STF Julgamento do RE 603.583 para 26/10/2011 – ação contra o exame de ordem


Saiu a data do julgamento da ação contra o exame de ordem no STF marcada para o dia 26/10/2011 – quarta feira.
O tempo é pouco mas será necessário o máximo de pessoas possíveis para ir a Brasília

Vamos solicitar aos donos das Faculdades para que patrocinem caravanas.

 

Está na hora de cada diretório acadêmico fazer sua parte – esta luta afeta a todos os estudantes universitários do Brasil e não só aos Bacharéis em Direito.

As faculdades precisam financiar os Bacharéis nesta luta contra a OAB


 

http://www.stf.jus.br/portal/pauta/listarCalendario.asp?data=26/10/2011

#examedeordemINCONSTITUCIONAL

 

 

 


Esse post foi publicado em GERAL e marcado , . Guardar link permanente.

7 respostas para STF Julgamento do RE 603.583 para 26/10/2011 – ação contra o exame de ordem

  1. JORGE GOMES disse:

    Senhores bachareis. A luta apenas estar começando, a derrota de ontem no STF demostrar o amor que os guardiões da CRFB, tem pelas pessoas,sofridas eles querem de qualquer maneira barra a inserçao de novos talentos na ordem juridica do Brasil..quando eles diz que o advogados defendem direitos fundamentais como a propriedade e outros valore essenciais,isto, quer dizer os patrimonios das elites, porque eles detenham 99% das riquezas de nosso pais.Isto quer dizer.Que jamais eles vam querer que mais advogados entre no mercado. pois isto seria a divisão de riquezas e isso eles não querem.Mas vamos continuar a nossa luta, vamos trilhar novos caminhos é ´so acreditar nunca desistir:JORGE GOMES jorge.gmes.ds@gmail.com

  2. Brynell disse:

    Great stuff, you hepled me out so much!

  3. Senhores bachareis é preciso deixar o debater começar, no plenario do pleno, todos os ministros já tem em sua consciência o seus votos,não vai haver nenhuma surpresa em suas decisões.Pois o momento é historico e nós estamos fazendo parte dela a luta esta apenas começando,qualquer resultado amanhã,não vai parar a nossa luta,pois além deste tema incômodo, existes outros que nós teremos de enfrentar,tais como dar uma nova cara a justiça, ajudar o judiciario a dar celeridade aos processos,e procurar da acesso a justiça atraves da conciliação dentro das comunidades e outros meios possiveis.A vidas dos opradores do direito é continua e não é a carteira da ordem ou inscrição em seus quadros que vai parar a nossa luta, com ela ou sem ela,a luta continua.o importante é se organizar, como por exemplo:cria o conselho naciona dos bachareis com todos os operadores do direitos, com todos estudiosos dos direitos,professores,os proprios Advogados inscrito na OAB, e o próprio cidadão comum este é o caminho,vamos para um mundo novo sem nenhuma imposição,deixa a ordem com eles.Vamos criar o nosso mercado de trabalho,o direito é amplo. Mensagem de Jorge Gomes dos Santos Bacharel em direito

  4. Jesus Maron disse:

    muitos comentários redículos, sem embasamento jurídico algum. não vamos nos preocupar com um com outro,e sim pela causa que se iscute sua (in) constitucionalidade do exame de ordem, não vou aqui nesse momento sitar Leis, Constituição Federal, provimento (ato meramente administrativo) Código de Ética da OAB, delegação de poderes, á quem cabe, instituição congênere, em fim entrar no mérito da cusa RE, onde o Relator é o Ministro Marco Aurelio, não vou aqui nesse momento comentar o parecer do Subprocurador da República, DR. Rodrigo, mas sim depositar minha confiança nos guardiões da Carta Maior da República, os quais senhores Ministros do STF, julguém o RE, com justiça, com as determinações da Carta Maior da Rpública, com bese jurídica e com firmesa aplicando a Lei, e com certeza irá declarar os ditames da Lei a INCONSTITUCIONALIDADE DO EXAME DE ORDEM DA OAB, um Provimento , mero ato administrativo do Conselho Federal de Ordem, uma Lei ordinária que não poderá se sobrepor a Constiuição da Republica, e vou além art 29 do C´[odigo de Ética e Disciplina da OAB que
    diz – § 1º. Títulos ou qualificações profissionais são os relativos à profissão de advogado, conferidos por universidades ou instituições de ensino superior, reconhecidas. PERGUNTO: A OAB ESTA ENSERIDA NESSE CONTESTO? É totalmente incompetente para aplicar exames nos Bachareis de Direio e sim o MEC no transcorrer do curso de Direito.

    me desculpem se fui um pouco além, mas temos que ter um certo conhecimento juridico para não falar bobagens como tenho lido e escutado ao longo desta.

  5. DANILO disse:

    Imagino que o STF não declarará o exame inconstitucional, até porque como todos nós sabemos, o Supremo Tribunal Federal é um orgão político, correto? Por conta disso, é melhor esperar e não contar com os ovos antes que a galinha os ponham.

    Abs.
    Danilo.

  6. Albert disse:

    O tempo é “curto”… Poisé Dr Inacio. Eu sempre bati na tecla que o MNBD é desorganizado!

    Como eu disse anteriormente, enquanto o site brazil no corrupt está boiando feito bobos, o pessoal que é a favor do exame devem estar tomando cafezinho na casa dos ministros.

    Uma coisa eu digo, é um ou dois ali ( no mnbd) que realmente faz o que deveria fazer.

    Pois se o exame for considerado inconstitucional,muitos safados oportunistas vão sair com crédito “arrotando” grosso que fez isso e aquilo bla bla bla.

    NEM UM SITE DECENTE ESSE MNBD FEZ!!!!!

    Em contra partida, vc ultimamente melhorou nas divulgações das mensagens.

    Agora, eu não cantaria vitória antes da hora. Pro STF dizer que o exame é constitucional para defender a ordem pública ( como Oab diz) não custa nada.

    Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s