Renan diz ter direito a avião da FAB para fins particulares. Improbidade, peculato, tráfico de influências. #FIMdaCORRUPÇÃO


A perda de consciência chegou a um nível em que não há mais limites entre o certo e o errado. Renan Calheiros chegou a um estado tão baixo que a coisa pública é considerada como extensão de seu próprio patrimônio. Neste ponto as decisões políticas já não estão relacionados ao Povo, aos que lhe concederam provisoriamente um mandato. Em seu entendimento Renan não está presidente do Senado, mas é presidente. Considera algo inerente a si mesmo por isto tem o patrimônio alheio como propriedade sua.Então o que temos é um estado de loucura. Um louco sem consciência dos seus atos e com poder nas mãos. Um agente irresponsável, que se utiliza de um cargo provisório de parlamentar  para fins pessoais. Fins pessoais este que se estende a sua família, amigos, cúmplices, etc.Um processo criminal, administrativo deve ser instaurado para apuração de peculato, improbidade administrativa,  corrupção ativa e passiva etc Quanto aos beneficiários, deverão responder por tráfico de influências entre outros crimes.

Em todos os casos acima deve-se especular a formação de quadrilha.

A devolução do numerário implica apenas em redução da pena, mas não libera os envolvidos do crime.

Presidente do Senado tem direito a avião da FAB, diz Renan

  • Alan Marques/FolhapressSenadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Eduardo Braga (PMDB-AM; sentados) e Inácio Arruda (PCdoB-CE) se cumprimentam no plenário durante sessão que elegeu Calheiros presidente da Casa novamente

    Senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Eduardo Braga (PMDB-AM; sentados) e Inácio Arruda (PCdoB-CE) se cumprimentam no plenário durante sessão que elegeu Calheiros presidente da Casa novamente

O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), disse nesta quinta-feira (4), ao chegar ao Senado, que “o presidente do Senado tem direito a avião da FAB (Força Aérea Brasileira)”. “O avião da FAB usado para o presidente do Senado é um avião de representação. E eu utilizei o avião como tenho utilizado sempre, na representação como presidente do Senado Federal.”

O parlamentar foi questionado sobre o uso de uma aeronave da FAB para fins particulares no último dia 15 de junho, quando requisitou um avião modelo C-99 para ir de Maceió a Porto Seguro, segundo a “Folha de S.Paulo”.

Renan não respondeu aos questionamentos sobre se o uso da aeronave teria ocorrido em caráter oficial, como prevê o decreto 4244 de 2002, que determina que aviões da FAB podem ser requisitados por autoridades por “motivo de segurança e emergência médica, em viagens a serviço e deslocamentos para o local de residência permanente”.

Segundo a “Folha”, ele participou do casamento da filha mais velha do líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), em Trancoso. A FAB confirma a viagem.

Presidente da Câmara

O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), viajou ao Rio de Janeiro no último final de semana, levando parentes e amigos em um avião da Força Aérea Brasileira, saindo de Natal (RN).

A viagem de Alves repercutiu até no jornal americano “The New York Times”, que considerou a atitude “inoportuna”.

PARENTES DE DEPUTADO USAM VOO DA FAB

  • Reprodução/InstagramFoto retirada de rede social mostra Arturo Filho e a mulher Larissa, passageiros do voo da FAB que foi de Natal ao Rio. Ele é irmão de Laurita Arruda, noiva de Henrique Eduardo Alves

Segundo reportagem da “Folha”, Henrique Alves usou um avião da FAB para levar a noiva, parentes dela, enteados e um filho ao jogo da Seleção Brasília no Maracanã, no domingo (30), quando foi disputada a final da Copa das Confederações.

Ainda de acordo com o jornal, um jato C-99 da Força Aérea decolou da capital do Rio Grande do Norte às 19h30 de sexta-feira (28) rumo ao Rio de Janeiro e retornou no domingo, às 23h.

Não constava na agenda de Alves, divulgada no site da Câmara, nenhum compromisso oficial no fim de semana. Ele disse, por meio da assessoria, que “solicitou” o avião porque tinha encontro com o prefeito Eduardo Paes (PMDB), no sábado.

Ontem, ele informou, por meio de nota, que vai reembolsar aos cofres públicos os valores correspondentes às passagens aéreas dos familiares.

Fonte: UOL

Esse post foi publicado em Fim da corrupção e marcado . Guardar link permanente.

4 respostas para Renan diz ter direito a avião da FAB para fins particulares. Improbidade, peculato, tráfico de influências. #FIMdaCORRUPÇÃO

  1. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), recuou e disse nesta sexta-feira que vai devolver o dinheiro equivalente ao custo pela utilização de um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) no último dia 15 de junho. Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, o senador usou a aeronave para ir ao casamento da filha do líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), em Trancoso (BA). Na quinta-feira passada, Renan respondeu, ao ser perguntado por jornalistas, que não devolveria o valor correspondente às passagens, já que havia usado o avião para cumprir compromisso como presidente do Senado. De acordo com nota divulgada pela presidência do Senado nesta sexta-feira, “o senador está recolhendo aos cofres públicos os valores — R$ 32 mil — relativos ao uso da aeronave em 15 de junho entre as cidades de Maceió, Porto Seguro e Brasília”. Ainda conforme o documento, o Senado “é o único (órgão) a ter um Conselho de Transparência com representantes da sociedade civil que não deixam dúvidas quanto aos propósitos da Casa de ser referência em controle social’. A nota diz que Renan Calheiros vai consultar o conselho sobre o uso de aeronave da FAB para cargos de representação. Outro caso polêmico foi o do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que se viu obrigado a devolver aos cofres públicos aproximadamente R$ 7 mil. O dinheiro foi utilizado para cobrir os gastos da viagem de familiares em avião da FAB para viajar de Natal para o Rio de Janeiro a fim de ver a final da Copa das Confederações no domingo passado, no Rio de Janeiro.

  2. Jean Whitaker disse:

    O presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), voltou atrás nesta sexta-feira e decidiu devolver aos cofres públicos 32 000 reais pelo uso da aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) no dia 15 de junho. Renan requisitou o avião para ir a um casamento na Bahia. Nesta quinta-feira, ele havia dito que não devolveria o dinheiro e defendeu o uso do jatinho em evento particular.

  3. Dylan Lowe disse:

    O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), usou no último fim de semana um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para uma viagem entre Natal e o Rio de Janeiro.

  4. ORESTES CARVALHO disse:

    PENA DE MORTE PARA POLITICOS CORRUPTOS – DA MESMA FORMA QUE OS POLITICOS CORRUPTOS FIZERAM COM A SAUDE PUBLICA –

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s