Nota do Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis em Direito do Brasil #FIMEXAMEOABX #examedeordemINCONSTITUCIONALX #CPIdaOAB


Bom dia para os colegas Bacharéis em Direito e todos os leitores desta respeitável coluna do Dr. Inácio Vacchiano, que desde já agradecemos, pelo seu apoio irrestrito,  a nossa árdua luta, que é principalmente,  inserir os profissionais “BACHARÉIS EM DIREITO(ADVOGADOS) NO MERCADO  DE TRABALHO”!  Em se tratando de toda a articulação do Inenarrável “Deputado Eduardo Cunha”, pois cumpre de forma cristalina, seu papel como político e parlamentar, que é defender a classe dos menos favorecidos, no tocante nesta oportunidade,  a classe dos Bacharéis em direito por exemplo. Pois é um   defensor fervoroso, desde o ano de 2011(PL 2154/2011), o qual tem plena sabedoria, para fazer o que for preciso dentro da legalidade, mesmo que seja para  preencher lacunas, Inclusão de jabutis em medidas provisórias;  o relevante,  é acabarmos com este exame imoral, desequilibrado, de cunho privado e com o foco principal para arrecadação milionária e de reserva ilegal de mercado.

Ressaltando, que  a CONSTITUIÇÃO FEDERAL(CARTA MAGNA), foi suprimida pela lei privada da OAB, que é hierarquicamente inferior a nossa lei,  que impera sobre o ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. A própria OAB, fica criando discurso  vicioso e sem fundamento, para manter sua maior forma de arrecadação, que são  as taxas dos exames, arrecadados de centenas de bacharéis que  se inscrevem no seu EXAME RELÂMPAGO, em média três vezes ao ano,   aumentando cada vez mais,  o grande caixa  financeiro, desta entidade, denominada  “OAB”, que é na realidade “ÍMPAR”, nem pública e nem privada.

A  mesma,  como toda sociedade de um modo em geral, tem conhecimento,  não presta conta ao TRIBUNAL DE CONTAS, sua eleição continua secreta, suas leis são superiores aos anseios da sociedade e reiteradamente da nossa CARTA MAGNA. Enfim a OAB, utiliza-se de um discurso hipócrita, que seu exame é para proteger a sociedade;  pois todos nós sabemos, quem  protege a sociedade são as leis;  os profissionais que não têm competência para exercerem suas profissões,  são extintos pela própria sociedade, quando são lesadas pelos serviços prestados, e sendo  ineficazes. A OAB, vai continuando utilizando todos os recursos possíveis e até considerados impossíveis, para manter seu EXAME RELÂMPAGO(CAÇA-NÍQUEIS);  mas a curto e médio prazo, acreditamos que isto vai mudar.  Enfim, aproveitamos a oportunidade para reiterar o nosso apoio  ao Notável Deputado Eduardo Cunha, a continuar esta luta equilibrada, que acreditamos que o mesmo vencerá com apoio da maioria dos seus colegas parlamentares, que utilizarão do espírito de justiça, que sempre caracterizou o CONGRESSO NACIONAL, acabando em caráter definitivo com o exame considerado complementar das Universidades, que alías, o ESTADO continua perdendo credibilidade  e demonstrando para a sociedade,  que não  tem competência para expedir seus diplomas de nível universitário.

Fonte: João Batista Suave – Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis em Direito do Brasil Data da publicação: 04 de Junho de  2013.

JOÃO BATISTA SUAVE – PRESIDENTE NACIONAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL

LUIZ SANTANA COUTINHO – PRESIDENTE ESTADUAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL DE SÃO PAULO-SP

JOSÉ SILO DA SILVA – PRESIDENTE ESTADUAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL DO RIO DE JANEIRO-RJ

JURANDIR SOARES DE OLIVEIRA – PRESIDENTE ESTADUAL DA MARCHA DOS BACHARÉIS EM DIREITO DO BRASIL DE MINAS GERAIS-MG

Esse post foi publicado em A Marcha dos Bacharéis, EXAME DE ORDEM e marcado , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Nota do Presidente Nacional da Marcha dos Bacharéis em Direito do Brasil #FIMEXAMEOABX #examedeordemINCONSTITUCIONALX #CPIdaOAB

  1. Manuel disse:

    Vamos lutar pela gratuidade do EXAME para todos já ………..

  2. Elço Ferreira dos Santos disse:

    A primeira pergunta; o que é a OAB? Resposta é um conselho de classe, esse conselho se enquadra em que tipo? É um conselho privado, ou é um conselho público? Se for privado e acredito ser, assim determinou o STF, evidentemente manipulado pela OAB, isso porque sendo privado não precisa prestar contas a nenhum orgão publico, como seria o caso de ser a OAB um conselho com regras públicas.
    Como pode uma entidade particular editar um concurso público com regras de concurso público?
    Estamos diante de uma aberração e ninguem faz nada, no meu entender êsse é o grande argumento para uma ação judicial popular, já que o MPF é cego ou burro ou tem outros tipos de interesses visando proteger a OAB.

  3. Bruno disse:

    Fui injustiçado em um exame de segunda fase.Para acabar com a arrecadação milionária, consequentemente, as injustiças cometidas, é bastante simples, basta torná-lo gratuito, ou, com baixos valores a serem estipulados mediante lei federal (ex. R$20,00) seria um golpe fatal nos valores milionários arrecadados de forma indecente pela ordem. Outra sugestão, que o governo vai adorar, é o Mec aplicar o exame (correriam milhoes no orçamento para os políticos manipularem).

    • emanuel disse:

      Acredito que se o exame fosse gratuito não teria essa PUT……..A. Mas, até o momento não vi nenhuma manifestação neste sentido, já que que ninguem consegue acabar com ele a forma mais viável seria a gratuidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s