Entenda o que querem realmente os manifestantes “sem bandeira”. #FIMdaCORRUPÇÃO


Temos presenciado um movimento aparentemente cheio de incógnitas. Quem são estes manifestantes? O que querem? Quando surgiu esta manifestação? Porque estão se manifestando em pontos tão difusos? Como conseguiram se juntar sem uma liderança? Que tipo de manifestação é esta em que se juntam a paz e a violência?  Onde isto vai dar?

São pessoas de todas as idades, classes sociais, raças, religiões, sexualidade tendências, não há um perfil que os caracterize e, portanto, não há como tratar de uma estratégia específica.

Começou com uma reivindicação por passagens mais baratas, mas foi o estopim para uma comoção popular que não se justifica meramente pela passagem, já que abarca pessoas de todas as classes sociais.

O que ocorreu na realidade foi uma nuvem do inconsciente coletivo que passou a se cristalizar no mundo físico. Trata-se, portanto da insatisfação coletiva que estava em repouso e que de repente passou a se manifestar. Algo como aqueles casos de violência que acontecem do nada, por uma pessoa pacata, um povo pacato que resolve entrar em ação. O momento em que um balão de aniversário encontra seu momento de explosão ao estar com mais ar do que tem condições de suportar.

Basta ver os brados contra a corrupção: “O povo acordou, o povo decidiu, ou acaba a roubalheira ou paramos o Brasil!”; “Políticos safados, parem de roubar”. Manifestações contra Renan Calheiros; apelos contra a PEC 37.

Este movimento vem se inflando nas redes sociais a cerca de 3 (três) anos, mas não foi dada a importância devida aos eventos das redes sociais. Em outros países também houveram eventos de manifestação sem lideres, apenas pela comunicação entre os internautas.

A maior prova disto é a aversão a partidos políticos. “Não tenho partido!”; “Eu odeio esse pessoal de partido”. Ao passar por bandeiras do PSTU, centenas de jovens repreenderam: “Sem partido! Sem partido!”. Na Rio Branco, ecoou a palavra de ordem: “O povo unido não precisa de partido!”; “O povo unido jamais será vencido!”.

Destacaram as máscaras do filme “V de Vingança” que tratava da corrupção do sistema e a presença de um justiceiro.

Como tem havido pessoas de todas as classes sociais, presenciamos a classe média (inclusive a alta) e juntamente moradora das favelas, das regiões mais pobres. Estes últimos, quase que sem benefícios da vida comunicam seus descontentamento de uma forma mais brutal, como aprenderam em suas origens, nas ruas, na vida dura.

A classe que pedia a paz era daqueles que foram criados em condições melhores. Suas formas de manifestação são mais refinadas. Assim no mesmo palco conviveram pessoas em condições diferentes, com linguagens diferentes, mas, requisitando a mesma coisa.

A manifestação em pontos tão difusos deu-se porque a insatisfação é geral, em todos os rincões de nosso Pais inclusive fora em razão daqueles que saíram do Pais em busca de uma oportunidade que não encontraram em sua pátria. A soudosidade, a empatia, falou mais alto no coração dos que estavam distante.

E claro que a agressividade dos policiais contribuiu para o sentimento de revolta em razão dos que lutavam para melhorar o mundo. O Governo de São Paulo tão austero em defender aqueles atos, que circulou o globo, chocou! O Estado promovia atos de governos ditatoriais e cruéis.

Provavelmente o ato isolado de um dos policiais que quase fora lixado em dias anteriores contribuiu para causar a revolta dos policiais que se insurgiram contra os manifestantes.

A população esta insatisfeita e está tentando demonstrar isto de uma forma semelhante aquele adolescente que está vendo seu corpo mudar, que anda desengonçado, que procura seu lugar no mundo que ainda não entende e confia em suas amizades (que tem os mesmos problemas) mais do que em seus pais. Um adolescente revoltado por maus tratos. Mas este adolescente é um povo, uma nação, um Pais.

Onde isto vai dar? Vai depender daqueles que estão no poder entenderem, abrirem os olhos para aquilo que ainda não perceberam.

As coisas não são mais como antes. Talvez não seja nem hora de mudar, mas de partir…

Inacio Vacchiano

Filósofo e Pós Graduado em Direito

Esse post foi publicado em Fim da corrupção e marcado . Guardar link permanente.

13 respostas para Entenda o que querem realmente os manifestantes “sem bandeira”. #FIMdaCORRUPÇÃO

  1. MÁRCIO MOURA disse:

    Prezado Inácio Vacchiano, tenho chamado a atenção da Enquete da Câmara diante do crescimento a FAVOR da Manutenção do Exame da Desordem nas ultimas duas semanas o qual ficou praticamente parada por semanas e agora se movimentou como disse a favor da OAB. Agora vejo que a sua Petição do AVAAZ que contava até ontem 19/06 com 528 votos, tem apenas 418 hoje dia 20/06 às 08:38 hs. Continuo como já disse em outros comentários, achando estranho, muito estranho!!! Inácio VACCHIANO, já que essa Petição foi postado por você no AVAAZ, tente verificar a redução da votação e o seu significado. Abs.

  2. MÁRCIO MOURA disse:

    Essa é a questão, os Bels. Direito acordar para lutar pelo seu Direito de exercer a profissão que escolheu contra a última “Ditadura” imposta no Brasil, OAB. Parece que os Bels. Direito como diz no Hino Nacional ” Deitado em Berço Esplendido”, dormindo para sempre. Basta observar a enquete da Câmara dos Deputados e outras onde chegamos a ter 87% de votos contrários a, “Mazela” do exame da OAB, e hoje temos apenas pouco mais de 73%. O que se percebe é que dos (100) cem mil reprovados, pouco mais de (08) oito mil votantes contrários a prova participam. Por onde anda os (92) noventa e dois mil reprovados? Acordem Bels. Direito, unam-se, lutem, se não diretamente, utilizem redes sociais, enviem e-mails para Parlamentares, até mesmo para aqueles que são contrários, já disponibilizei e-mail do STF no sentido de pedir ajuda ao Pres. Joaquim Barbosa que NÃO participou do RE 603.583/11. Cobrem do Pres. da CCJC Dep. Décio Lima (que esteve com o Pres. da OAB DIA 18/06), e votou em favor do requerimento do Dep. Eduardo Cunha, para cobrar o parecer do Dep. Fabio Trad (apesar de não confiar neste deputado), mas pelo menos não cair no esquecimento, como talvez seja a pretensão de Fabio Trad. Repito, essa é nossa arma, as redes sociais. Abs. a todos.

  3. Agadir Almeida Lovatel - ADVOGADO - OAB SC 2.200 XANXERE (SC) disse:

    Dr Inacio, o momento dos Bacharéis em Direito darem uma resposta definitiva ao STF e Congresso Nacional é agora, aumentando as fileiras dos baluartes da verdade contra toda a corrupção instalada no Brasil. O fim do exame da Ordem é a mais jutas aspiração de milhares de bacharéis que após a conclusão do curso estão juntando migalhas para o sustento da familia. Acorda Brasil! … Bacharéis em Direito ACORDEM e vão a luta a busca de seus direitos. DIREITOS! …

  4. santomor disse:

    Re:

    Me parece, que de fato , nos brasileiros, estamos acordando, para tantas mazelas, (… outros adjetivos … ), que de fato estão ocorrendo em nosso pais, partindo principalmente, dos políticos em geral.

    Benefícios, em contra partida, ao pagamento de impostos, todos sabemos, que são muito insipientes, em função do montante arrecadado, mas a maquina publica, não para de inchar, fora as benecies , em obras privadas, etc… ( itaquerao, e outros … ).

    Ontem, recebi uma informação, que so , dinheiro publico, na copa do mundo, já passa de 28 bilhoes de reais, ……… , e isso mesmo, 28 bilhoes, ai todos perguntamos, temos: investimentos em ; saúde, segurança, educação, programas de idosos, medicamentos, etc… , NÃO.

    Aproveitando o gancho, se me permiti, uma sugestão; divilgue todos links, nas redes sociais, de todos movimentos, contra o exame da ordem, quem sabe, e mais uma forma de pressionar, nossos representantes, que não passam de inquilinos no poder, …

    sds

  5. CARLOS ALBERTO NANNI disse:

    MAIS UM VEZ… MEUS PARABENS AMIGO INACIO… – Esta sua natureza de proclamar a justiça, a ordem, o direito… é algo pelo qual todos os brasileiros devem manter, sempre ativos, como uma luz acesa contra toda sorte de injustiças… PARABENS… Voce é um brasileiro de verdade, e tem meu apoio irrestrito.
    QUANTO AOS BACHAREIS EM DIREITO, me dirigindo aqueles que já se manifestaram nesta página… Eles, nossos amigos, não estão dormindo, apenas cansados e humilhados…descrentes talvez… Precisamos injetar em todos, novas esperanças, mais união e decisões conjuntas Suas Inacio, junto ao MNBD, A OBB, e outros seguimentos em defesa dos nossos direitos.
    Sou Bacharel em Direito, mas não estou parado, continuo trabalhando como profissional em todas as areas publicas administrativas, e quando chega a vez da açao judicial, peço a meus colegas já com registro na OAB, para compartilharem e trabalharem juntos. Esta dando resultado, embora eu esteja sendo perseguido por alguns dirigentes da OAB. Não me importo, jamais desistirei… – Trabalho na area juridica desde 2009 – com Estagiário – e desde 2011, como profissional nas questões juridicas, como advogado que sou. Não precisamos de registro na OAB, é só regularizarmos definitivamente a OBB – ORDEM DOS BACHAREIS DO BRASIL e nos filiarmos a esta associaçao. Eu já sou filiado, e luto pela liberdade de trabalhar independentemente de estar ou não registrado em associaçoes, visto que, a Constituiçao nos garante esse direito. Defendo a OBB por ser um manifestaçao válida para acabar de uma vez com esse inconstitucional Exame de Ordem.

  6. jorge disse:

    So falta agora, os Bachareis em Direito de todos os cantos desse pais, acordar e engroçar as fileiras desse movimento. Sou pai de familia, Bel. em Direito, quero trabalhar e preciso trabalhar, mas sou barrado por esse exame vergonhoso e INCONSTITUCIONAL A hora é agora, chega de injustiça.

  7. Leonice disse:

    Há muitos anos se discute a insconstitucionalidade do exame da OAB , impedindo os bachareis em direito de trabalhar, a hora é esta de juntar as forças, momento é oportuno aos bacharei.
    Admiro este movimento que conseguiu chamar atenção do mundo! Chega de ser cordeirinhos!

  8. alvir.moreira@terra.com.br disse:

    Prezado Dr. Inácio,  respeitosamente tenho acompanhado pelo seu Emails , a sua preocupação pelas causas dos injustiçados de nosso país, por isso  gostaria, se possivel,  seu parecer para o questionamento que ora faço: Onde estão as “ORGANIZAÇÕES DOS BACHARÉIS” que são contra o Exame da OAB, sua forma de aplicação e arrecadação sem prestar contas a quem quer que seja, e assim  substimando a inteligência do povo  e pisoteando princípios fundamentais da constituição). Não seria oportuno que também usando do momento e diante da mídia lá estivessem com suas bandeiras, faixas e cartazes, e o que dizer desse momento para através das redes sociais, fazer circular a convocação dos bacharéis a sairem para as RUAS ? Eles não estão perdendo uma grande oportunidade ? a.m.c

  9. Luiz caldas disse:

    agora é a hora também dos bacharéis se manifestar para por fim na prova da ordem

  10. josé Porto disse:

    Dr. Inácio. Li seu texto. Gostei, quando disse que o povo acordou. Só falta acordar os Bachareis em direito. Vi pela televisão os manifestantes com varias placas de reivindicação. Fiquei atento para ver se via algum manifestante bacharel em direito pedindo fim do exame de ordem, fora OAB, nada aconteceu. Para completar, li uma matéria, onde dizia que a oab estava dando assistências jurídicas aos manifestantes, foi mais uma decepção. Não seria a hora oportuna para os bachareis mobilizar juntamente com este movimento?. Que Deus abencõe os bachareis em direito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s