Juízes e advogados se unem para denegrir a imagem de Barbosa a fim de manter o ‘status quo”


Juízes e advogados criticam declarações de Barbosa

Vannildo Mendes | Agência Estado

Acusados de “conluio pernicioso” nas relações em torno dos processos judiciais, juízes e advogados se uniram nesta quarta-feira na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), para um repúdio conjunto às declarações feitas no dia anterior pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa. Em entrevista coletiva, integrantes das entidades alertaram que as declarações de Barbosa afetam a credibilidade do Judiciário e o estado de direito democrático e remetem o País ao tempo da barbárie.

A Associação de Magistrados do Brasil (AMB), a Associação Nacional de Juízes Federais e a OAB informaram que vão pedir audiência a Barbosa para alertá-lo de que suas generalizações são um desserviço à justiça e uma ameaça à própria democracia. “Não podemos jamais fazer um discurso que possa retomar uma época de ditadura no nosso País, em que não havia respeito às garantias do magistrado, respeito à liberdade de imprensa ou à liberdade profissional do advogado”, disse o presidente do conselho federal da OAB, Marcus Vinícius Furtado.

Ele estendeu sua crítica aos rompantes temperamentais de Barbosa, que tem investido não só contra desvios de colegas mas também tem atacado a imprensa e a classe política. Recentemente ele mandou um repórter do jornal O Estado de S. Paulo ir “chafurdar no lixo”. Furtado chamou a atenção, sobretudo, para o dano coletivo que o descrédito da justiça pode causar. “As pessoas necessitam do estado julgador para resolver os litígios, senão iremos voltar à barbárie, a um tempo antigo em que não havia justiça”, observou.

Para o presidente da Associação dos Juízes Federais, Nino Oliveira Toldo, o pior da crítica de Barbosa é a generalização que ele faz quando insinua que o conluio entre juízes e advogados é uma rotina na Justiça. Durante sessão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), nesta terça (19), o ministro disse que há muitos juízes a serem punidos com expulsão e que o conluio deles com advogados é “o que há de mais pernicioso”. Disse mais: “Nós sabemos que há decisões graciosas, condescendentes, absolutamente fora das regras”.

“A magistratura está bastante indignada com atitudes assim, que não são muito sensatas, vindas de um presidente do STF”, criticou o vice-presidente da AMB, Raduan Miguel Filho. Ele disse que há problemas na justiça, como em qualquer atividade, mas os casos pontuais devem ser levados às corregedorias e o próprio CNJ, que existem para julgar e punir desvios. “Mas não concordamos com colocações que põem em dúvida a lisura da magistratura, a idoneidade e a dignidade de todos os magistrados, de uma forma em que se generaliza um assunto tão delicado”, explicou.

Fonte: UOL

Esse post foi publicado em Direito e justiça. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Juízes e advogados se unem para denegrir a imagem de Barbosa a fim de manter o ‘status quo”

  1. Elço Ferreira dos Santos disse:

    A justiça de um modo geral esta comprometida com a oab, esse conselho totalitario esta entranhado em quase todas as áreas onde existe poder, é a forma do regime totalitarista de atuar, colocando todos aos seus pés. O Ministro Joaquim Barbosa tem personalidade e vontade própria, requesitos fundamentais de um homem sério, coisa que não acontece com seus opositores, péssimos juizes, advogados de atitudes enadequadas e membros vinculados ao conselho totalitario, que procura fazer reserva de mercado, sem prestar contas a ninguem, e fazer concurso público com edital sendo uma entidade privada, conforme parecer do STF.

  2. Audra Cooley disse:

    Por outro lado, o novo presidente do STF defendeu a necessidade de se reforçar a independência do juiz, de afastá-lo, desde o ingresso na carreira, das múltiplas e nocivas influências que podem, paulatinamente, minar-lhe a independência. De acordo com o ministro Joaquim Barbosa, essas más influências podem manifestar-se tanto a partir da própria hierarquia interna a que o jovem juiz se vê submetido, quanto dos laços políticos de que ele pode, às vezes, tornar-se tributário, na natural e humana busca por ascensão funcional e profissional .

  3. quem pode denegrir a justiça deste país, ela não permite, pois ela própria se denigre, os que estudam para fazer justiça fazem muito mais ao contrario, sem nem uma dor na consciência, se é que têm, claro, sem generalizar, pois se colocarmos na peneira talvez sobre alguns.

  4. JOSE MARIA DE AQUINO disse:

    Joaquim Barbosa, O Ministro do século vem desempenhando um papel importantíssimo frente ao STF agora como o seu Presidente. Antigamente quando não se cumpria parte da constituição, principalmente os seus princípios fundamentais, mais precisamente o Princípio da isonomia, os “GRANDALHÕES” apenas elogiava o Ministro Barbosa. As coisas mudam e as pessoas honestas não aguentam muito tempo ver a corda somente arrebentar do lado dos mais fracos e oprimidos. Estamos diante de uma democracia imoral onde os benefícios ficam alojados nas reservas dos TUBARÕES que em concluio vergonhoso almejam atentar contra um Ministro sério e que deseja desempenhar o seu papel baseado na legalidade de forma que a Nação Brasileita possa de forma uniforme cumprir a sua forma de Estado plenamente democrática.
    Enquanto a pimenta estava sendo passada no olho dos pequenos a chamavam de refresco, mas quando ela começa a arder no olho dos corruptos a coisa começa a ficar diferente e o Ministro começa sentir a pressão daqueles contrários ao bem comum e ao desempenho de uma democracia plemanamente pluralista. É disso que o Brasil precisa. Que Deus permita que ainda surja no STF pelo menos mais uma meia duzia de pessoas da postura do Ministro Joaquim Barbosa – mais de 150 milhões de brasileiros o aplaude e estão do seu lado. AVANTE MINISTRO JOAQUIM BARBOSA.

  5. antoniocaser disse:

    Tocaram em suas feridas, só se sentem ofendidos quem tem “culpa no cartório”.

  6. No Brasil a JUSTIÇA somente será completa quando os políticos e o Supremo cumprirem a CARTA MAGNA. Sem igualdade não existe JUSTIÇA. O Ministro Barbosa tem toda razão, uma pena que está só nesta SELVA. Sou advogado e não me senti ofendido com os comentários do Ministro, eis que, sempre advoguei dentro dos princípios eticos e ditos comentários foram dirigidos aos juizes e advogados mal caráter, não ferindo os bons, aliás ESTES deveriam aplaudir as manifestações do Grande Ministro Barbosa.

    • Luiz Paulo Neto disse:

      Sinceramente, eu vejo essa questão envolvendo a fala do Presidente do STF, a mais pura verdade, essas raposas sabem que o Ministro não está falando sem conhecimento de causa , troca de favores entre Juízes e Advogado mal caráter existe mesmo e, isso ofende quem está inserido nesse contexto de corrupção, assim, estes que se insurgiram por certo devem ter sua parcela de culpa, cada procurando defender e salvaguardar suas imagens, seus interesses e o seu bolso, enfim… Sr: Ministro Joaquim Barbosa, a sua voz é a nossa voz . Deus o Abençoe e te dê forças Ministro, para continuar lutando pela moralidade do nosso Brasil.

    • eu também sou advogada, e gostaria muito que a ponte se quebrasse com todos esses corruptos em cima, seria um limpa, não se deixe abater MJB, as pessoas de bem estão do seu lado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s