Estatísticas da OAB: apontam existência de 5 MILHÕES de Bacharéis em direito e 700 mil advogados #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL


Os números estão subindo. Chegamos a 5 MILHÕES de bacharéis em direito que tiveram amputados o seu direito constitucional ao trabalho.

Se um ditador em qualquer lugar no mundo retirasse o sustendo de 5 MILHÕES de pessoas haveria uma panaceia mundial, com protestos em várias partes do mundo. Mas como isto ocorre aqui no Brasil, no silêncio,  num pais com extensão continental, de forma difusa, nada ocorre.

É como se puséssemos um colher bem cheia de sal em um copo com aguá. A água continua transparente, mas salgada.

Vale lembrar que paralegal equivale a “office boy” de luxo de advogado. Ou seja: alguém que vai trabalhar enquanto outro leva os louros do seu suor…

Veja ainda:

 

MERCADO DE TRABALHO

OAB-RJ quer entrada de bacharel no mercado como paralegal

Os cinco milhões de bacharéis em Direito que se formaram ao longo dos anos nas faculdades brasileiras mas não conseguem passar no Exame de Ordem deveriam entrar no mercado de trabalho com a figura do “paralegal”, ou seja, teriam direito de se inscrever na Ordem dos Advogados do Brasil e atuariam como uma espécie de assistente do advogado. A proposta é do presidente da seccional da OAB no Rio de Janeiro, Wadih Damous. Ele lembra que essa figura já existe e funciona com sucesso no modelo jurídico dos Estados Unidos.

Damous lembrou que inúmeros bacharéis de Direito que não conseguem aprovação no Exame desejam apenas uma oportunidade de trabalho até que consigam se qualificar para de fato exercer a advocacia. “O paralegal seria a opção ideal para acabar com o limbo em que se encontram esse bacharéis, dando-lhes status jurídico, com a possibilidade de inscrição na OAB sob tal designação”, afirmou.

Sobre o Projeto de Lei 2.154/2011, que prevê o fim do exame para os advogados, Damous afirmou que ele merece críticas no que diz respeito à intenção que lhe deu origem. “É mais do que evidente o propósito político-eleitoral, bem como de acerto de contas pessoal por trás da proposta. Não bastassem tais propósitos espúrios, a proposta em si é antirrepublicana e capaz de causar graves prejuízos a toda a sociedade brasileira”.

Para Damous, a aprovação no Exame de Ordem vem se mantendo, há algum tempo, em percentuais baixos mas a culpa não é dos candidatos. “Eles são vítimas de um ensino superior deficiente, que mais se importa com quantidade do que com a qualidade. Trata-se de verdadeiro estelionato educacional”, frisou. Assim, faz mais sentido afirmar que aqueles que não obtiveram a desejada aprovação no Exame da Ordem deveriam dirigir suas reclamações ao sistema de ensino como um todo, que não lhes forneceu a base necessária, lembrou o presidente da OAB.

As estatísticas apontam a existência de cerca de cinco milhões de bacharéis no Brasil, potenciais candidatos à inscrição dos quadros da OAB. Os atuais 700 mil advogados já colocam o Brasil no ranking dos três países com maior número desses profissionais, tanto em números absolutos quanto per capita, ao lado de Estados Unidos e Índia. “Extinto o Exame, o Brasil dispararia na frente”, destacou Damous.

“Isto não significa apenas prejuízo para o mercado da advocacia, que já não oferece condições dignas de trabalho aos advogados atualmente inscritos. Mas perderá, sobretudo, a sociedade, caso tenha que se valer de um profissional inserido em um mercado que se tornaria predatoriamente competitivo, com tantos profissionais disputando o mesmo espaço. Sem dúvida, a qualidade também cairia verticalmente”, concluiu o presidente da OAB-RJ.

Revista Consultor Jurídico, 1º de outubro de 2012

 

Veja também:

Esse post foi publicado em GERAL e marcado , . Guardar link permanente.

11 respostas para Estatísticas da OAB: apontam existência de 5 MILHÕES de Bacharéis em direito e 700 mil advogados #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL

  1. Pingback: Migalhas para quem não luta pelos seus direitos: Paralegal PROJETO DE LEI Nº , DE 2013 #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB | Inacio Vacchiano – Filósofo, jurista, jornalista

  2. Pingback: Vídio: 2º passo para o fim do Exame de Ordem – Audiência Pública 28/11/2012 #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB | Inacio Vacchiano

  3. Pingback: Vídeo: OBB fala na audiência pública do dia 28/11/2012 #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL #CPIdaOAB | Inacio Vacchiano

  4. Pingback: OBB e Bacharéis em Ação participarão da Audiência Pública do dia 28 que trata do #FIMEXAMEOAB #examedeordempeloMEC #CPIdaOAB | Inacio Vacchiano

  5. Elço Ferreira dos Santos disse:

    O presidente da OAB Rio de Janeiro, esta  com raciocinio lógico, seria esta criação do advogado paralegal, uma forma intermediaria, para permitir aos bachareis possibilidade de trabalho, sem entretanto abrir mão do seu direito de ser advogado legal. O presidenrte da OAB nacional  e o Presidente da OAB de São Paulo, são postulantes de cargo politicos, e querem trazer para suas ambições a populaçãocontra os bachareis, com mentiras, e insinuações que , se dado ao bacharel o seu direito de incrições afetara a segurança juridica, inclusive esses senhores falam que  a vida das pessoas estariam em risco, quem cuida da vida é o médico e não advogado, e os médicos não tem esse tipo de exame, sendo formado já pode trabalhar, é hora   e haver mudança de posição dos senhores epigrafado acima. Acho que a posição do Sr. Damous é correta, seria um bom presidente para a AOB nacional.

  6. Elço Ferreira dos Santos disse:

    O forte da OAB é a mentira e a covardia, alias o despoda esclarecido que escreveu o assunto em pauta, devia voltar para aula de matemática da 1ª série do sobral, ou seja a turma que sobrou do mobral, não sabe fazer conta simples, não merece comentarios.

  7. Não creio que esse famigerado exame da ordem serve para examinar a capacidade de alguém advogar ou de promover uma causa judiciária.no site http://www.conjur.com.br, tem um comentário interessante de Stanley Marx, onde ele faz a seguinte pergunta:”os cursos estão sofrendo por falta de um corpo docente decente, embora repleto de advogados, ou estão ou estão sofrendo por terem neste mesmo corpo docente professores no mínimo indecentes, uma vez que os criticam em reportagens mil, mas não são capazes de deixar tais instituições?”Eu tenho 50 anos e estou cursando o 3º período Direito, será que depois de 5 anos, ao terminar o curso, serei capaz de ser “APROVADO”?

  8. FRANCISCO CARLOS ANONI disse:

    OLÁ, BOM DIA ! SERÁ QUE O SR.Wadih Damous, ESTÁ SABENDO QUE O “QUALIFICADO” PRESIDENTE NACIONAL DA O.A.B. OPHIR CAVALCANTE, TEVE QUE EMENDAR UMA INICIAL  

    CONTRA O PRESIDENTE DA O.B.B. ?

    >________________________________ >De: Inacio Vacchiano >Para: franciscocanoni@yahoo.com.br >Enviadas: Segunda-feira, 1 de Outubro de 2012 19:54 >Assunto: [Novo post] Estatísticas da OAB: apontam existência de 5 MILHÕES de Bacharéis em direito e 700 mil advogados #FIMEXAMEOAB #examedeordemINCONSTITUCIONAL > >Inacio Vacchiano publicou: “Os números estão subindo. Chegamos a 5 MILHÕES de bacharéis em direito que tiveram amputados o seu direito constitucional ao trabalho. Se um ditador em qualquer lugar no mundo retirasse o sustendo de 5 MILHÕES de pessoas haveria uma panaceia mundial” >

  9. Pingback: OAB afirma em debate contra MNBD que há 4MILHOES de Bachareis e 700 mil Advogados | Inacio Vacchiano

  10. Pingback: Ophir diz: milhões de novos advogados = “um caos para sociedade” | Inacio Vacchiano

  11. Pingback: São 4,5 milhões de bacharéis sem carteira da OAB afirma presidente da OAB do Rio de Janeiro Wadih Damous. #examedeordemINCONSTITUCIONAL #examedeordempeloMEC | Inacio Vacchiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s