OBB contra o #examedeordemINCONSTITUCIONAL – JUSTIÇA JÁ…


JUSTIÇA JÁ.

Não podemos esperar mais por justiça nesse país sem nos mobilizarmos, tampouco que os políticos desonestos e demais corruptos tomem consciência de tantas irregularidades que eles mesmos cometem, portanto, é chegada a hora da união geral desse povo tão pacífico que é roubado e explorado por uma minoria que sequer sabe o preço de um litro de leite, no intuito de reivindicar justiça social e decência, pois perderam a noção dos valores, tanto material, do básico para a sobrevivência dos menos afortunados, como também da moral e dignidade humana.

Recentemente nossa presidente Dilma deu um depoimento sobre as torturas que sofreu durante a ditadura, no entanto, com tudo que tenha passado parece que ainda não se deu conta ou ignora a tortura que sofrem milhões de brasileiros mediante a ditadura que vivemos na atualidade, onde uma minoria corporativista tortura e mata cidadãos inocentes, que não tem aonde se apegar diante de tantas injustiças e irregularidades nesse país. A exemplo a OAB.

A presidente Dilma deu ênfase no projeto “minha casa minha vida”, onde esse nome faz muito sentido, pois a maioria dos que se acomodam em qualquer das casas da mãe gentil dá a vida para não mais sair dali, mesmo aqueles que vieram da pobreza e se esqueceram de como é ser usado e passar por dificuldades. Isso sem contar que a Presidente Dilma lançou Brasil Carinhoso, que tem como principal objetivo retirar da miséria todas as famílias com filhos entre zero e seis anos, onde, com certeza, todos os corruptos amaram e aprovaram esse nome. Não se tira as crianças da miséria, sem antes dar recursos dignos aos s eus pais.

É certo que o Brasil é imenso e não podemos esperar que seu presidente seja milagroso, mas é certo também que essa terra amada merece um líder que coloque seu povo em primeiro plano e não um partido que tanto luta para esconder tamanha sujeira e impedir a punição dos responsáveis pelos crimes cometidos contra a nação como temos visto.

Por mais pacífico que seja um povo, diante de tantas injustiças, onde a carga tributária e a exploração desse povo por grupos corporativos excede o limite suportável para qualquer chefe de família é de se esperar que mais cedo ou mais tarde esse povo se levante para exigir que, no mínimo os direitos fundamentais sejam respeitados.

A OAB Ordem dos Advogados do Brasil, que deveria fiscalizar e exigir o bom cumprimento das leis, por intermédio de seus dirigentes ávidos por dinheiro e pelo poder atua como um verdadeiro estado paralelo, onde arrecada em todos os municípios, explora centenas de milhares de bacharéis em todo país e não presta contas a ninguém.

Segundo o Presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante, os bacharéis em direito que são reprovados no exame de ordem são incompetentes e o diploma de direito no Brasil não vale nada. Estaria ele acreditando que os bacharéis são incompetentes por não se reunirem e irem atrás dele para exigir respeito diante de suas imposições e ofensas? Ou se acha competente e seu diploma tem valor por não ter tido esse cidadão prestado o exame que tanto defende?

De acordo com os Ministros do STF em outubro passado no julgamento da RE 603583, o artigo 84, IV da Constituição Federal (matéria privativa do Presidente da República), está em desuso (fora de moda), e que o bacharel em direito faz o curso para ter pedigree e que o exame de ordem é necessário para garantir o mínimo de conhecimento para operar o direito, nesse caso, teriam eles dito que o exame de ordem é constitucional pelo fato de não terem prestado o exame da OAB? Ou seja, lhes faltou conhecimento? Acredito que sim.

Os bancos que financiaram a campanha de muitos que ali estão vem cobrando esse investimento do povo com juros impagáveis, deixando milhões de brasileiros sem teto, sem carro e sem esperança depois de perderem seus bens em execuções, esses que são leiloados com preços ínfimos, não quitam tais dívidas e ainda deixam crédito para essas instituições, que faturam bilhões ao ano enxugando a economia e devastando os recursos da sociedade com falsas ajudas financeiras que não passam de verdadeiras armadilhas.

A saúde pública está falida enquanto aqueles que deveriam servir a nação possuem cuidados médicos nos melhores hospitais com os melhores e mais caros especialistas a custa do sofrimento desse povo que padece.

A segurança não existe para o cidadão comum que assiste seus filhos passarem fome para custear a segurança daqueles que deveriam se preocupar com os que pagam seus altos salários e suas mordomias.

A educação é precária, enquanto os filhos daqueles que deveriam ter no mínimo vergonha na cara estudam nas melhores e mais caras escolas a custa da miséria e da tristeza desse povo tão sofrido.

É comum ouvirmos na imprensa a expressão “maus políticos”, “maus juízes”, “maus policiais”… Sendo que isso não existe, pois, ou são políticos, juízes, policiais… Ou são bandidos e devem ser tratados como tais.

Se bem que temos nossa parcela na culpa, pois enganados ou não, votamos em muitos bandidos e nada fazemos para tirá-los dali e com isso, os que ali estão bem intencionados, são barrados pela força que demos a muitos bandidos nas urnas, mas felizmente, em breve teremos a chance de corrigir esse erro e limpar a casa da mãe gentil usando a tecnologia, onde poderemos tirar muita sujeira apertando um simples botão na urna eletrônica, como se ela fosse um simples aspirador de pó.

Willyan Johnes

Esse post foi publicado em GERAL, OBB e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s