Segundo Barbosa não adianta os réus do mensalão recorrerem a OEA #bandidosdetoga


Falta a dosimetria da pena para confirmar, mas ao que tudo indica o STF lançou um novo paradigma aos julgamentos contra a corrupção.

Aqueles Juízes medrosos que tinham medo de fazer o que é certo em seus julgamentos para não serem alvo de críticas, de não parecerem tão razoáveis, medo de não serem promovidos aos tribunais por excesso em seus julgamentos, agora podem fazer seu trabalho direitinho (viu…), pois o STF já disse que condenar bandido está certo, dentro da Lei e da proporcionalidade.

Mas, contrário do que disse o Presidente do CNJ há mais de meia dúzia de Juízes Bandidos, venda de sentença e outros formas de corrução que acontecem no Judiciário não é fácil provar.

Cargos de confiança no Judiciário, quer dizer CARGO DE CONFIANÇA DO JUIZ (da pessoa do Juiz e não da JUSTIÇA). Digo isto para que o CNJ fique atento àqueles que ocupam cargo de confiança sem concurso público.

Mais uma dica para saber se o Juiz vende sentença: Pergunte ao acessor, analista, técnico concursado. Os servidores sempre sabem… O difícil é tirar a informação… Quem é louco o suficiente para se meter com alguém com cargo vitalício, vasto conhecimento jurídico, poder, envolto em um corporativismo dos mais fechados que defendem até os pares corruptos? E que persegue quem se opõe contra eles…

A sociedade, à margem da política, criou a lei “ficha limpa”, que mesmo sabotada ainda tem surtido seus efeitos. 

Quando o Judiciário não faz o seu dever, nós sabemos muito bem o que está acontecendo. Estas coisas sempre vazam…

AP 470

Barbosa critica advogados que pretendem acionar OEA

O ministro Joaquim Barbosa, relator da Ação Penal 470 no Supremo Tribunal Federal, criticou, nesta terça-feira (9/10), os advogados que pretendem acionar a Organização dos Estados Americanos contra a condenação de seus clientes: “Pergunte a eles [os advogados] se já leram a Constituição brasileira, pergunte a eles se o Brasil é um país soberano o suficiente para tomar suas decisões de maneira soberana”. Segundo Barbosa, a legislação e a jurisprudência brasileira são pacíficas em não permitir recurso nos casos que envolvem réus com foro privilegiado, como é o caso do processo do mensalão.

De acordo com o ministro, é falacioso o argumento de que o juiz que instrui o processo não pode julgar: “É enganar o público leigo e ganhar dinheiro às custas de quem não tem informação”, disse.

O relator ainda informou que, nesta quarta-feira (10/10), deve julgar dois capítulos da ação do mensalão de uma só vez: o sétimo, que trata do crime de lavagem de dinheiro envolvendo integrantes do PT e do PL, e o oitavo, que trata dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas envolvendo o publicitário Duda Mendonça e sua sócia, Zilmar Fernandes.

O STF concluirá, ainda na quarta-feira, a análise de quatro dos sete capítulos da denúncia do Ministério Público Federal. Até o momento, 25 dos 37 réus já foram condenados por diversos crimes, como peculato, corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Os réus absolvidos até agora são: o ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República Luiz Gushiken; o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto; o ex-assessor do PL (atual PR) Antônio Lamas; a ex-funcionária de Marcos Valério Geiza Dias; e a ex-diretora do Banco Rural Ayanna Tenório. Alguns desses réus ainda responderão por outros crimes nos capítulos seguintes. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 10 de outubro de 2012

Esse post foi publicado em Direito e justiça, Direitos humanos, Notícias e política e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Segundo Barbosa não adianta os réus do mensalão recorrerem a OEA #bandidosdetoga

  1. Elço Ferreira dos Santos disse:

    A sorte da sociedade, é que, foi o relator do mensalão o Ministro Joaquim Barbosa, imagine se o relator fosse o Ministro que nunca foi juiz Sr. Tofoli e o relator o Sr. Lewandoski, seria uma festa, os réus passaria a ser o sociedade, apesar do Sr. Lewandoski, a justça sera feita.

  2. PAULO JORGE disse:

    POR ESTES MOTIVOS E OUTROS QUE ESTA “ordem” FAZ O QUE FAZ COM O EXAME, POIS TEM O JUDICIARIO, LEGISLATIVO, EXECUTIVO E IMPRENSA EM SUAS MAOS. PROJETOS DE LEI OU CPI CONTRA ESTE “conselho”, NAO CRIA ASAS, POIS TODOS TEM TELHADOS E JANELAS DE VIDRO, E NAO PODE FALAR NADA. SÃO COVARDES. ELES PRATICAM CONTRA A SOCIEDADE A DEMOCRATURA PLENA, E O MEDO FALA MAIS ALTO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s