenheiro deveria ser repassado aos centenas de milhares de pessoas, juntamente com a a decisão daquele juiz federal do Ceara, DR. Vadlimir de Souza, ou ainda mesmo a decisao da Suprema Corte Portuguesa que estancou essa possibilidade naquelas terras, são decisões memoraveis que deveriam ser publicadas incansavelmente em todas as discussões sobre esse tema exame da ordem.
    E finalmente, senhores, não fazer o exame que é pura falsidade, é de ficar enojado tanta mentira veiculada aos incautos estudantes de direito e para sociedade como um todo, que cada vez mais fica ao lado de uma entidade de classe, que espera apenas os 200,00 reais dos amigos estudantes de direito, lamentavel.

  4. Elço Ferreira dos Santos disse:

    Eu entendo que precisamos dar uma resposta ao sr. garotinho, para tanto peço aos bachareis de direito do Rio de Janeiro, que na eleição dê essa resposta, sugiro essa mensagem, (NÃO AOS GOROTINHOS, assinado bachareis de direito sem poder trabalhar)

  5. antonio disse:

    Temos que atacar de outro modo, um deles seria projeto de lei implementando o exame para todos os orgãos de classe, e tambem para os Advogados a cada cinco anos. Projeto de lei que regulamente a profissão de bacharel em direito, entendo que temos que acatar em outros pontos, eis que extinção do exame ou passá-lo ao MEC esta muito dificil, e se algum deputado ameaçar esses projetos eles vão olhar com outros olhos, e tambem porque vai atingir aos advogados, temos que fazer com que os advogados ajudem a acabar com o exame uma maneira para mim é sem dúvida ameacar projeto para eles tambem entrarem no caça niquel. Não podemos perder tempo, ou regulamentar a profissão ou acabar como exame, o que não pode é fazer cinco anos de facultado somente para olhar para o diploma. Uma ação coletiva contra as universidades para devolverem o dinheiro das mensalidades, seria outra ideia. Gostaria de saber as suas opinões.

  6. sandra disse:

    gente me desculpem, só depois que publiquei é que percebi os erros gráficos do texto maior, mas o conteúdo e decifrável da para entender o que eu quis dizer.

  7. sandra disse:

    PARABENS Luiz Pavan, é isso aí, estamos juntos nessa, eu nunca fiz esse exame, meu dinheiro não é capim para malandro pastar, se fosse algo sério e em todas as faculdades, então sim, mas todos sabem que é malandragem, taxando nos de otários.

    • Luiz C Pavan disse:

      Pois é Sandra, é por aí mesmo. Mas infelizmente o grande combate que se trava é jurídico. E não é de hoje. Já se vão 16 anos e não temos previsão de que os safados da OAB OBA OBA, políticos coniventes com esse absurdo, Ministros do STF que decidem mais politicamente e não juridicamente, com dúbios entendimentos, etç, vão colocar fim a esse desmando. Se os Bachareis atuais e os iminentes desse semestre e do próximo de todo o Brasil não boicotarem o exame massivamente, então sinto dizer que teremos muitas, muitas edições ainda desse exame, e nada acontecerá. O fato de terem abrido exceção para uma 2ªfase do próximo exame para aqueles que reprovam, demonstra que a OAB OBA OBA está assegurando ainda mais o atual “status quo”, garantindo os milhões para seus cofres a cada edição. Muitos Bachareis acharam excelente essa medida e não aplicam conhecimento jurídico da matéria “exame da ordem – inconstitucional”, porque cairam no coma induzido da mídia,que os deixa alheios ao real problema do exame, assunto que demandaria por parte deles maior atenção. Viva o Brasil. Aqui você é o palhaço. 😦

  8. sandra disse:

    que são poucos os advogados sérios isso é vero, eu já sofre na pele a corrupção de advogas que não honram sua profissão e não estão nem aí para o nome, a preocupação maior é o bolso, passei pelas mãos de 4 advogados, tirava de um colocava em outro, todos sem exceção foram corruptos safados sem vergonhas, sem contar com a falta de conhecimento jurídico que me fizeram perder causa ganha, se o exame da OAB categorizasse o profissional então isso não existiria, e exame só serve para empatar a vida de tantos profissionais e o mais certo para encher as burras do pessoal da OAB e acredito que também de muitos políticos, pois caso contrario fariam alguma coisa para acabar com essa pouca vergonha e falta de caráter e abuso de poder dessa cambada de vagabundos, pois a coisa não tem logica, visto que o corpo docente de uma instituição de Ensino Superior é composta por Advogados, juízes, desembargadores e tudo o mais que a OAB já aprovou em seu exame de extorsão, ao dizer que o ensino é fraco estão dando um tiro no ´pé, pois estão se contradizendo, nesse caso o exame não serve para nada mesmo, exceto para extorquir, tirando de quem não tem sem o menor escrúpulo, quanto a querer comparar residência médica com exame da OAB não tem o menor cabimento, o medico residente na verdade já esta trabalhando em sua profissão, pois a residência é a pratica que o formado tem que adquirir, ele não paga o burro roubado para isso, e nem o reprovam, não corre esse risco de investir dinheiro e ser reprovado, uma coisa não tem nada a ver com a outra, comparar é idiotice. porem estou batendo na mesma tecla ao dizer e insistir, que essa porcaria de exame não termina por culpa dos próprios BACHAREIS, que continuam a fazer essa coisa, se ninguém der moral para isso e não fazer, essa tranqueira vai acabar, pois o que interessa não esta entrando, que o dinheiro desculpem, pois introduzi um pouco de linguagem chula ao escrever o texto, porem essa falta de caráter desse povo leva nos a isso. e que DEUS abençoe todos os que pelejam junto conosco de coração limpo e verdadeiro, na defesa de uma justa causa. OBRIGADA

  9. FABIANO disse:

    Esse cara só aparece quando lhe convém, isso tem um pano de fundo com proposito eleitoreiro, ele fugiu com a família para campos , que por sinal eles já correrão tanto.

    Não devemos dar ouvidos para esse politico fracassado, que não engana mais ninguém.

    FORA POLITICO DE CAREIRA. .FORA FORA FORA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!.

  10. Márcio disse:

    Quero dar meus parabéns pelo Dr. Rubens Teixeira, e a recusa da ordem em inscrevê-lo decorre da sua qualificação, que para a oab é uma grande ameaça ao latifúndio que querem manter com o exame.

  11. Márcio disse:

    É impressionante que um cara que não pisou em um banco de faculdade venha a opinar e deliberar sobre algo tão delicado! Acessem o perfil do Garotinho e vejam que ele fala que luta pelos fracos e oprimidos. É um hipócrita! Que DEUS faça a verdadeira justiça que os homens não conseguem fazer!

  12. PEDRO SANTOS CARDOSO DE FREITAS disse:

    BACHARÉIS EM DIREITO: NÃO VAMOS NOS INSCREVER NO XII EXAME DA OAB, TEM FRAUDE E MANIPULAÇÃO NAS PROVAS DA FGV/OAB DE FORMA COMPROVADA!

    • Luiz C. Pavan disse:

      Já falei inúmeras vezes nesse blog que a única maneira de ferir mortalmente o exame seria um boicote de todos os Bacharéis. Já não faço a prova há várias edições.Me graduei em 2010. Assim como eu milhares deveriam boicotar. Haveríamos de fazer uma tomada de consciência dentro das universidades. Quem se oporia a esse movimento? As universidades nos impediram de fazê-lo, entregando uma carta de conscientização aos alunos? Quem sabe rádio, TV, jornais não divulgariam isso e despertaria a opinião pública, trazendo muitos nomes de peso para nossas fileiras? Fim do exame JÁ, assim como foram as diretas à época de Tancredo e Ulysses. Atenção OBB e todos os demais envolvidos seriamente contra o exame. Ajamos e façamos a diferença com esse movimento no próximo exame. Ferindo-os nos bolsos, terminemos com esse nefasto statu-quo.

  13. VERGONHA DE SER BRASILEIRO ! disse:

    SE ESSA REPUBLIQUETA FOSSE UM PAÍS DIGNO E SÉRIO ESSE BANDIDO ESTARIA NA CADEIA. É POR ISSO VEJO MILHARES DE JOVENS NAS PALESTRAS UNIVERSITÁRIAS DIZEREM QUE TEM VERGONHA DE SER BRASILEIRO, EU TAMBÉM SEMPRE DIGO A ELES !

  14. Alexandre Ferreira disse:

    Se todos os bacharéis em Direito fossem unidos já teriam vencido esta luta….É preciso se organizar e criar um movimento forte e capaz de chamar a atenção de toda a sociedade através dos meios de comunicação…
    Acho que esse é o caminho!

    • Luiz Ferreira disse:

      É Alexandre, o que se vê é muito blá-blá-blá mas na hora H fica tudo como Dantes no quartel de Abrantes. Outra coisa, a mídia já deu para perceber é omissa, ausente, comprometida e incúria. Temos é que lutar e fincarmos bandeira como ocorreu em junho p.p. na redução das tarifas dos ônibus, pois vejo que uns puxam a corda para um lado outros para outro lado e a OAB no meio dando gargalhadas. Vamos usar de toda lhaneza, são pessoas como Dr. Rubens Teixeira, Dep. Marco Feliciano, Dep. Eduardo Cunha, Dep.Jair Bolsonaro, Senador e Ministro Crivella, nosso PGR Dr. Rodrigo Janot, Sr. Vasco Vasconcelos, e alguns grupos realmente focados na derrubada desse nefasto Exame de Ordem (essa mina de ouro) que me fazem ainda ter esperança na vitória.

  15. ERNANI KOPPER. disse:

    Amigos Bacharéis em Direito temos que combater os blindados da OAB/BRASIL, se fosse levado a serio, 100% dos Bacharéis em Direito do Brasil não efetua, mais o maldito exame, acabaria com este macabro e perverso exame da OAB/BRASIL, que cobra milhões por ano dos escravos, pobres, desprezados e humilhados Bacharéis em Direito do Brasil, este exame nos humilha e nos despreza, atestando que somos incompetentes para Advogar, devemos acabar com este ato perverso e ilícito perante, CF do Brasil, impondo a Justiça Social através da mídia.
    ERNANI KOPPER.
    Paraná – Brasil.

  16. MÁRCIO MOURA disse:

    Como sempre, o colega Rubens Teixeira vem abrilhantar nossa luta. Parabenizo pelo texto pertinente e cabível como sempre. Concordo com ele quando ele diz que não era o momento de ser inserido na discussão o exame da OAB junto com a MP 621/13, apesar de ter uma relação, mas querer misturar não foi bom para os Bels. Direito, é tanto que até aqueles que defendem a “Extinção” do exame votaram contra. Não quero com o meu comentário desestimular o nobre e baluarte da nossa causa o Dep. Eduardo Cunha, apenas penso que não era o momento. Com relação a Antony Garotinho, não se pode esperar muito desse “cidadão” , cercado de processo junto com a sua esposa, tem demonstrado na sua vida publica que não é confiável nas causas que são em favor realmente do povo. A outra questão, é ser adversário politico no Rio de Janeiro do Dep. Eduardo Cunha do PMDB a quem ele vive a atacar o Governador Sergio Cabral do mesmo partido. Portanto, não se pode esperar por uma questão pessoal e politica que esse Deputado possa estar ao lado dos interesses do Dep. Eduardo Cunha para defender em conjunto os interesses dos Bels. Direito. Aos Cariocas Bels. Direito, resta a resposta nas urnas ao qual ele pleiteia ser candidato a Governador do Estado. Me somo aos comentários do Caríssimo Rubens Teixeira pelas suas colocações sempre inteligentes, ordeiras e alinhadas com o nosso pensamento. Parabéns, e com certeza os demais ficam gratos por ter um colega de luta tão forte. Abs. a todos.

  17. Essas raposas que se encontram no poder sempre tentam desacreditar àqueles que lutam pelo bem, entretanto saiba o “garotinho” (assim mesmo), que nem todos são lobos vestidos em peles de cordeiros, há ainda e graças a Deus os que creem que o mal existe porém ele jamais vencerá o bem.
    Bacharéis em Direito, ADVOGADOS que somos vamos a luta pelo fim do exame de ordem já!
    Revolução civil, já!

  18. Alexandre Ferreira disse:

    Infelizmente só palavras não bastam neste país de quem pode mais chore menos…

  19. ERNANI KOPPER disse:

    Dr. Rubens Teixeira agradecemos pelo apoio aos nobres Bacharéis em Direito do Brasil e pela sabedoria iluminada por “DEUS PAI”, estamos escravos de uma ditadura contra a CF, instituída pela OAB/BRASIL, este sujeito apolítico Garotinho que já foi noticia de sua desonestidade no RJ/BRASIL, vem apoiar a Inconstitucionalidade efetuando o exame da OAB/BRASIL, os Bacharéis em Direito do RJ, devem dar o troco a este apolítico com extrema frieza, que apóia a Reserva de Mercado, o desemprego em massa dos Bacharéis em Direito e compactua com o macabro e perverso exame da OAB, para ver a desgraça dos Bacharéis em Direito em profunda depressão levando ao óbito, fico sem palavras quando falo em óbito dos Bacharéis em Direito e amigos, que conheço e estão fazendo parte da eternidade por um sonho de Advogar, instituído pela macabra ditadura e escravidão a mais de 16 anos o maldito exame da OAB, por um simples órgão privado da classe, OAB/BRASIL.
    ERNANI KOPPER
    PRESIDENTE OBB/PR – 1278

  20. LUIZ FERREIRA disse:

    Esse senhor que se diz acima do bem e do mal verá ano que vem o resultado do desprezo que mostrou pelos bacharéis em direito. Colegas bacharéis, por favor não esqueçam de divulgar a seus familiares e amigos. Vamos dizer NÃO nas urnas a esse senhor, bem como à sua família que quando eleitos prestaram um desserviço ao nosso RJ. Temos de mostrar o nosso repúdio a esse senhor, pois sabemos que gosta de iludir os incautos, como já veiculado em mídia, em ações praticadas em troca de votos e sabe-se lá o que mais.
    Outrossim, não podemos olvidar que esse senhor em plenário, denegriu a nossa imagem imputando inverdades, destilando veneno com um ódio sem igual, sem o nosso direito de resposta , mas, que daremos tal resposta nas urnas.

    Não sou vagabundo, não fui à faculdade durante cinco anos (o senhor sabe o que é cinco anos) jogar meu suado dinheiro ganho honestamente fora. Tenho toda documentação que comprova a má-fé da OAB na correção de minha prova (entenda-se 2ª fase), assim como ocorre com centenas de colegas que se encontram na mesma situação.

    Minha esposa luta contra um 2º câncer (o senhor sabe o que é isso), mas nesse lapso de tempo consegui me formar, prestar esse “concurso” por duas vezes, estudei através de livros, pois o dinheiro que entra vai para compra de remédios para minha esposa, que fica angustiada em ver minha situação e graças a OAB, estou sem carteira, com 61 anos, desempregado e sou obrigado a escutar que os bacharéis são vagabundos, as faculdades são fracas, esse discurso da OAB não convence mais.

    Parabéns Pastor Rubens Teixeira, é altamente gratificante termos pessoa como o senhor do nosso lado e que Deus esteja conosco.

  21. JOSE MARIA DE AQUINO disse:

    Para mim GAROTINHO FALANDO e um boi fazendo cocô é a mesma coisa. Se o Brasil fosse um país sério não era para nem deixar esse cara aparecer nos órgãos de comunicação de massa. Esse camarada também será lembrado nos comícios que iremos fazer para eles E TAMBÉM PARA QUEM ELE APOIAR, a começar em janeiro de 2014.
    LEMA DOS CANDIDATOS CORRUPTOS EM 2014: A VOZ DOS LARÁPIOS.
    Vai ser um sucesso – mais de quatro milhões de bacharéis enchendo as urnas de protestos. A RECÍPROCA VAI SER VERDADEIRA. TENHAM CERTEZA DISSO.

  22. Pedro disse:

    Parabéns ao Dr Rubens Teixeira pela brilhante resposta ao garotinho, que ele possa sentir a resposta nas eleições junto com o povo e os Bacharéis unidos . Agradeço por fazer a nossa causa sua , Obrigado..

  23. Carla disse:

    Esse cara é safado e ja foi acusado de corrupção uma vez, quem não é serio é ele, que junto com a esposa dele roubaram e fizerem um péssimo trabalho no Rio de Janeiro. É tão cara de pau, que agora ele esta se elegendo pensando que que o povo esqueceu do ele cometeu. O que mais me deixa de boca em aberta é que tem gene que ainda vai votar nesse safado ladrão de colarinho branco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s