OAB enfrenta incertezas de CPI para explicar fraudes no exame e PL pelo fim está próximo, diz Gisa Moura #examedeordemINCONSTITUCIONAL #FIMEXAMEOAB


OAB enfrenta incertezas de CPI para explicar fraudes no exame e PL pelo fim está próximo, diz Gisa Moura

Com certeza, cada organização carrega sua marca e sua identidade. A presidenta do Movimento Bacharéis Em Ação, Gisa Moura, se destaca não só pela capacidade de articulação política e planejamento nas ações em defesa do fim do exame de ordem.

O Movimento Bacharéis Em Ação, é hoje a grande marca dos estudantes e bacharéis de direito. Na entrevista concedida ao site Justiça em Foco, podemos perceber o que levou a presidenta do Movimento Bacharéis Em Ação, Gisa Moura, a conquistar respeito e liderança dos bacharéis em todo Brasil.

 Os Bacharéis estão no caminho certo para o fim do exame de ordem, via o Projeto de Lei(PL), de autoria do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

 Agora, a OAB enfrenta incertezas, já que após o recesso até 31 de julho, a Câmara dos Deputados – deve receber requerimento de pedido de CPI.

 Confira abaixo a íntegra da entrevista com a presidenta do Movimento Bacharéis Em Ação, Gisa Moura.

 Justiça em Foco(Editor/Ronaldo Nóbrega Medeiros): Qual será o foco agora, após encaminhamento dos documentos ao Presidente da Câmara, Deputado Marco Maia, que pode culminar com a abertura de uma CPI contra a OAB?

Gisa Moura: Em primeiro lugar, a audiência foi solicitada pelo Movimento dos Bacharéis em Ação. Convidei bacharéis e representantes de ONGs para audiência. O foco continua sendo o mesmo, o fim do exame de ordem, e apoio ao deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que apresentou o projeto de lei. Encaminhei a documentação e as informações conforme havia prometido, ao presidente da Câmara. Agora a abertura de CPI é uma questão a ser decidida pela Câmara dos Deputados. 

Justiça em Foco: Com a divulgação da matéria “Câmara ouve Bacharéis e pode abrir CPI para investigar OAB” a OAB Nacional vai se empenhar pela não apresentação de requerimento para sua possível instalação. Como a Dra. Gisa Moura recebeu as criticas sobre a antecipação? 

Gisa Moura: Na Polícia Federal, há inquéritos sobre fraudes envolvendo dirigentes da OAB – algumas Seccionais, sobre o Exame de Ordem. Dizer que eu antecipei, é algo sem sentido. Agora, a OAB forme sua tropa de choque para evitar a CPI da OAB. Se algo tem probabilidade de dar errado, certamente dará. 

Justiça em Foco:  Então as informações sobre a possível CPI da OAB, comunicadas pelo Movimento dos Bacharéis em Ação, ao Justiça em Foco,  foi para ocupar a OAB? 

Gisa Moura: Risos… Acredito que agora a OAB terá um desafio, evitar que a “Caixa Preta” da OAB seja aberta, e deixar de dedicarse unicamente pela manutenção  do Exame de Ordem, ou até mesmo pelo projeto de lei que propõe eleições diretas para a OAB. 

Justiça em Foco:  Então está otimista, na aprovação do projeto pelo fim do exame de Ordem?  

Gisa Moura:  Claro que sim. O provimento de nº 144 do Conselho Federal da Ordem  dos  Advogados  do  Brasil(CFOAB), fere frontalmente o principio da Igualdade (Cláusula Pétrea). Recentemente outro provimento, do CFOAB,   foi para privilegiar os membros do Ministério Publico e da Magistratura, que hoje são dispensados de prestar a prova da OAB, quando de suas aposentadorias, exigindo dos demais, como: delegados,  parlamentares(que fazem as leis nesse país), militares e funcionários públicos (ambos formados em direito), o tal exame de ordem, para receberem suas carteiras. Na verdade, não podemos aceitar no Brasil o cidadão de primeira e segunda categoria, pois todos somos iguais perante a Lei conforme nossa Carta Magna. 

Justiça em Foco:  Qual número de advogados no Brasil, que exercem a profissão sem exame de Ordem? 

Gisa Moura: Não sei. Gostaria que a OAB revelasse o grande número. Por sinal, já enviei requerimento ao Conselho Federal da Ordem  dos  Advogados  do  Brasil, neste sentido. Espero em breve, ter acesso as  informações. 

Justiça em Foco:  Quem fez a prova de Direito do Trabalho no último Exame de Ordem está reclamando do enunciado. Qual sua opinião? 

Gisa Moura: É incrível. Mas o fato é que o Mercado para advogados trabalhistas cresceu com a crise econômica mundial. Daí fica claro, a agressão ao princípio da isonomia e a intenção de prejudicar quem escolheu o direito trabalhista. Aliás, acredito que o único e verdadeiro propósito é para continuar a explorar os bacharéis de Direito nos grandes escritórios especializados em direito do trabalho. A Balança da OAB que investiga e controla o mercado de trabalho, conseguiu colocar ao seu lado, um excelente aliado, ou seja, a Fundação Getúlio Vargas, que também se dedica à produção de estatísticas. E certamente sabe frear um crescimento de mercado, com a intenção de prejudicar os jovens bacharéis capacitados para exercer com independência o Direito Trabalhista. 

Fonte: Da redação – Justiça em Foco

Esse post foi publicado em A Marcha dos Bacharéis, Bacharéis em ação, GERAL e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para OAB enfrenta incertezas de CPI para explicar fraudes no exame e PL pelo fim está próximo, diz Gisa Moura #examedeordemINCONSTITUCIONAL #FIMEXAMEOAB

  1. NÃO GENERALIZANDO A COISA…a realidade do brasileiro, é o espírito de LUTA. O brasileiro não foi educado e nem tem interesse no próprio bem-estar.Já estava esquecendo:tendo futebol,carnaval,samba e mulher,o resto empurra com a barriga.Como é triste um povo com esse nível de cultura…”se conhece um evoluído é pela educação, o povo não aceita as injustiças vai a luta, manifestam, e grita pela liberdade e expressão e pelo direito ao qual já jus!! Certo dia ouvi de um bacharel, tamanho descredito da justiça…que havia alguns bacharéis que queria trabalhar..estava desesperado, tinha perdido seu tempo com o curso de direito, que nd servia para ele, desempregado e endividado!! apatia total…sem forças para lutar…assim tem muitos nessa condição subalterno de escritórios, fazendo todo trabalho e recebendo ninharias pelo serviço jurídico. E o acontece atual estão escravizando os bacharéis, e humilhando-os! então por não passam no exame! esse é o tratamento dado ao bel. Clamamos por justiça..MNBDGO

  2. Ivan de Salles disse:

    Tenho vergonha de ser brasileiro. Os ministros “deuses” do STF, afirmam que o exame da OAB,é
    CONSTITUCIONAL. Meu DEUS:quem não tem condições e nem inteligencia para ler a CONSTITUIÇÃO FEDERAL SECA, TEM AS ANOTADAS E COMENTADAS. A CF é bem clara e
    objetiva a respeito do exame da OAB. Mas, os “deuses” do STF, acreditam na IMUNIDADE DIVINA. Eles pensam que são “deuses” poderosos, que podem brincar com o destino do ser humano. É vergonha nacional o exame da OAB. A “história” é sempre a mesma:”o ensino é de
    péssima qualidade. As faculdades de Direito não ensinam nada. Por isso, é necessário o exame
    para afastar os ignorantes e analfabetos”. Mas, os ignorantes na OAB, são os próprios diretores e seu malicioso OPHIR CAVALCANTE. Eles não conheceram os grandes JURISTAS BRASILEIROS. Nenhum deles prestou o exame da OAB. O saudoso DOUTOR EVANDRO LINS E
    SILVA, na época em que era estudante de Direito, tinha aulas apenas DUAS VEZES NA SEMANA.
    Além disso, o curso de Direito tinha um período de QUATRO ANOS. Portanto, os grandes
    JURISTAS BRASILEIROS, estudaram apenas quatro anos e não foram AVALIADOS pelo exame
    da OAB. Que tal os diretores da OAB e seu presidente, conhecerem os livros do saudoso
    JURISTA EVANDRO LINS E SILVA ? A OAB deveria ter respeito e consideração pelos bacharéis
    em Direito. Analfabeto, é um ser humano que não teve oportunidade na vida, para estudar.
    Assim mesmo, se foi falta de interesse, o analfabeto deve ser respeitado como pessoa humana.
    A OAB fala tanto em DIREITOS HUMANOS E NA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. Isto é, só
    nas entrevistas para jornais e televisão. Mas, na realidade, a OAB desconhece o que é
    DIGNIDADE HUMANA. Enfim, o Brasil ainda vive na escravidão total. O Brasil vive uma DITADURA
    TERRÍVEL. As leis são bem escritas,só para na assassinar a LÍNGUA PORTUGUESA. Mas, na
    realidade e na prática, é só CONVERSA FIADA PARA MACACO DORMIR. O que falta no povo
    brasileiro, é o espírito de LUTA. O brasileiro não foi educado e nem tem interesse no próprio bem-estar.Já estava esquecendo:tendo futebol,carnaval,samba e mulher,o resto empurra com a
    barriga.Como é triste um povo com esse nível de cultura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s