Ophir culpa as faculdades pela reprovação de 83,33% no #examedeordemINCONSTITUCIONAL #FIMEXAMEOAB #CPIdaOAB


Com diploma, mas fora dos tribunais

Mais de 80% dos inscritos na prova da OAB foram reprovados já na 1ª fase. Sem a carteira não é possível exercer a advocacia

Grasielle Castro

Brasília – Oito em cada 10 bacharéis em direito que fizeram em dezembro a primeira fase do 9º Exame de Ordem Unificado foram reprovados. O balanço da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), divulgado ontem, revela que, das 114.763 pessoas que prestaram a prova, apenas 19.134 foram aprovadas e seguem para a segunda etapa da prova, marcada para 24 de fevereiro. O índice de aproveitamento é de 16,67%. O percentual é o mais baixo entre os seis últimos exames aplicados. O presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante, entretanto, não considerou que a média de aprovados destoa dos resultados anteriores e creditou o baixo rendimento ao nível da prova.

De acordo com Cavalcante, o esperado é que toda avaliação siga o mesmo padrão de dificuldade, mas nem sempre o objetivo é alcançado. “A prova foi um pouco mais rigorosa, mas dentro do que estava previsto no edital e da grade curricular. Estamos buscando uma calibragem, porém é evidente que há variações, dependendo da banca de cada exame. A primeira etapa costuma ser mais rigorosa, porque avalia conhecimentos jurídicos. Já a segunda trata mais da redação, da prática e da técnica. No primeiro momento, o resultado causa uma certa perplexidade, mas o número de aprovados não está fora da série histórica, que tem aprovado entre 15 mil e 20 mil”, ressalta. A expectativa da OAB é que mais de 80% desses candidatos sejam aprovados na segunda etapa.

Ao comentar o resultado da prova, Ophir Cavalcante atribuiu ainda a alta reprovação (83,33%) à má qualidade dos cursos de direito. “É necessário combater as causas e haver uma fiscalização maior por parte do MEC. Se os cursos não começarem a ser fechados, vamos continuar a ter esses reflexos assustadores”, completou. E mais uma vez ressaltou a importância da realização do exame. “A Ordem é fundamental para a qualificação do profissional, mostra que ele está apto para a defesa do cidadão. Não é uma iniciativa de uma classe profissional com o objetivo de reserva de mercado”, explica.

A OAB não confirma se este é o maior índice de reprovação já registrado na primeira etapa do exame, mas o número de reprovados deste ano é duas vezes e meia superior ao do ano passado, quando 114.520 inscritos fizeram o teste e 51.260 chegaram à fase final. Na ocasião, a taxa de reprovados foi de 56,5%. Além disso, o índice de 16,67% de candidatos que passaram para a segunda fase é muito próximo do resultado de candidatos aprovados desde 2008. No ano passado, 17,63% dos bacharéis conseguiram a carteira da Ordem.

Conceito preliminar A aprovação no Exame da OAB é obrigatória para o bacharel em direito exercer a advocacia. A primeira fase é composta por uma prova objetiva formada por 80 questões de múltipla escolha. Para passar, o candidato precisaria acertar pelo menos 50% das perguntas. Na segunda etapa, o candidato precisa redigir uma peça processual e responder a quatro questões, sob a forma de situações-problema compreendendo diversas áreas do direito.

A polêmica em torno do alto índice de reprovação na prova da OAB é antiga, assim como a justificativa da má qualidade de ensino nas faculdades. Para se ter ideia, em 2011 o MEC determinou a redução de quase 11 mil vagas de 136 cursos de direito que tiveram baixo desempenho no “conceito preliminar de curso”, índice que considera, além do desempenho dos estudantes, o corpo docente, a infraestrutura da faculdade e os recursos didático-pedagógicos.

Enquanto isso…

…Polêmica no congresso

Um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados acaba com o exame da OAB como critério para permitir que os bacharéis em direito atuem na advocacia. O autor da proposta, deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ), alega que o curso é o único de nível superior em que alguém que se forma é impedido de exercer a profissão. Houve uma tentativa de colocar o texto em regime de urgência mas o plenário rejeitou e a matéria voltou para a Comissão de Constituição e Justiça em dezembro. Enquanto o exame de ordem não acaba, há quem queira criar um exame nacional de proficiência em medicina como requisito para os médicos exercerem a profissão. O projeto do deputado federal Onofre Santo Agostini (PSD/SC) e um texto semelhante estão parados, aguardando votação no Senado. Não há consenso na categoria sobre a medida.

Fonte: Agência Senado

Esse post foi publicado em Estatísticas, EXAME DE ORDEM e marcado , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Ophir culpa as faculdades pela reprovação de 83,33% no #examedeordemINCONSTITUCIONAL #FIMEXAMEOAB #CPIdaOAB

  1. Elço Ferreira dos Santos disse:

    O totalitarismo de uma ordem, tipo conselho de classe, vai sempre defender o seu direito de selecionar os bachareis de direito, para poderem trabalhar na profissão, quem tinha que tomar alguma atitude, não tomou, falo do MEC, pela sua omissão, talvez por medo da OAB, não percebeu a manobra oportunista e desleal, quando da criação da lei que criou o estatuto dos advogados. Foi tirado o pré requisito que era a pratica juridica e o exame que era facultativo, passou a ser exigido para obter a inscrição na ordem. Outrro tambem que tem responsabilidade é o MP por omissão, tambem não percebeu a manobra da OAB.
    Ainda penso que, se MP ajudar e levantar a questão há possiblidade do exame passar para o MEC ou ser a criado a Proficiencia, em que todos os cursos superiores, só obteriam o diploma , após passar por uma prova no MEC, sem intervenção de conselho. Conselho só existe porque existe os profissionais.

  2. RICARDO disse:

    É UMA VERGONHA… OS SENHORES REITORES NÃO DIZEM NADA…REPRESENTAM O ESTADO COM PODERES PARA CONFERIR O GRAU, OS SENHORES PROFESSORES, JUÍZES, DESEMBARGADORES, DELEGADOS DE POLICIA, PROMOTORES DE JUSTIÇA TODOS SÃO TAXADOS DE INCOMPETENTES, DONOS DE CURSINHOS PREPARATÓRIOS, MUITOS COM CENTENAS DE LIVROS JURÍDICOS PUBLICADOS, E NENHUM SE MANIFESTA… O SR. OPHIIR ALEGA O NÍVEL QUE É DA PÉSSIMA QUALIDADE NO ENSINO…

    ISSO TEM QUE ACABAR… COMO PODE A OAB DIZER QUE O BACHAREL NÃO É ADVOGADO? ORA ABSURDO E CONTROVERSO, TENDO EM VISTA QUE DURANTE A GRADUAÇÃO SE TEM CINCO ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS, ONDE SE ATUA COMO ADVOGADO FOSSE, FAZ TUDO, ATENDE CLIENTE, FAZ A PEÇA, RECURSOS, ASSISTE AUDIÊNCIAS, ENTRE OUTRAS FUNÇÕES, ALÉM DISSO, SE NÃO PODE ADVOGAR PARA QUE SERVE O JURAMENTO NA COLAÇÃO DE GRAU? SE O BACHAREL SÓ TERÁ COMPETÊNCIA A PARTIR DE UM EXAME E QUE A OAB ALEGA QUE ISSO SERVE PARA PROTEGER O CIDADÃO, RAZÃO NÃO TEM DE EXISTIR UM TRIBUNAL DE ÉTICA E DISCIPLINA? EXAME NÃO DA OAB NÃO PODE SER EQUIPARADO COMO CONCURSO PÚBLICO AO CARGO DE ADVOGADO.

    TEMOS QUE ACABAR COM ESSE CÂNCER QUE É O EXAME DE ORDEM… NÃO PODEMOS ACEITAR… NÃO PODEMOS PERDER MAIS TEMPO…. ISSO NÃO PODE VIRAR EM TRAMPOLIM PARA CANDIDATOS A ELEIÇÃO NA CARREIRA POLÍTICA… TEMOS QUE UNIR FORÇAS URGENTEMENTE E SE MANIFESTAR DIRETAMENTE COM A PRESIDENTE DILMA, ACREDITO QUE É DESSA MANEIRA QUE CONSEGUIREMOS DERRUBAR O EXAME DE ORDEM..

    NÃO PODEMOS MAIS ACEITAR ESSA CONDIÇÃO INDIGNA E HUMILHANTE COM TOTAL DESRESPEITO QUE A OAB IMPÕE AO BACHAREL DE DIREITO.

    IMPEACHMENT JÁ … FORA DILMA …

  3. JOSE MARIA DE AQUINO disse:

    A OAB ESTA PASSANDO POR CIMA DE TODOS OS PODERES DA UNIÃO E NÃO HÁ NINGUÉM QUE IMPEÇA ESSE ABSURDO. PARECE QUE ESTAMOS NUM PAÍS SEM PRESIDENTE, SEM AUTORIDADES SUFICIENTES PARA COMBATER ESSE VERME CHAMADO OAB. AQUI NÃO SE RESPEITA O TRABALHADOR, NEM AS DEMAIS PESSOAS DE BEM. ESTAMOS NUM PAÍS QUE DESRESPEITA VERGONHOSAMENTE O PRINCÍPIO DA ISONOMIA, POIS SÃOS OS BACHARÉIS EM DIREITO OS ÚNICOS QUE NÃO PODEM TRABALHAR AO SAIR DA FACULDADE PORQUE SOMOS OBRIGADOS A DAR MORDOMIAS A ESTES MAMADORES DA OAB. TEM HORA QUE DA VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
    EU CONCLAMO AO CONGRESSO NACIONAL, AO STF, A PROCURADORIA DA REPÚBLICA, A PRESIDENTA DILMA, A ONU, QUE ACORDEM PORQUE SE DEIXAR COMO ESTÁ DAQUI A POUCOS DIAS O ORPHIR CAVALCANTE VAI COMEÇAR A REVOGAR ATOS DA PRESIDENCIA E OUTRAS COISAS MAIS.
    SE A DEMOCRACIA FOR DESSE JEITO PREFIRO MIL VEZES A DITADURA MILITAR, POIS NAQUELA EPOCA QUERIA VER SE O ORPHIR TINHA PEITO PARA FAZER O QUE BEM ENTENDIA. PAÍS ONDE NÃO SE RESPEITA A CONSTITUIÇÃO TEM DE SER DIRIGIDO POR LINHA DURA PARA JOGAR INSETICIDA NESTA RATAIADA QUE FAZ DO NOSSO BRASIL UMA PRATELEIRA CHEIA DE QUEIJO. ONDE JÁ SE VIU PROIBIR BACHAREL TRABALHAR. O MÉDICO QUE CUIDA DA VIDA SAI DA FACULDADE E JÁ VAI DIRETO PARA SEU CONSULTÓRIO
    PARA O ENGENHEIRO A MESMA COISA. O BACHAREL TEM DE FICAR A VIDA TODA DEPOSITANDO DUZENTOS REAIS NA CONTA DESTA FAMIGERADA OAB, PURA RESERVA DE MERCADO.

  4. angelisa disse:

    Porque o Sr. Dr. Ophir, que nunca prestou exame da OAB, não dá o exemplo e vai fazer o exame??? Fácil falar e jogar pedra nos outros, hipócrita……

  5. CELIA disse:

    OPHIR TEM Q PRESTAR ESTE EXAME, DEPOIS TEM COMO OPTAR SOBRE ALGUMA COISA, QUEM É ELE PARA DIZER Q AS FACULDADES SÃO AS RESPONSÁVEIS? ELE ,Q EU SAIBA NÃO PRESTOU ESTE EXAME, SOMENTE COLHE OS OVOS DE OURO TIRADO DAS COSTAS DOS BACHAREIS, ESTE ANTES DE MAIS NADA, TERIA Q PRESTAR ESTE E GABARITAR O TAL EXAME PR JOGAR PEDRAS EM INSTITUIÇÕES E DEIXAR DE PERSEGUIR BACHAREIS
    PARA MIM OQ ESTE CARA DIZ NÃO SIGNIFICA NADA, ELE NÃO TEM A MORAL DE FALAR ALGUMA COISA …..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s